14 de ago de 2013

Presos num 'inferno'


7º Capítulo - Um clima..



Terrorista Pov
Esta tudo dando certo, eles foram sequestrados e estão presos na casa, eles deveriam e
agradecer, a casa é ótima, eles tem luxo e conforto, muito melhor que os apartamentos que
eles moram, eu os coloquei num único quarto, não porque quero que eles se conciliem,
mas porque preciso dos outros quartos, coloquei câmeras em todos os cantos da casa,
só no quarto e no banheiro que não. Não quero ver ninguém pelado, ela até que não é uma
má idéia, um corpinho perfeito, mas resolvi não tirar a privacidade deles, agora estou aqui
num quartinho fechado, rodeados de televisões onde mostram todos os cômodos da casa.

vejo que eles vão se dar bem, é só esperar mais alguns dias e iniciar com meu terrível plano, tenho que esperar mais um pouco, esperar que a FBI esteja preocupados demais com o sumiço deles, assim eles estarão ocupados e nem lembrarão de mim.

- Mercedes vem aqui- Mercedes é minha fiel assistente
- Sim senhor
- Vem aqui, vem - disse beijando seu pescoço, ela é mais umas das minhas amantes uso só pra diversão, ela acha que sou apaixonado por ela, coitada, só preciso dos servicinhos dela, ela também não é de se jogar fora não, mas me apaixonar nunca, quando eu não precisar mais dela, jogo no meio da rua.
- Senhor, não acho que aqui seja o lugar ideal, para... - Não deixei ela continuar joguei ela na
cama e já sabem o que aconteceu née.

Arthur Pov
Terminamos de comer e puxei ela pro quarto, ela veio sem entender, entramos no quarto e
sentamos na cama e disse.

- Lembra quando eu disse que havia rodado a casa toda? - Ela assentiu - Então, eu encontrei várias câmeras pela casa os únicos lugares que não achei foi nesse quarto e no banheiro.
- Eu imaginei mesmo que poderia haver câmeras por aqui, quem é que esteja por trás disso, me parece ser bem inteligente, não podemos vacilar, ou senão nunca sairíamos daqui.
- Pois é, por isso te trouxe até aqui, assim podemos conversar mais sossegados e não vamos falar alto, eles podem escutar.
- Tem razão, já pensou em alguma coisa para sairmos daqui?
- Pra falar a verdade ainda não temos que pensar juntos, não podemos arriscar nossas vidas,
lembre-se da bomba.
-Entendi, tem que haver alguma maneira - Ela é tão linda, e me parece ser tão inteligente
não consigo parar de olhá-la.
- Vamos olhar pela casa, vem – Disse levantando e a puxando – Vamos caçar alguma coisa, eu só vi uma porta a da frente, que tem uma bomba ligada a ela.
- Ok, aqui em cima só tem esses quartos e dois estão emperrados, então vamos procurar lá em baixo? – Perguntei e ele voltou a me puxar.
- Sim.

Descemos e começamos a procurar, foi então que eu vi um armário, que parecia que tinha algo atrás, chamei a Lua e empurrei o armário e demos de cara com uma porta, a abrimos e vimos um quintal, olhei em volta, era um pequeno quintal com um portão enorme de uns 3 metros e meio, merda!

- Vamos olhar os portões- disse a puxando pelo braço
- Esse portão é enorme, com certeza há homens vigiando o lado de fora da casa, temos
que tomar cuidado
- Lua, repare a quantidade de fios que há nesse portão e nos muros - disse
apontando pro portão
- É verdade - ela disse se aproximando até que prende os pés e ameaça cair, mas eu segurei, quando ela estava nos meus braços, uma onda de emoções surgiu, algo diferente, nos olhávamos profundamente, eu ia aproximando meus lábios dos delas, devagar até que..

Lua Pov
A gente tava quase se beijando, mas eu não podia, eu não queria, não, eu queria, e queria muito, mas não posso me apaixonar, não quero, eu sei, ia ser só um beijo, mas agora não tenho cabeça pra isso, preciso sair daqui, preciso ver a Sophia, o resto dos meus amigos, isso não é uma viagem de férias, e sim, fomos sequestrados. Me levantei e disse:

- Err... Obrigada - disse totalmente sem graça
- Não, tudo bem acontece - Ele me disse sorrindo torto, apenas sorri de volta.

Subi de volta para o quarto, deixando Arthur para trás, entrei no banheiro e lavei meu
rosto, o que está acontecendo comigo? A alguns minutos atrás eu ia beijar um homem
que mal conheço? Sai do banheiro, como já havia tomado banho, arrumei a cama e deitei
para dormir, mas definitivamente não consegui, fiquei pensando no Arthur, que merda
Lua! Ao invés de pensar e como sair daqui, sair desse “inferno”, não fica ai pensando
em um homem que você não conhece a 24 horas!

E que digamos mexeu muito comigo, não sei porque, ele me atrai de uma forma que
eu não sei explicar, meu corpo chama pelo dele, mas o que é que eu estou falando? Tenho
certeza estou ficando maluca, tenho que sair daqui. Mas e se nós tivessemos nos beijado?
Tá chega de pensar nele Lua chega! Fiquei ali com os meus pensamentos confusos até
conseguir adormecer.

3 comentários:

  1. posta mais....*_*

    ResponderExcluir
  2. Posta mais essa web tá perfeitaa by:BEATRIZ

    ResponderExcluir
  3. posta mais pirando !!!!!!!!!

    ResponderExcluir

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo