11 de nov de 2013

" De Repente é Amor "


15ª Capítulo - "Fica comigo então, não me abandona não"

Alguns dias depois...

- É impressão minha ou essa comida está incrível? - Arthur comentou. 
- Mentiroso - Mel disse, Arthur franziu o cenho. 
- Por que? 
- Era pra você ser um otário - ele riu - Qual é? Você deveria valer uma década de canalhas e encontros ruins numa noite, lembra? 
- Tá, agora eu lembro - ela sorriu. 
- E até agora você tem sido um cavalheiro - completou.
- Cavalheiro? 
- Sim - ele sorriu. 
- Ok eu pisei na bola, prometi ser um otário e não estou cumprindo - viu a garçonete passando - Quer saber? Vamos pedir a conta - chamou a garçonete - Pode trazer a conta, Carol? 
- Como sabe meu nome? - ela disse de uma forma sensual. 
- Porque está escrito bem aqui nesse colar - falou tocando no colar que ficava um pouco acima dos seios da garota loira, de olhos claros e corpo definido - E já que eu sei o seu nome, que tal me dar seu telefone? - ela assentiu sorrindo e saiu. Mel abriu a boca indignada. 
- Você deu encima da garçonete!? 
- É, eu dei - sorriu - A senhorita pediu um canalha e eu estou tentando cumprir a minha promessa. 
- Eu disse cinco anos de canalha, então, tem muito terreno pra cumprir. 
- Eu acho que já chega de sobremesa - tirou o prato dela - Fiquei te vendo comer a noite toda e pelo que sei você é modelo, tem cuidar do seu peso que ta bem no limite. E não é como dizem? Um minuto na boca, pra sempre nos quadris - a garçonete colocou a conta na mesa e sorriu para Arthur, ele deu uma piscadela pra ela que saiu sorridente. 
- Parece que ela gostou de você - riu. 
- Tem uma coisa aqui que você não pode perder, que é a conta, eu me viro com o taxi e essa é sua - deu pra ela. Ela riu abrindo o "caderninho"
- Ah meu Deus - mostrou a última linha - Carol. 
- Mentira?! Com coração e tudo mais - riram. 
- Ok, acho que já chegamos em cinco anos.
- Ah - fingiu de decepcionado - Só porq eu ia te levar para ver briga de galo? 
- Cafajeste - bateu nele com a bolsa. 

Continuaram se divertindo enquanto conversavam para se conhecerem melhor. Arthur pagou a conta, chamou o taxi e a levou de volta pra casa. Era o primeiro encontro então não rolou nada de beijo e segundas intensões, estavam mesmo afim de descontrair e relaxar os problemas a parte. 

***

- Aaaah! - a garota corria pela praia vazia tentando não tropeçar na areia - Para Chay!
- Corre maria - ele dizia logo atrás da garota, não dava o seu melhor na corrida, fato - Corre, porque se eu te pegar..
- Eu não aguento mais - ela corria e gargalhada ao mesmo tempo - Por favor!
- Vai ter que ser punida por me chamar de viado - dizia correndo atrás dela, Lua olhou pra trás para olhar a distância que estavam um do outro e ao fazer isso tropeçou e caiu, fazendo Chay ir junto com ela - Sua tapada! Eu bati meu queixo na sua testa - riu. 
- Eu percebi - disse rindo junto com ele, porém Chay não parava de olha-la - O que foi? - perguntou sorrindo tímida. 

Ele não disse nada, apenas se aproximou da loira roçando seus lábios; Chay fez o contorno da boca dela com a língua e a mesma fechou os olhos se entregando ao beijos que ambos tanto queriam. As respirações começavam a ficar pesadas, as mãos suadas que percorriam os corpos de ambos e o beijo. Ah.. O beijo que de inocente não tinha nada. Romperam o beijo com alguns selinhos e Chat colou sua testa na de Lua. 

- Espero que não mude nada entre a gente - disse sentindo a garota passar um braço por sua cintura e subir o outro para sua nuca. 
- Com certeza não - falou e o puxou para outro beijo. 

[...]

- A gente vai ficar juntos? - a garota disse enquanto caminhava chutando a areia, era noite e a lua brilhava no céu. 
- Defina juntos - olho pra ela que sorriu rindo fraco. 
- Tipo, ficar.. Entende? - ergueu a sobrancelha, Chay riu. 
- Tipo uma amizade colorida? - puxou ela pra sentar em um banco na calçada que ficava virado para o mar.
- (riu) É.. 
- Se você topar.. - ela sorriu, ele estava com vergonha? 
- Ah sei lá, nunca tive um amigo colorido - ele a olhou rindo. 
- Amigo colorido? -ergueu a sobrancelha. 
- Ah, você entendeu - deu de ombros. 
- Mais então - segurou na cintura dela - Você topa? 
- Vamos ver no que dá - sorriu pra ele, Chay lhe deu um beijo rápido - Então amiga colorida - ela riu - Vai me contar sobre o lance da foto? 
- Chay a gente já conversou - desmanchou o sorriso se afastando dele. 
- Eu sei Lu, mas é que eu não gosto ver você desfazer o sorriso toda vez que cruza com o Arthur ou quando eu falo alguma coisa relacionada a ele - ela suspirou - O que foi? Ele fez alguma coisa com você? Te machucou ou.. 
- Não - riu com o desespero dele, não sabia que ele se importava tanto com ela - Quer dizer, me feriu sim. 
- Cara, eu vou quebrar a cara dele - levantou bufando, Lua o puxou de volta - Que é? 
- Deixa eu explicar, ok? Não é como está pensando - ele assentiu - Antes do Arthur pensar em nascer a Kátia era muito amiga da minha mãe, elas praticamente cresceram juntas e assim como elas, eu e ele também. Mas por conta de uma briga feia que os pais dele tiveram, acabaram se separando e Arthur mudou de cidade junto com o Leonardo, que pegou a guarda dele logo em seguida. A gente se falava por telefone todo dia, mas uns dois meses depois que ele foi embora meus pais também se separaram e então minha casa virou um inferno. Meu pai se mudou e eu fiquei com a minha mãe e minha irmã - os olhos de Lua foram formando lágrimas fazendo Chay apertar a mão dela em forma de carinho e confiança - A gente perdeu contato um com o outro, eu passei a frequentar a casa da da Kátia na intensão de algum dia ele resolver ligar pra ela... Mais nada. Ele não ligou, não deu notícia e durante esses sete anos que ficamos afastados um do outro foi como se tivessem arrancado uma parte de mim, sabe? - falou de voz embargada, ele assentiu - Com o tempo eu fui perdendo as esperanças, mas daí ele ligou... Ligou e disse que voltaria - Chay limpou o rosto dela que era tomado pelas lágrimas - A partir desse momento eu botei na minha cabeça que meu melhor amigo estaria de volta pra me confortar, me abraçar forte e dizer que sentiu saudades. Mais a única coisa que levei foi tapa na cara.
- Quando conheci o Arthur quando era pivete eu me lembro que quando chegávamos do colégio ele ia direto pro telefone falar com a mini-chata dele - riu fraco ao se lembrar - o Arthur nunca foi bom em lembrar das coisas, pessoas.. 
- A gente cresceu junto Chay. 
- Em sete anos as pessoas mudam, Lu.
- Eu sei, no primeiro momento eu pensei a mesma coisa, mas ele nem me procurou, não quis nem saber se eu ainda estava viva ou não. 
- Vai ver ele... 
- Me esqueceu - disse interrompendo Chay, ele a olhou com dor, era nítido que a loira estava sofrendo. Perder um amigo não é qualquer um que aguenta sorrindo. 
- Eu não sei o que faço pra te ajudar - falou abraçando apertado alisando os cabelos dela. 
- Só fica comigo - olhou nos olhos dele - Sabe eu não sei se vou aguentar perder sua amizade também - lágrimas rolaram pelo rosto da loirinha, Chay secou-as sorrindo com carinho pra ela. 
- Eu nunca vou deixar você minha loira - acariciou o rosto dela - A gente se conhece a tão pouco tempo, mas você tem algo especial aqui dentro - apontou pro coração dela - E isso faz com que eu não queira sair de perto de você. 
- Obrigada! - o abraçou novamente, Chay retribuiu ao abraço colocando a garota sentada em seu colo. 



Amanhã tem LuAr no BBB, não percam!
Bjs. 

8 comentários:

  1. Posta mais,tá muito boa!!!

    ResponderExcluir
  2. Ana Clara s211/11/2013 21:53

    adoreiii!!!e estou esperando por LuAr no BBB!!! :)

    ResponderExcluir
  3. Amando de mais essa web, e delirando de ver a lua e o chay juntos, ficam fofinhos.

    Mas claro quero LuAr junto, mas não por agora viu.

    ResponderExcluir
  4. Posta mais pf, e não demore tanto

    ResponderExcluir
  5. awn que fofos....LuEd e perfeito demais......Lua e Chay juntos acabam com minhas estruturas e muito perfeito.........Posta mais

    ResponderExcluir
  6. Quero mais!! essa fic e muito boa

    ResponderExcluir
  7. Poha , eu fico uma semana sem entrar e não tem nenhum capítulo novo? sacanagem ein ..
    Posta Mais logo por favor!!!

    ResponderExcluir

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo