19 de out de 2013

Blame it on love - Cap 2

          




10 de Fevereiro de 2013.

Hey! Não morri, só para avisar. Os dias estão muito corridos ultimamente, escola, trabalhos, dever de casa, passeios com as amigas...Isso aí, você acertou se pensou que as "amigas" são a Mel e a Soph, estamos bastante apegadas, apesar do pouco tempo que nos conhecemos nos consideramos amigas, como se dias fossem anos de amizade.

Horas e horas de conversa são pouco, sempre temos assuntos e risos e xingamentos são o que não faltam, pois eu acredito, amizade sem xingamentos é fachada, só falsidade, amigas se xingam mais que xingam suas próprias "inimigas". 

Ah, essa semana elas me apresentaram uns amigos, e aquele garoto...Arthur era um deles, o que eu esbarrei ao sair da sala. Ainda não falei muito com ele, pra falar a verdade só conversei mesmo com o Chay, já que ele gosta das músicas que eu esculto e pá, nenhum dos outros nos aguentam juntos, só falamos de bandas de rock, o que eles consideram como "assunto monótono e chato", puft, não sabem o que estão perdendo. O outro garoto se chama Micael, peguete da Soph, ela não gosta que eu rotule eles como "Peguetes" mesmo sendo verdade, toda vez que eu faço isso ela me bate, causa uma tremenda dor física e emocional em minha pessoa. 

O restante dos dias passaram normalmente, 6 palhaços brincando, gritando e rindo o tempo inteiro, bem...não é tão normal, mas é quase isso. Acho que nunca ri tanto, chego ao ponto de chorar de tanto rir com as palhaçadas dos garotos todos os dias. Dizem que rir faz bem, não é mesmo? Pois bem, não poderia estar 'melhor'. E o melhor, temos aula de biologia, todos juntos...Ai já viu né?! Obvio que fomos expulsos por bagunçar, conversar e rir durante a aula, várias vezes. 
Acho que a professora está em tempo de nem nos deixar entrar, somos umas pestes, assumo.

Hoje é domingo, acabei de voltar da casa do Chay, fomos a piscina, bagunçamos muito e eu ainda tive que ser cozinheira, brinca.

- Quero brigadeiro! -Arthur falou de repente chamando atenção de todos, estávamos esparramados e amontoados uns em cima dos outros assistindo um filme.
- Alguém sabe fazer? -Sophia perguntou olhando em volta.
- Como assim vocês não sabem fazer 'brigadeiro' ? -Dei enfase e olhando "espantada" para eles.
- É que...Todos nós já tentamos fazer, nunca deu certo, por isso nunca comemos, só quando alguém que sabe faz para a gente. -Mika falou envergonhado.
- Verdade! -Mel falou sorrindo de canto.
- Então podem ficar tranquilos! -Falei me levantando.
- Por que? -Chay perguntou sem entender.
- Porque vocês estão diante de quem faz o melhor brigadeiro do mundo! -Falei convencida, sorrindo depois.
- Sério Luh? -Sophia perguntou rindo da pose que eu fazia.
- Seríssimo! -Falei a olhando.
- Oba, a Luh vai fazer brigadeiro para a gente!! -Arthur gritou feito criança. 
- Quem disse que eu vou fazer senhor Arthur? -Perguntei fingindo estar brava.
- Não vai? -Arthur perguntou confuso, fazendo bico-
- Vou apenas com uma condição! -Disse rindo do bico de Arthur-
- Qualquer coisa! -Mika gritou, ele queria mesmo o brigadeiro.
- Preciso de um ajudante! -Falei pensativa
- O Arthur vai -O preguiçoso do Chay falou, fazendo careta.
- Por que eu? -Arthur perguntou indignado.
- Porque você que deu a ideia, loser -Chay falou, fazendo todos gargalharem.
- Nada mais justo! -Mel avisou.
- Vem Aguiar, você vai ser meu ajudante! -Falei com autoritarismo, rindo, se é que isso é possível. 
- Fazer o que né, 'Blanco' -Ele deu enfase no meu sobrenome, fazendo todos rirem. É isso é um começo de uma amizade cheia de implicâncias, espero.

Fomos para a cozinha enquanto os outros, preguiçosos, diga-se de passagem ficaram esparramados no sofá, esperando o sonhado brigadeiro da Lua aqui.
Eu e o Aguiar ficamos conversando enquanto fazíamos o brigadeiro, conversamos sobre a vida, o futuro, bandas...Etc.

-Serie de livros preferida -Perguntei, estávamos fazendo uma espécie de "Jogo das perguntas", bom o nome já diz tudo.
- Não leio muito -Ele fez careta ao responder.
- Como assim? -Falei indignada, olhando pra ele.- Você não lê muito? Não sabe o que está perdendo. -Fiz cara de convencida e ele riu cruzando os braços.
- E você senhora "Eu leio livros" ? -Ele falou rindo e olhando atentamente.
- Minha série preferida? -Perguntei pensando.
- Hurum! -Ele fez um barulho confirmando.
- Não tenho só uma, as que eu mais gosto são "O senhor dos anéis", "Percy Jackson" e "Nárnia". -Falei sorridente, realmente amava aquelas três séries.
- Já assisti os filmes, das três séries. -Ele sorriu convencido.
- Sim, mas não é nem nunca será a mesma coisa que os perfeitos livros. -Falei estirando língua para ele que retribuiu depois de rir.
- Borá? O brigadeiro ta pronto! -Segurei a panela, ele pegou as colheres e fomos até os preguiçosos que se encontravam nas mesmas posições que havíamos deixado, mas obvio a preguiça foi deixada de lado assim que aparecemos na porta com o brigadeiro em mãos, foi uma zona só. 

Bom, o dia de hoje se resume a muita bagunça, pizza, brigadeiro, piscina e muito palhaçada e crise de risos a todo estante.

 Amanhã tem aula, saco. E já são 23;00, caraca...Precisando da minha caminha, urgentemente. Tentarei escrever com mais frequência. 

 Xoxo. -Lua


12 de Fevereiro de 2013


Olá, estou de volta. Ótima notícia, hoje não tive aula, graças aos 'deuses'.
Fomos para a casa do Aguiar hoje, e sim, não o chamo mais de Arthur e ele não me chama mais de Lua.
O combinado era irmos para a piscina, só que os lindos deuses não colaboraram com nosso plano, e o dia amanheceu dublado, para nossa tristeza. Mas isso não foi problema, fomos a locadora, alugamos alguns DVD's, de todos os gêneros, compramos chocolates, salgadinhos, refrigerante e eu não preciso dizer mais nada, o dia foi um sucesso...Até o 3 filme, onde todos pegaram no sono, menos o Arthur e o Mika

- Somos os únicos acordados? -Micael perguntou fazendo careta.
- Pelo visto, sim -Arthur sorriu levemente.
- Borá pro jardim, pra não acordar eles -Micael apontou para todos que dormiam feito anjinhos, ops, capetinhas.
- Borá! -Levantaram e foram para o jardim.

A partir daí não sei o que rolou porque peguei no sono novamente. Acordei e Mel, Soph e Chay ainda dormiam, olhei pela janela e vi que o sol brilhava, sorri e fui em direção a minha bolsa onde peguei meu biquíni e o vesti.

- Mais que droga! -Pensei alto.
- Esqueci minha saída -Estava 'brava' porque agora teria que ficar 'desfilando' de biquíni pela casa, argh.

O jeito foi ficar de biquíni mesmo, estava o maior calor. Estranho não? Uma parte do dia está nublado e meio frio e na outra faz um calor 'mortal'.

Guardei minhas coisas e fui até a cozinha. Estava tomando água quando senti alguém colocar as duas mãos em minha cintura e puxar-me para que minhas costas colassem em seu peito.

- Bela vista, Blanco -Arthur sussurrou em meu ouvido, mordendo minha orelha.
- Quer me matar de susto, Arthur? -Falei me afastando dele e o olhando atentamente.
- De susto não, de prazer, talvez...- Ele falou rouco com um sorriso malicioso nos lábios.
- Ta louco, baby? -Eu gargalhei e ele sorriu de lado.
- Quem não ficaria? Com você andando só com esse minusculo biquíni pela casa. -Ele não se deu ao trabalho de me olhar, seus olhos estavam fixados em meu "biquíni" o que já estava me irritando.
- Nunca viu ninguém de biquíni na vida não, Aguiar? - Perguntei arqueando as sobrancelhas.
- Já, mais não você -Ele encostou o corpo no balcão da cozinha para que pudesse me analisar melhor.
- Errado, me viu Domingo de biquíni -Disse 'séria', estava zoando com a cara dele, obvio.
- Ah, não conta! -Ele se aproximou e sussurrou em meu ouvido.
- Posso saber por que? -Eu falei novamente de sobrancelhas arqueadas.
- Porque você só tirou aquela saída idiota na hora de entrar, 10 segundos de uma bela vista não conta -Ele sussurrou a ultima parte mordendo minha orelha e me dando um chupão.
- Seu idiota, vai ficar marcado! -Falei gargalhando enquanto ele continuava sorrindo malicioso.
- Você não perde por esperar, Luinha -Ele pressionou nossos corpos e sorriu malicioso pela ultima vez, saindo, com uma jarra de suco em direção ao jardim.

Passei pela porta da varanda e avistei Arthur e Mika sentados, tomando suco e conversando. Segui em direção a eles e me sentei.

- Vocês não dormiram? -Perguntei enquanto passava protetor em meus braços.
- Não -Arthur respondeu me fazendo rir.
- Luh -Mika chamou minha atenção.
- Oi Mika-Falei risonha, me ajeitando e sentando corretamente.
- O que é essa marca em seu pescoço, bem aqui ? -Ele apontou para meu pescoço, fazendo Arthur cuspir o suco que estava em sua boca e me fazendo gargalhar, enquanto Mika tentava entender alguma coisa.
- Foi um loser aí -Falei rindo e olhando para a cara de indignado que Arthur fazia.
- Hmm Luinha! - Mika fez cara de malicioso e todos nós gargalhamos.

Estava tomando sol um pouco distante dos meninos. Ai ai, pensando eles que eu Lua Maria Blanco sou idiota, eles começaram a conversar coisas que supostamente 'eu não poderia escultar', dois bobinhos mesmo, eu estava escultando tudo.

- Cara, a Maria é muito gostosa -Arthur começou a falar,mordendo os lábios e virando-se para ter certeza de que eu não escultaria. Nem me mexi.
- É mesmo, cara! -Agora foi a vez de Micael virar-se.
- Só de biquíni então... -Arthur insinuou, olhando-me malicioso.
- Ôôô. Vai tentar pegar ela né? -Mika falou o olhando com reprovação.
- Não vou tentar, meu caro Mika...Eu VOU pegar a Lua -Deu dois tapinhas nas costas de Mika e veio em minha direção.
- Eai, Luinha -Ele sentou em minha espreguiçadeira, me fazendo tirar os óculos escuros.
- Eai -Falei naturalmente.
- Quer que eu passe protetor nas suas costas? -Ele disse sorrido sinícamente, dei uma olhada para ele e ele continuou a falar.
- É que se não você fica queimada e tals -Ele completou sorrindo. Que Aguiar bobinho, ele acha que eu sou burra? Puft.
- Claro, aqui ó -Entreguei o protetor a ele e me deitei de bruços.
- Espalha bem -Completei risonha e o vi sorrindo malicioso.

Ele começou passando em minhas costas, fazendo uma ótima massagem, fechei os olhos e relaxei. Alguns minutos depois senti suas duas mãos na base da minha coluna, sorri sabendo o que viria do loser do Aguiar, nem pra fazer direito. Ai ai... 
Ele continuou descendo e começou uma massagem, passando protetor um pouco acima do meu bumbum.

- Obrigada, Aguiar -Falei fazendo menção de levantar e ele parou.
- Quer que eu passe na frente também? -Ele sorriu abertamente e eu neguei com a cabeça. Não iria dar esse gostinho a ele. Aguiar bobinho, Aguiar bobinho, pelo amor de Afrodite.
- Não, pode deixar. Já peguei sol na frente, só falta atrás mesmo. Mas muito obrigado -Falei sorridente.

Ele voltou para a mesa e continuou me 'analisando' junto com Mika. Olhei para os dois e fiquei de bruços, me concentrando no sol.

- Cara... -Ouvi Arthur gritar e esítar ao dizer um palavrão. Sorri baixinho e continuei escultando.
- Me diz se não é para matar qualquer um -Ele perguntou a Micael.
- Você é um loser mesmo, nunca vai pegar ela. -Ele falou gargalhando da cara do amigo.
- Veremos quem é o loser aqui -Ele disse convencido, me encarando.
- Dude, a garota é linda, educada, meiga e muito gostosa, tu acha mesmo que ela vai ficar contigo sendo cantada por tantos caras...-Ele falou para irritar Arthur.
- Óbvio, eu sou muito lindo e gostoso -Arthur falou rindo convencido.
- EU CONCORDO! -Mel falou um pouco alto para que nós escultasse.
- Viu?! As garotas me amam -Arthur levantou e foi até Mel que o beijou na bochecha.
- Meu gostoso -Mel falou rindo junto com Arthur e Mika.
- Mel, acaba com meu sofrimento? -Arthur sussurrou no ouvido dela.
- Como assim? -Ela perguntou confusa.

Arthur olhou para mim depois para Mel e ela gargalhou alto.

- Pode deixar, gostosão -Mel falou rindo e vindo até mim.
- Borá cair, loira? -Mel chegou tapando o sol.
- Agora -Falei rindo e levantando com uma toalha envolvida em meu corpo.

Ajeitei o biquíni,droga, havia afrouxado um pouco, iria pedir para a Mel amarra-lo mais mesma se encontrava dentro da piscina com Micael. Fui até Arthur que se preparava para entrar.

- Amarra pra mim, por favor ? -Pedi virando-me de costas para ele. Ouvi Arthur suspirar e gargalhadas vidas de Mel e Mika.
- Claro -Ele falou começando a amarrar.
- Obrigado - Falei após ele terminar
- Esse biquíni está pequeno em você - Ele falou rindo
- Ta nada, vai entrar? -Falei rindo e me preparando para entrar na água.
- Vou, mais antes preciso ir no banheiro - Ele falou já correndo em direção ao banheiro. Nos olhamos e caímos na gargalhada.

Os preguiçosos do Chay e da Sophia acordaram e se juntaram a nós na piscina...Ficamos um bom tempo conversando, bagunçando e rindo.

Péssima notícia, amanhã tem aula, argh. Estou caindo de sono e ainda tenho que fazer o restante da tarefa de gramática. Então, possivelmente até amanhã.

Xoxo- Lua


N/a:. Está ai mais um capítulo, espero que gostem.

5 comentários:

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo