9 de nov de 2013

Dark Moon - Capítulo Um

*Prólogo:

"Seus olhares se encontraram. Castanho no castanho. O mundo a sua volta em câmera lenta. Não se sabe quanto tempo durou, mas foi o bastante para o coração de pedra de Lua, que já não batia mais, quase parecia voltar a bater; e para o coração existente de Arthur acelerar"

*Primeiro capítulo: 
- Melanie, vamos! – chamou Lua de manhã cedo. Eram sete e meia da manhã, e ela tinham que ir para a escola.
- Calma, a poção ainda não está pronta – disse Melanie. A poção era a que os permitia sair à luz do dia, se não iriam se desmanchar com apenas um raio de sol.
- Certo. Vou pegar nosso café.

Lua saiu do quarto delas e foi para a cozinha. Encontrou sua mãe, Júniper e seu pai, Andrew a mesa. Vocês devem estar pensando, vampiros, só se alimentam de sangue, certo? Errado. Esses vampiros vieram através de uma experiência genética mal feita, ou seja, apesar de sangue ser sua fonte principal de alimento, e ser preciso para continuarem a existir, eles podem se alimentar normalmente, com certo cuidado, é claro.

- Bom dia – falou aos pais.
- Bom dia, querida – disse Júniper sorrindo. Júniper era a mais bela vampira mãe dos clãs. Pele perfeita, sorriso perfeito, cabelos loiros perfeitos, magra, altura certa e jeito perfeito.
-E Melanie? – Andrew perguntou a filha.
-Terminando a poção. Vim pegar nosso café da manhã. – Lua “roubou” da mesa uma maça e um sanduíche natural. Abriu a geladeira e tirou duas garrafas de suco, misturados com sangue humano – vou levar lá para cima. Diga a Tom que pode tirar o carro da garagem. - Tom é o motorista da família. - E cadê o Micael?
- Já foi. Ele disse que tinha que pegar um trabalho com um colega. – respondeu Andrew.
- Certo. Fui.

Lua subiu e quando voltou, poção pronta. Beberam juntas, e fizeram careta. Tinha gosto de repolho, apesar de sua cor rosada.

- Eca. Vamos zarpar comendo. Tom já deve estar nos esperando. – disse Lua.

Mel amarrou seu par de all star azul e saíram com as mochilas nas costas. Se despediram dos pais e foram para o pátio da frente de sua enorme e gigante mansão. Era quase um palácio na verdade. Entraram no seu carro preto e Tom as levou para a escola.

"Em East High School "

Nunca entenderam de eles (Lua, Mel e Micael) estudavam na escola. Eles  eram bi ou trilhonarios e poderiam pagar as melhores escolas do mundo, mas escolheram justo ali. Bem, é que os vampiros que não estudavam em Vampire Academy High School, eram obrigados por lei, a estudarem em escolas simples, no máximo, particulares. East High School era “chique”, mas “publica”. Ao chegarem a escola, viram Micael na porta os esperando.

- Fala maninhas – ele disse sorrindo.
- E ai mané – disse Lua.
- Que trabalho é esse que não sabemos? – Mel perguntou.
- Er... Não tinha trabalho, não. Eu queria era ir ao parque espiar a Abrahão correr – Micael ficou hiper tímido. Ela riram.
- Só você. Vamos – disse Mel.

Eles entraram na escola, e foram para seus armários. Lua na ponta, Micael no meio, e Mel 
na outra ponta. Guardado os livros e cadernos, e escolhidos os certos, Lua se virou, mas tombou em alguém.

- Desculpe – pediu o garoto.
- Não foi nada.

Ambos se abaixaram para pegar os livros caídos, e quando voltaram seus olhares se encontraram. Castanho no castanho. O mundo a sua volta parecia em câmera lenta. Não se sabe quanto tempo durou, mas foi o bastante para o coração de pedra de Lua, que já não batia mais, quase voltar a bater; e para o coração existente de Arthur acelerar.

Um comentário:

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo