4 de set de 2013

"De Repente é Amor"

 

10º Capítulo - Cinema..



Os dias iam se passando.. Lua e Arthur sempre se bicando aqui e ali, mas nada sério. Chay e Lua estavam se dando super bem e Arthur não se conformava com isso. Não estava com ciúmes, mas não entendia o fato dela tratar Chay bem e com ele ser grossa. Mas enfim, Lua e Chay tinham combinado de se encontrar no Shopping para pegar um cinema e a loira estava em seu quarto se trocando, quando...

- Hey mocinha - Mel entrou no quarto e Lua inclinou o pescoço para olha-la - Tem um gato lá na sala te chamando. 
- Quem? - perguntou curiosa - Não to esperando ninguém. 
- Não parece, vai lá. 

Lua terminou de se trocar e desceu as escadas correndo para ver quem era e se deparou com Chay sentado no sofá, franziu o cenho e foi até ele. 

- Chay? 
- Ah, oi - sorriu - Ta uma gata - piscou. 
- (riu) Valeu.. Como conseguiu meu endereço? - ergueu a sobrancelha.
- A Kátia me passou, então, vamos? 
- Claro - sorriu - Perai. 

Lua foi até o quarto e avisou Mel que sairia. Voltou e eles foram com o carro de Kátia [...] Estavam parados em frente a bilheteria a mais ou menos 15 minutos e ainda não tinham decidido qual filme iriam assistir. 

- Então? - Chay perguntou pela milésima vez. 
- Calma, to vendo aqui - disse olhando para os cartazes. 
- Você disse a mesma coisa a meia hora atrás - o garoto disse cruzando os braços. 
- Desculpa senhora, mas precisa ser mais rápida a fila está crescendo - a atendente disse apontando para as pessoas que esperavam impaciente.
- Eu tô pagando não tô? - a moça assentiu - então espere - Chay riu. 
- Me desculpa por ela - repreendeu Lua com os olhos, ela deu de ombros - A gente vai assistir esse aqui - apontou para o cartaz de um filme de comédia.
- Ei! - Lua colocou as mãos na cintura - Eu não concordei com isso. 
- Para de ser chata, vem - pegou os ingressos e saiu da fila - Eu vou comprar a pipoca e você fica aqui. 

Chay foi comprar as pipocas e o refrigerante e Lua ficou encostada esperando. Ele retornou e os dois foram até a sala de cinema, sentaram no meio e Lua continuava de cara fechada. 

- Pode tirar esse bico o filme parece ser legal.
- E se não for? - ergueu a sobrancelha.
- Se não for eu te pago um sorvete - sorriu. 
- Oferta bacana, porém barata - brincou.
- O filme vai começar. 

[...]

- Eu disse que era legal - disse por fim. Lua ainda gargalhava. 
- Ótima escolha Chayzinho - piscou - E o sorvete? Ainda ta de pé? - riu.
- Vamos logo.

Foram comprar sorvete e sentaram em uma mesa, ficaram conversando lá durante um tempo e depois foram pra casa. No caminho lua ligou a rádio e ficou cantando Avril Lavigne - Here's To Never Growing Up, Chay dava risada das caras e bocas que ela fazia e ela pouco se importava. Chay parou em frente a casa de Lua e acompanhou ela até a porta. 

- Está entregue - disse parando e ficando de frente pra ela.
- Obrigada pelo passeio - sorriu e deu uma piscadela pra ele.
- Disponha - sorriu - Eu vou indo, tá ficando tarde.
- Ta bom, eu vou entrar também - subiu um degrau - Ér.. Quer me levar amanhã na escola? 
- Folgada - ela riu - Que horas?
- Passo lá na Kátia ás 7h.
- Fechado - deu um beijo na bochecha dela - Tchau loira. 
- Tchau. 


Demorou mais chegou 

4 comentários:

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo