28 de nov de 2013

Dark Moon - Capítulo Sete

Capítulo Sete – Ficando

Lua estava mais feliz naquela manhã. Gargalhava de tudo, sorria para tudo. O que para ela, era muito anormal.

- Maninha, que se tem? – Micael perguntou.
- Nada – ela respondeu sorrindo.
- Como nada, você está sorrindo o dia inteiro! – disse Mel.
- Só estou feliz hoje, não posso?
- Acontece que você raramente expressa qualquer sentimento – opinou Sophia.

Lua revirou os olhos.
"Mesmo lugar de ontem. Em meia hora.""Arthur"
Sorriu assim que leu a mensagem.

- Vou dar uma saída – falou Lua.

Correu escada a cima e colocou uma roupa.
Short jeans curto e rasgado, regata branca soltinha e nem colocou biquíni. Bota de cano curto preta e sem salto. Nada de maquiagem. Uma bolsa de couro preto atravessada e correu escada a baixo.

- Não tenho hora pra voltar – avisou antes da porta bater. Dirigiu com velocidade até a floresta e quando chegou, Arthur já estava lá.
- Tá ai a muito tempo?- Lua perguntou chegando.
- Não. Acabei de chegar.
- E posso saber por que me chamou aqui?
- Acho que você sabe a resposta – disse Arthur  puxando para si.

Lua soltou um sorrisinho safado. Roçaram seus lábios. Lua puxou o lábio inferior de Arthur e logo um beijo se formou.
Intenso, possessivo. Ambos exploravam as bocas um do outro. Pararam ofegantes.

- Você sabe que isso é perigoso – disse Lua quando se sentaram na grama.
- Eu sei – falou Arthur – mas eu quero correr o risco. Você tem alguma coisa que chama a minha atenção.
- Você também sente os arrepios? – Lua perguntou.
- Sim. É estranho. Eu sinto arrepios e uma sensação estranha.
- Eu também. Você que pode morrer se você se envolver comigo.
- Tem lei pra tudo no seu mundo?
- Algumas. Temos que manter os universos longe um do outro, para evitar problemas. Um vampiro só pode se envolver com um humano se for amor. Aventuras como a nossa é crime.
- E que tipo de punição vocês dão?
- Depende. Existem várias, porque depende do gral da aventura. Uma ficada sem problemas, nada impede. Mas se for algo mais sério, quem escolhe a punição é o conselho.
- Acha que se ficarmos, tem problema?
- Se for só de vez em quando, nenhum problema. Só temos que evitar coisas sérias, Arthur.
- Não sou mais o Aguiar, Lua?
- Não sou mais a Blanco, Arthur?

Ambos reviraram os olhos.

- Que tipo de coisas sérias temos que evitar? – Arthur perguntou.
- Um envolvimento sério, mas sem sentimentos verdadeiros. Isso daria uma punição séria para nós dois. – respondeu Lua.
- Por mim, tudo bem. Mas e se acabar rolando sentimento? – Arthur pareceu mais sério.
- Ai, é outra história, Aguiar.

**

O beijo era molhado. A água do rio batia neles, mas eles estavam nem ai.
Continuaram se beijando com vontade. Era inexplicável aquela sensação. A boca colada na do outro, os lábios em sincronia.
Arthur terminou o beijo puxando o lábio inferior de Lua.

- Temos que tomar cuidado – disse Lua observando por entre as árvores.
- Eu sei. Qualquer barulho temos que verificar.

Lua concordou. Não demorou muito, e voltaram a se beijar.

**

Quando Lua chegou em casa, a noite quase caia lá fora.

- Isso são horas de chegar? – perguntou Júniper.
- Desculpe mãe. Eu nem vi a hora passar.
- Certo. Agora vá lá para cima e tome um banho.
- E o resto do povo?
- Sophia e Mel foram fazer compras pro baile anual. E Micael e Andrew foram ver seus ternos. Tem que se preparar Lua. É a mais atrasada.
- Eu sei, mas eu já marquei com a Mel de irmos a loja amanhã. E agora, a Sophia vai junto.
- Certo. Agora, faça o que eu mandei.
- Sim mãe.

Lua subiu e se refrescou em um banho gelado.

Baile Anual de Boas Vindas

*Data: 17/07/2012

*Local: Mansão Carvalho

*Hora: 19h00min

Convidamos:Todos os membros do clã dos Blanco.

AVISOS:Todos deverão ter um par, vampiro ou humano.Deverão estar vestidos com roupas de gala.

Álvaro Carvalho
Avery Carvalho
Rayana Carvalho

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo