24 de nov de 2013

Dangerous Love


*Capitulo 28 *
Lua: Voce quer dizer que eu vou ter que comer agora com sangue
Arthur : Se voce quiser comer sim
Lua : Por vocês – coloquei a mao na barriga
Sophia : Esses oito meses vão ser longos – Sophia fez aparecer um monte de malas
Arthur : Oi ? Que malas são essas ?
Sophia : Eu vim ficar aqui pra ajudar a Lua
Arthur : Voce vai ficar aqui ?
Lua : Arthur, voce sabe muito bem que vamos precisar de ajuda não reclama
Arthur : Vou arranjar sangue
Lua : Voce pode trazer de doações ? Sem ser de pessoas mortas por favor
Arthur : Lua por que voce tem que complicar
Lua : Voce lembra que minha missão eh fazer voce não matar pessoas, fora que eh mais fácil
Arthur : Se for assim – ele fez aparecer três bolsas de sangue
Lua : Obrigada
Arthur : Vem, eu faço isso pra voce
Sentei na cadeira, Arthur pegou fez sopa provavelmente pra fazer ficar menos visível o sangue, eu não vi quando ele colocou o sangue, eu colocou o prato na minha frente e eu hesitei antes de pegar a colher, repeti mais uma fez para mim mesmo  que era pelos bebes, Arthur sorriu. Peguei a colher e levei um pouca a boca, era delicioso, o sangue dava um toque especial
Lua : Voce cozinha bem
Arthur : Obrigado,eh isso que eu fazia quando estava entediado – eu comi e logo terminei, me senti bem mais forte, Sophia tinha subido para arrumar o quarto – sabe o que eu tava pensando – se aproximou e beijou meu pescoço – a gente podia namorar um pouquinho – beijou de novo meu pescoço e sorriu
Lua : Tambem acho – nos beijamos, Arthur me beijava com ardor, e quando parou voltou a beijar o meu pescoço, minha mao já estava de baixo da sua camisa então eu parei – Arthur, eh melhor a gente não passar daqui
Arthur : Por que ?
Lua : Porque eu já fui anja protetora, assisti o nascimento do bebe e sei que ele sai por onde entrou – Arthur tinha me dito o que tínhamos feito a um mês atrás,passei dois dias sem falar com ele por que fiquei com vergonha, ele tinha me dito que as pessoas ficam grávidas quando fazem isso, sendo que pensei que por ser uma anja não aconteceria
Arthur : Ok Luinha, vamos assistir um filme na sala
Lua :Não fica com raiva ta ?
Arthur : Claro que não, eu te amo – me deu um selinho
Lua : Eu te amo – nos beijamos
Sophia : Voces não tem jeito mesmo
Lua : Foi so um beijo
Sophia : Parece que tudo que eh proibido eh melhor
Arthur : Besta – me abraçou por trás

Continua...

Um comentário:

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo