14 de set de 2013

Plano B - Capítulo 8




Estávamos andando até o local do nosso encontro, que ele não quis me dizer onde seria.. 

Arthur: Você está muito bonita hoje! Digo, você é sempre bonita muito bonita, mas hoje está especialmente bonita.. - corei.
Lua: Obrigado! 
Arthur: Esse vestido é muito lindo!
Lua: Obrigado..
Arthur: Você.. Comprou um vestido novo só para o nosso encontro?
Lua: Que convencido! 
Arthur: Eu só queria confirmar..
Lua: Nunca vai saber.
Arthur: Pois é.. Esqueceu de tirar a etiqueta! - sussurrou no meu ouvido. Isso Lua, parabéns! Agora ele vai ficar se achando!
Lua: O que? 
Arthur: Deixa eu ver! - virei de costas para ele, e ele empurrou meu cabelo para o lado para tirar a etiqueta. 
Lua: Éér.. Eu já tinha esse vestido a muito tempo, só que não havia usado! Você não é tão importante assim! 
Arthur: Tem certeza? - ele abriu uma porta e.. Uau! 



                                (Ignorem as quatro cadeiras, imaginem duas!)

Olhei para ele sorrindo e mordendo o lábio enquanto ele encostava na parede de braços cruzados.  

[..] 


Arthur: Me conta mais sobre você.. - disse enquanto comíamos o prato da noite: Pizza!
Lua: Quando eu tinha 14 anos, meus pais morreram em um acidente de carro. Por causa disso, fui morar com minha avó, e como o sonho do meu era ser um arquiteto muito famoso, pensei que fosse o deixar orgulhoso se seguisse sua carreira. Fiz a faculdade, me formei .. Mas, aquilo não era para mim, eu não me sentia bem trabalhando com isso, porém continuei trabalhando até dois anos atrás. Se o meu pai me amava realmente ele ia querer que eu fosse feliz, fazendo oque eu gosto! Pedi demissão, peguei meu fundo de garantia e investi na loja de animais. Todo mundo sabe que eu amo animais, e sempre que eu vejo algum na rua pego, cuido e o coloco no meu Pet shop, para que alguém com bom coração o adote. - Comi uma fatia da maravilhosa pizza.
Arthur: Nossa.. Sua história é linda. Eu sei ordenhar cabras, isso te impressiona? - rimos.
Lua ri: Na verdade.. Não! 
Arthur: Lua, posso te fazer uma pergunta bem séria?
Lua: Pode.
Arthur: Você comprou esse vestido só para sair comigo hoje? 
Lua: Vem cá. - fiz com a mão para ele se aproximar - Nunca irá saber! - sussurrei no ouvido dele.
Arthur: Sério? - Assenti freneticamente. - Porque eu tenho vários modos de te fazer falar.. - se aproximou novamente de mim. O que nenhum dos dois esperava era que ele fosse esbarrar na taça de vinho e derramar em meu vestido. 
Lua: Ai meu Deus. - levantei atrapalhada e esbarrei na mesa também, fazendo com que as velas virassem e a mesa ficasse com uma chama gigante no meio! 
Arthur: Lua, ali atras tem uma mangueira, pega! - Corri e peguei apontando para a mesa e consequentemente acertando Arthur, que estava atras da mesa e sujando sua camisa. 
Lua: Ai meu Deus, me desculpe!
Arthur: Agora é guerra! - veio até mim.
Lua: Arthur!!! Não faz isso, foi sem querer.. Vai acabar com meu cabelo. - Como se aquilo tivesse o impedido. Começamos uma guerra de água, que nós dois saímos descabelados e molhados.

Lua Pov. 

Na volta para casa conversamos, sobre tudo e sobre o desastre que foi o encontro também..

Lua: A culpa não foi minha, ok? Você que derrubou tudo!
Arthur: Eu vi o seu olhar, você nem tava apontando para mim e não pra mesa! 
Lua: Isso não é verdade!
Arthur: É sim.. Bom, acho que te devo outro vestido! - suspirei. - outro encontro também!
Lua: Eu.. Vou gostar disso! 
Arthur: Vai para a fazenda comigo esse final de semana? 
Lua: Eu te ligo! 
Arthur: Vou esperar. - Se aproximou, e quando nossos lábios se chocaram, foi como se um choque tivesse nos atingido. Ele pediu a passagem de sua língua, e sem pensar duas vezes eu cedi. Nos beijamos até o folego faltar e quando nos separamos ele me olhou diferente. Será que eu beijei mal?
Lua: Que foi?
Arthur: Nada.. Vem cá! - me beijou de novo, e de novo, de novo.. Quando deu meia noite a Cinderela aqui, se despediu com mais um longo beijo e entrou. Tomei um banho e fui dormir, ainda pensando nos beijos maravilhosos daquele homem.

Arthur Pov. 

Beijar a Lua foi uma coisa inexplicável, uma coisa muito boa sabe? Não tive vontade de parar. Fui para casa pensando nela, e no quanto ela é linda e delicada. 
A semana passou e quinta chegou, estava saindo da faculdade quando meu celular toca. Lua!

Ligação On ~

Lua: Oi! 
Arthur: Oi Lu, tudo bem?
Lua: Tudo sim, e com você?
Arthur: Tudo ótimo, ainda mais agora que você me ligou. - Juro que imaginei ela corar. - Pensei que ia me dar um pé!
Lua: Não, eu não faria isso. Mas então, como vamos fazer? Você ainda quer minha companhia? - riu.
Arthur: Claro que quero. Anota ai o endereço, é fácil de chegar. - falei todo o endereço da minha fazenda e no final conversamos mais um pouco. - Vou te confessar uma coisa..
Lua: Fala!
Arthur: Estou louco para amanha chegar! 
Lua: Eu também. 
Arthur: Lu, eu tenho que desligar.. Beijo, até amanha. Qualquer coisa me liga!
Lua: Ok, beijo! Até. 

Ligação Off ~

Lua Pov. 

Estava limpando a casa, já que ia passar o final de semana na casa do Arthur. Fui até meu quarto par colocar a casinha do Freddie para fora. Aah não, ele vomitou aqui dentro! O que ele comeu? Opa, o meu exame.. Ai meu Deus! Cadê, cadê? Fui olhando até que vejo um mini papelzinho branco com um sinal de mais vermelho desenhado. Oh não! [..] 

Cris: Minha nossa, tem certeza? - perguntou, ao entrar na sala do hospital, eu estava esperando o resultado do exame feito pelo doutor que fez a inseminação.
Lua: Ou eu estou ou o meu cachorro está! - falei olhando novamente para o papel em minha mão.
Cris: Não ta falando coisa com coisa, tá grávida mesmo! Fica calma, não era isso que você queria?
Doutor: Parabéns Lua! Como esta se sentindo? - disse o médico entrando na sala.
Cris: ESTAMOS DESESPERADAS! - gritou. 
Lua: Estamos mesmo! 
Doutor: Por que? Bom, fizemos a inseminação com o doador que você escolheu, e você queria muito.. Não sei se podemos chamar isso de acidente!
Lua: É só que.. Tá sendo tudo muito rápido!

Depois de confirmar a minha gravidez, saí do hospital e fui procurar a pessoa que eu estava louca para contar! Minha avó! É claro que eu estou pensando no Arthur, mas acho que o que eu sinto por ele deve ser atração, não vamos poder ter nada sério. Que homem assumiria um filho que não é seu? E a gente nem tem nada! Isso é o pior de tudo! Já sei, vou ter que satisfazer o meu desejo, ai tudo vai passar, essa vontade de ficar com ele vai embora e eu vou poder me afastar! 

M. Cláudia: Vamos lá meninas, animação! - gritou com as senhoras que estavam malhando ao seu lado. Minha avó é interona sabe? É uma coroa de boa com a vida! Se ela ouvisse eu a chamar de coroa, o bicho pegava!
Albert: Oi Lua, como vai? - O Albert é o noivo da vovó.. Ele é bem mais velho do que ela! 
Lua: Oi, como está? 
Albert: Veio visitar minha noiva? 
Lua: Sim! Olha ela ai.. 

Maria Claudia: Gente, eu sei que é a mãe da Lu, e ela não é velha.. É que eu amo a tia Cláudia e queria colocar ela na web, e como a Lua n tem mãe! [ http://3.bp.blogspot.com/-lciw90e7s98/T356XMaYoPI/AAAAAAAADro/gGF38DUNR0A/s1600/38122aee7eae11e1b10e123138105d6b_7.jpg ] 

Lua: Vovó, eu posso conversar com você? - as senhoras continuavam atras dela.
M Claudia: Claro! Oi amor.. - falou com Albert e mandou beijo para o mesmo. 
Lua: Pode ser a sós? - apontei com a cabeça para as senhoras que prestavam atenção na conversa.
M Claudia: Elas não estão ouvindo! Fala logo Lu.. 
Lua: Eu estou grávida.. - cochichei. 
M. Claudia: O que? 
Lua: Eu estou gravida!
M. Claudia: O que? 

XxX: Minha nossa Maria, ela está gravida, ligue o aparelho auditivo! - falou a senhora atras de mim, não falei que elas estavam escutando?  


Comentem viu? Beeijo <3 
Daqui a pouco eu posto mais um e explico o porquê de eu não ter postado ontem! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo