21 de ago de 2013

Presos num 'inferno'


17º Capítulo - Pistas



Sophia Pov
Bom se passaram mais de um mês desde de que a minha amiga, minha irmã, Lua foi  sequestrada. Estou angustiada, a queria aqui do meu lado, sinto muita falta dela, estou com saudades, das nossas conversas, brincadeiras, estou com saudades da Lua.
Durante esse tempo eu só quero encontrá-la, e o pior é que até agora nada, nem uma pista se quer. O Micael está sempre comigo, nos tornamos grandes amigos durante esse tempo. A verdade é que acho que eu estou gostando dele, mais foco, Sophia, foco!

Micael Pov
Há mais de um mês que Arthur foi sequestrado, há mais de um mês que não encontrei nenhuma pista sequer. Preciso encontrá-lo, confesso que estou com saudades dele, das nossas brincadeiras, das nossas palhaçadas. Eu e Sophia nos aproximamos muito um do outro por conta disso. A verdade é que eu acho que estou gostando dela, chega Micael! Foco, Micael, foco!

Lua Pov
Acordei abraçada ao Arthur, ele é um fofo, romântico, lindo, ele é tudo, nunca fiquei com um cara assim, nunca pensei que ser sequestrada fosse tão bom, não queria sair daquele abraço, estava com a cabeça em seu peito e assim continuei, ficar assim abraçada com ele era perfeito, devagar para não acordá-lo tirei a cabeça de seu peito e alisei seu rosto sorri e ele acordou, e quando me viu deu um sorriso perfeito e me disse:

- Bom dia coisa linda

Quando me disse aquilo abri mais ainda meu sorriso, acho que sim estou me apaixonando por ele, mas o medo de não ser correspondida não deixa eu dizer isso a ele.

- Bom dia - Disse e selei nossos lábios - Vamos levantar né?
- Ah quero não, quero ficar aqui abraçadinho com você - Ele disse me abraçando
- Então você fica ai, que eu vou levantar e tomar um banho – Disse levantando e correndo até o banheiro e deixei ele lá com uma cara frustrada.

Entrei no chuveiro com um sorriso bobo no rosto, mas eu sei, é só uma ficada, não quero mais do que isso, me enterti nos meus pensamentos até que a porta se abre e de lá surge um Arthur totalmente nu e me olhando com um sorriso malicioso, droga esqueci de trancar a porta.

- Nada disso Arthur, quero tomar meu banho sossegada - Disse e ele nada falou

Apenas entrou debaixo do chuveiro me dando um beijo de tirar o fôlego, nem tem como resistir, com um homem desses do meu lado e ainda nu, nos beijamos com muito fogo e fizemos amor de novo, depois terminamos nosso banho e fomos tomar café, assistimos TV, almoçamos, mais TV, beijos, carinhos, dengos , jantar e fomos dormir, dessa vez nem rolou nada, ele bem que queria mas eu já estava exausta precisava recuperar as energias, e assim dormimos abraçadinhos.

Acordei no outro dia, com o Arthur acariciando meu rosto, eu estava em seu colo. Olhei bem em seus olhos e senti segurança, senti um arrepio enorme, e senti medo também.

- Bom dia minha linda – Disse dando um beijo nela
- Bom dia – Disse o olhando
- O que foi? – Perguntei ao ver que ela não estava muito bem
- Confesso que estou com um pouco de medo.
- De que?
- Nós estamos sequestrados Arthur.
- É verdade, ontem eu até me esqueci disso.
- Mas nós não podemos esquecer disso, precisamos sair daqui, nós já ficamos muito tempo aqui.
- Mas agora não tem nada que possamos fazer, já tentamos sair daqui e não conseguimos, tem uma bomba que explodirá se tentarmos sair, não tem como fazer nada a não ser esperar, esperar que o FBI nos ache – Disse e logo depois suspirei, a verdade é que eles já estavam demorando de mais para isso.
- Sim Arthur, não podemos fazer nada a não ser esperar – Disse e suspirei – Mas o sequestrador, a pessoa que nos sequestrou, pretende algo com isso, eles não nos sequestrariam se não fosse para nada.
- Já pensei muito nisso, pensei em um atentado em Nova Iorque
- Verdade, ele deve ter nos sequestrado, para fazer um atentado em Nova Iorque, 
conosco longe de lá seria mais fácil – Disse me sentando, agora as coisas estavam
fazendo sentido.
- E com o nosso sumiço, o FBI se distraíria a nossa procura, e ai sim ficaria mais fácil
ainda – Disse me sentando também.
- É isso Arthur, já descobrimos o porque de estarmos aqui, agora temos que descobrir.
um jeito de sairmos daqui – Disse o abraçando.
- Sim minha linda, e sabe o que é melhor?
- Hum...
- Nós acabamos descobrindo isso juntos – Disse rindo.
- É verdade – Disse rindo – Você acha que temos chance de sairmos daqui?
- Acho que sozinhos não dá, mas o FBI deve estar atrás de nós, e não vai demorar muito
para nos encontrar, Micael, deve estar fazendo de tudo para me encontrar.
- É estou com saudade da Sophia – Disse meio triste.

- Nós vamos sair daqui, só espero que não demore muito – Disse a puxei para um abraço

Um comentário:

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo