27 de out de 2013

" De Repente é Amor "


12º Capítulo - Praia, filmes e bagunça...



Pov's Lua

- Não aguento mais, chega - me joguei na cama cansada, Chay riu.
- Falta pouco pra acabar - Chay disse.
- Então faz pra mim? - fiz um biquinho sentando na cama. 
- Nem é folgada né? - ele disse colocando os livros de lado e vindo em minha direção. 
- Falta pouco como você mesmo disse - eu ri e ele bagunçou os meus cabelos - Hey!
- Só não faço porque a minha letra é diferente da sua, mas eu te ajudo, vem - ele me puxou para o chão e eu fiz careta.

Terminamos uns 30 minutos depois já que ficamos conversando, ao invés de escrever. Ajudei Chay a recolher alguns papeis que ele imprimiu e fui com ele caminhando até a casa da Kátia, eu tinha que pegar algumas roupas minhas que estavam lá então aproveitei a companhia. Chegamos lá gargalhando, chamando atenção de Arthur e tia Kátia que assistiam alguma coisa na TV. 

- Oi tia - fui até ela e lhe dei um beijo na bochecha - Vim pegar minhas roupas que estão aqui. 
- Oi querida - ela sorriu - Estão na lavanderia. 
- Tudo bem - eu fui até a mesma e peguei algumas que estavam secas, as molhadas deixei por lá mesmo. Voltei a sala e Chay estava sentado ao lado de Arthur, então evitei chegar muito perto - Era só isso mesmo, eu já vou indo - Kah assentiu - Tchau tia. 
- Não quer ficar mais um pouco meu amor? - inclinou o pescoço para poder me olhar. 
- Acho melhor não, daqui a pouco minha mãe chega e a senhora conhece a peça - ri fraco e ela assentiu - Amanhã é sua folga que eu sei, então passo a tarde com a senhora. 
- Vou adorar - sorriu - Quer que eu te leve? Ta um pouco tarde. 
- Eu levo ela - Chay levantou. 
- Quê? Você acabou de voltar de lá, pode deixar, não precisa se preocupar - ele negou com a cabeça. 
- Já falei, eu te levo - ele sorriu. 
- Não Chay, minha casa é perto - dei um beijo na bochecha dele - Relaxa ta?!
- Certeza? 
- Absoluta - sorri - Tchau. 
- Tchau - então eu sai e ele fechou a porta em seguida. 

Cheguei em casa em alguns minutos, como já disse, não é tão longe. Mel ainda não tinha chego e minha mãe também não, subi para o quarto, tomei um banho e deitei. Estava com sono. 

No dia seguinte... 

- FINALMENTE SÁBADO - Mel chegou gritando na cozinha, Lua e Claudia que tomavam café na mesa riram.
- Bom dia pra você também, maluca - disse Lua. 
- Bom dia maninha - deu um beijo na cabeça da loira - Ta afim de uma praia? 
- Oba - comemorou. 
- Bom dia mamãe - Mel falou com Claudia que apenas observava as duas - Ta afim de ir pra praia? 
- Adoraria meu amor se não estivesse de plantão hoje - olhou o relógio - Falando nisso estou atrasada - levantou as pressas e saiu. 

Tomaram café e em seguida subiram para se arrumar. A praia não estava muito cheia, pra falar a verdade estava meio deserta. As meninas colocaram a tanga na areia, ajeitaram os óculos e deitaram. 

- Que solzinho gostoso - falou Melanie enquanto passava protetor na barriga, perna e braço. 
- Como ta lá na agencia? 
- Normal, daqui duas semanas eu participo de um desfile - ela sorriu de lado. 
- A Dona Claudia já sabe? - a loira perguntou enquanto espalhava o protetor pelo corpo. 
- Vou falar com ela mais tarde - se limitou - Mais e você? 
- O que tem eu? - Lua deitou fechando os olhos. 
- Não se faça de sonsa, quero saber daquele gato que foi lá em casa atrás de você - Lua sorriu tímida. 
- É só meu amigo, tá? - tirou os óculos para olhar Melanie - O nome dele é Chay. 
- Hum.. Amigo - sorriu sapeca - Aposto que tá afim dele. 
- Deixa de onda, maluca - negou com a cabeça - É só um amigo.
- Aham.. - riu colocando os óculos. 

[...]

-  Tia?! - a garota entrou falando um pouco alto - Alô-ou, alguém? - ela foi até a cozinha certificando que não tinha ninguém na casa.. ou não. 
- Minha mãe não ta - Arthur falou atrás da garota fazendo-a dar um pulinho de susto. 
- Que susto garoto! - pôs a mão no peito, virou-se e não pode deixar de admirar o corpo sarado do moreno - Cadê ela? 
- Foi ao mercado - caminhou até a geladeira e pegou a garrafa de coca-cola.
- E o Chay? 
- Vem cá, qual teu lance com o Chay? - ergueu a sobrancelha. 
- Não que isso seja da sua conta, mas ele é meu amigo - a garota disse pegando a garrafa da mão dele - E você ainda não me disse onde ele tá. 
- Ele foi com a minha mãe - deu de ombros - Talvez já estejam voltando - ela assentiu. 

[...]

- Oi pequena - Kátia disse ao ver Lua sentada no sofá assistindo Gossip Girl na TV - Ta aí faz tempo? 
- Um tempinho - ela diminuiu com o dedo - O que comprou de gostoso pra comermos? - sorriu sapeca. 
- Se me ajudar com as sacolas eu te dou aquela barra de chocolate que você adora - ela sorriu. 
- Porque não falou antes? - Kah riu. 

Chocolates, pipoca, refrigerantes e bagunça... Muita bagunça pela sala. Já estavam no quarto filme e Lua acabou pegando no sono, o peito de Chay servia de travesseiro para a loirinha que não se importava de estar deitada no chão. Ele a levou para o quarto dela, a colocou deitada na cama, puxou o edredom e saiu fechando a porta devagar. 

5 comentários:

  1. Tava cm sdds da web! Posta mais logoo +++++

    ResponderExcluir
  2. Ahg nao Fanny eu amo a web e tal mas ela ta se apaegando muito no Chay, faz ela e o arthur ficarem presos.em casa e se beijarem, pfvr porq elq com o chay, nqo vai querer o arthur :(

    ResponderExcluir
  3. posta mais,a web tá muito boa!!!

    ResponderExcluir
  4. LuEd e vida, quero beijoooo.....Posta mais

    ResponderExcluir

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo