17 de nov de 2013

Heart Alone




Ps: Essa é livre então qualquer um pode ler :3

[...] Não é possível, não é possível, porque isso está acontecendo comigo ein? o que eu fiz de tão errado? ah lembrei me apaixonar pela pessoa errada e ainda por cima me envolver com ela.
Porque eu não ouvi todos os avisos da Lexi? ela sempre me falou que ele não prestava que ele iria me magoar e eu sempre me iludi pensando que ele era perfeito, mas depois disso tudo eu só percebo o quanto fui burra, idiota!

E agora estou com esse problema, como vou conseguir, eu só tenho 18 anos e moro em um país longe, dos meus pais e da minha família, como vou enfrentar tudo isso sozinha?

-Doutor você tem certeza do que está escrito ai?
-Tenho sim Senhorita Blanco

Saí dali desconsolada e me sentei em uma pracinha em frente ao hospital começei a me lembrar como tudo aconteceu

[...]

-Lua quero te apresentar meu irmão vem, mas olha não se apaixone por ele ok? ele não merece ele não presta

-Ok ok não vou me apaixonar pelo principe do seu irm....

Travei na mesma hora, UAL aquele Deus Grego era irmão da Lexi? meu coração parou de bater no mesmo instante, ele era muito lindo e sua voz sedutora e rouca falando perto do meu ouvido enquanto me abraçava apertado, estava me deixando  mole

Ele percebeu e soltou um risinho me segurando firme pela cintura no olhamos fixamente e ele sorriu mas ainda e eu derreti mas me afastei 

Depois disso fomos virando cada vez mais amigos....

-AMIGA EU NÃO ACREDITO VOCÊ SE APAIXONOU POR ELE!? EU TE FALEI QUE NÃO DEVIA AMIGA PELO AMOR DE DEUS!

Lexi falava comigo enquanto me consolava depois da primeira decepção sofrida com 'ele' mas isso ainda não tinha me feito parar eu queria te-lo para mim apesar de tudo que eu via que ele fazia com todas e comigo....[...]

[...]

-Thur eu sei que você não é assim você pode me amar!
-Não eu não posso Lua eu não amo ninguem
-Ok Arthur eu entendo eu não sou 'ela'... não sou o suficiente para você 
Me virei e ia saindo do quarto mas ele segurou em meu braço e me prensou na parede
-Você é mais que suficiente e esse é o problema não quero me apaixonar de novo

Ele falou me olhando fixamente eu me agarrei a ele e falei:

-Não importa eu sei que eu quero você e você também me quer então pelo menos por hoje por favor!?
Ele não respondeu só me pegou no colo e me deitou na cama e tudo aconteceu...
Somente uma noite.

Depois disso ele sumiu do mapa, acordei sozinha na cama e nem um bilhete ele tinha deixado, sei que foi somente uma noite mas precisava disso? Doía mais porque eu sabia que isso tudo era culpa do meu coração idiota que tinha esperanças de ele mudar de idéia e ficar comigo mas não ele não mudou me deixou aqui sozinha e com o coração partido

[...]

Sequei minhas lágrimas e fui de rumo a minha casa, não importa eu vou cuidar do meu bebê sozinha, ele NUNCA vai saber da existência dessa criança, eu praticamente fiz sozinha então vou enfrentar isso sozinha

[...]

Depois desse dia, Lua se mudou para um lugar mas afastado e pouco falava com Lexi, Principalmente depois que sua barriga começou a crescer

Dias antes do parto ela foi ao hospital e pediu internação porque tinha medo de ficar mais sozinha do que nunca e prejudicar o seu bebê caso algo acontecesse

Ficou três dias sozinha trancada em quarto branco com uma tv que nunca passava algo interessante, estava tão distraida que nem percebeu que era observada

-Porque não me falou Lua?

Era Lexi com uma expressão zangada ela estava encostada na porta olhando fixamente para mim disfarcei e olhei para a janela

-Te contar o que?
-Lua pelo amor de Deus eu teria te apoiado eu nunca deixaria você sozinha
-Essa é a questão, eu quero ficar sozinha, eu quero viver esse novo momento sozinha, porque praticamente foi assim que isso aconteceu, eu sozinha!
-Lua eu entendo que você esteja magoada com Arthur mas....
-Eu não estou magoada com ele eu tenho o meu maior presente por causa disso
-Sim mas....
-Mas nada Lexi se você quer ficar do meu lado vai ter que me prometer que ele NUNCA vai saber que Rose é filha dele ok?
-Lua...
-Promete?
-Ok prometo - falou revirando os olhos - mas e ai quer dizer que eu vou ser tia? caraca tô me sentindo mais velha

Rimos e ficamos ali conversando até ela ir embora, mas todos os dias ela vinha me fazer companhia até quando Rose nasceu, ela era uma tia babona ficava falando que Rose parecia com ela mas na verdade parecia mesmo ela era linda e perfeita...como o pai então consequentemente parecia com ela

[...] Dois Meses Depois [...]

Estava em minha nova casa que era de frente a dos Aguiar's, dona Kátia sempre me ajudada com Rose, todos os dias ela cuidava dela enquanto eu tinha que trabalhar, ela está sendo uma mãezona para mim e  considerava Rose a neta dela, mas ela não sabe a verdade, ninguem além de Lexi sabia a verdade, eu contornei tudo contando uma história de que conheci um cara e nos apaixonamos e quando ele soube que eu estava grávida me abandonou bom eles acreditaram e é o que importa

[...]

Estava na sala ouvindo uma música baixa, enquanto Rose dormia, nevava lá fora e eu me esquentava com o calor vindo da lareira a minha frente estavamos perto do natal e as luzes dos 'pisca-pisca' brilhavam lá fora fazendo um clima agradável, vi uma movimentação diferente em frente a casa dos Aguiar's e me debrucei de leve na janela para poder observar melhor

Quando percebi o que era levei um susto, não era possível era 'ele', mas porque depois de tanto tempo ele estava de volta? O que ele queria aqui afinal? Ele nunca gostou de festas de familia?! e nada que tivesse muitos 'sentimentos' envolvidos!

Ele não podia saber da existência de Rose, sera que Lexi tinha me traído? não óbvio que não mas porque então? eu tinha que fazer alguma coisa ele não poderia saber da verdade sobre rose do jeito que eu o conheço ele iria tentar tira-la de mim e fazer com que eu nunca faz possa vê-la por eu não ter o contado...rapidamente peguei o telefone na mesinha ao lado do sofá e disquei os números já decorados:

-Alô?
-Di?
-Sim Luinha o que quer?
-Preciso que venha até aqui agora
-Estou indo

Desliguei o telefone e me sentei novamente no sofá aquela era minha única chance de proteger a minha filha do Aguiar

[...]

Quando era umas 22:00 horas ouço baterem na porta vou com Rose no colo todo enrroladinha no manto atender, quando vejo quem era levo um susto esperado mas um susto

-Você!
-Olá Luinha
-O que quer Arthur?
-Saudades posso?
-Não
-Sua filha?!
-Sim
-Vejo que se divertiu sem mim aqui Luinha
-Argh seu idiota sai daqui vai eu não te quero aqui
-Isso é mentira

Ele falou se aproximou de mim, nossos lábios quase se colaram fechei os olhos sem querer e ele soltou uma risadinha

-O que ta acontecendo aqui?
-Er Di não tá acontecendo nada

Falei me afastando dele rapidamente, ele me olhou confuso e eu fiquei tentando ficar nervosa, tudo aquilo era só encenação, Diego era meu colega de trabalho/ Melhor amigo, ele sabia de tudo que Arthur fez para mim e só estava me ajudando a dispensa-lo

-Quem é ele?
-Quem é você?
-É Arthur esse é o Di meu namorado e pai da minha filha, Di esse é o Arthur irmão da Lexi
-O famoso Arthur prazer em conhece-lo
-Famoso? hahaha bom saber prazer em conhece-lo também bom Luinha eu já vou indo foi muito bom te rever

Ele falou com semblante estranhamente triste o olhei confusa e falei:

-Digo o mesmo Arthur
-Tchau
-Tchau

Ele foi em direção contrária da rua com as mãos no bolso da calça e a cabeça baixa, fiquei o observando sumir no fim da rua, eu sabia exatamente para onde ele iria, mas eu não entendia ele só iria para 'aquele' lugar quando estava muito mal será que tinha acontecido alguma coisa? 

Com coração pesado entrei em casa e sentei no sofá, Di ficou falando comigo mas eu estava alheia a tudo que ele me falava, estava preocupada com Arthur

No impulso peguei meu celular e liguei para Lexi perguntando se ela podia olhar Rose enquanto iria resolver uns problemas, falei com Di e ele entendeu e foi para casa

Vesti um casaco mais pesado e fui até um lago que tinha atrás de umas casas no final do quarteirão, olhei para uma árvore maior que tinha na ponta do lago e lá estava ele encostado no tronco olhando o horizonte, me aproximei e ele me olhou com os olhos tristes

-Você achou mesmo que eu não notaria né Lua?
-Hã?
-Lua eu sei que ela é minha filha!
-Não! Lógico que não eu...eu...eu ela não é sua!
-Para Lua eu sei contar o tempo ok? além de que você era virgem quando....quando ficamos juntos e você é toda acanhadinha duvido que em tão pouco tempo a sua louca paixão por mim iria acabar e você iria ficar com outro
-Mas eu fiquei ela é filha do Di!
-Não você não ficou ela é a minha cara Lua para de mentir! mas porque você não me contou? eu iria apoia-lá!
-Eu não quero o seu apoio, você não iria quere-la, melhor esconder do que ser rejeitada

Falei já com lágrimas nos olhos ele levantou e passou a mão em meu rosto secando minhas lágrimas

-Eu nunca iria rejeita-la Lua! Pelo amor de Deus ela sangue do meu sangue
-E isso muda algo para você?
-Isso muda Tudo!
-Ok então você pode vê-la quando quiser e pode registra-la também
-E seu eu disser que quero bem mais que isso?
-Que..que..quer?
-Sim eu quero!

Ele se aproximou mais e pegou em minha cintura e tocou nossos lábios levemente pediu passagem com a lingua e eu de pronto o aceitei em minha boca me entregando na minha paixão reprimida

-Eu te amo Lua desde o primeiro momento mas eu não era homem para você mas eu juro que eu vou mudar por nossa filha pelo nosso amor

Ele falou em meu ouvido e eu tremi em seus braços dei um sorriso largo e pulei no seu colo

-Eu te amo Arthur isso era tudo que eu mais desejava ouvir 
-A gente vai ficar juntos para sempre eu prometo eu vou mudar
-Eu acredito em você Arthur juntos para sempre!

Ele me girou no ar e eu gargalhei ficamos ali trocando carinhos até tarde e depois voltamos para casa começando a nossa vida a partir dali juntos para sempre <3


                                    ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
Ai está a romântica :3....espero que gostem, comentem, seja críticas, elogios ou sugestões littleee kisse's da Nanda e me desculpem se essa estiver com muitos erros eu estou morrendo de sono e sem paciência para revisa-la. Bye Little A&Rnáticos (a)

-Nanda-

5 comentários:

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo