24 de nov de 2013

7° Capítulo - Caminhos traçados



– Ele é gay. – Sussurrou e Ray riu.
– Mentira!! – Mel gargalhou quando Lua assentiu.
– Para Mel! – Lua de um tapa de leve. – Como eu ia adivinhar que aquela coisa linda era gay?
– Como?Quando? Porque? – Sophia perguntava boquiaberta. – Ele estava praticamente te devorando com os olhos? – Fez um gesto  com a mão indicando ele.
– Na verdade, verdadeira ele estava reparando o corte da minha roupa, ele quer ser um grande estilista e queria a minha ajuda. – Sentou na cadeira.
– Fica assim não amiga! – Disse Juliana ,pegando sua mão. – Aqui tem vários gatinhos novos. – Sorriu sapeca. – Hoje vai ser um dia divertido ! – Mordeu os lábios sorrindo.
– Juliana você  não tem jeito. – Ray riu negando.
– Se seu irmão me desse bola eu tomaria jeito. – Suspirou Juliana, ao ver Rodrigo dançando com Natasha.
– Juh não fica assim ,o Rode é um idiota. –Sophia disse tentando confortar a amiga.
– Tudo bem ,Sophia. – Agradeceu com um aceno. – Vamos dançar garotas?
– Vamos!! – Todas gritaram juntas e foram pra pista de dança.
Na pista de dança ,tocava I Wanna Go, e as meninas dançavam conforme a musica, prendendo o olhar desejosos de todos os garotos a sua volta e os invejosos das garotas.
Arthur,Chay,Diego,Micael e Rodrigo estavam da mesma forma, observavam como elas se divertiam e riam das loucuras que as mesma faziam.Micael repara que não é só eles que estavam as olhavam.
– Nossas amigas são muito gatas! – Murmurou Diego. – Se não as conhece desde pequeno , juro que pegava  a Ray ou a Mel.  – Rodrigo e Chay o encaram.
– Pelo visto não é só você que pensa assim. – Micael disse incomodado.
– Por que?
– Olhem! – Olho pro grupo de garotos que comiam as meninas com os olhos.Um dos garotos do grupo foi falar com Juliana que ri do tombo que Sophia tinha levado.
– Eu vou lá. – Rodrigo disse com um pouco de ciúmes ao ver o garoto pegar na cintura de Juh, e tentar beija-la , mas Juliana o empurrou.O garoto não gostou muito do gesto da menina e puxou o braço dela com força.Com passos largos Rodrigo chegou rapidamente onde ela estava e a puxou pra perto dele e a abraçou. – Ela não quer nada com você. – A apertou mais em seus braços. – Cai fora.  – Mandou, e o garoto saiu.
– O que foi isso Rodrigo? – Arqueou as sombrancelhas.
– Só te ajudei a se livrar daquele cara.
– Quem disse que eu queria me livrar dele? – Perguntou.
– Eu achei que... – Juliana o interrompe.



– Que eu sou idiota. Que não sirvo nem pra dispensar um cara. – Riu irônica. – Está muito enganado. E outra não queria me livrar dele.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo