8 de ago de 2013

Medo de Amar



Capítulo 1 - Universidade
   
O despertador ecoava pelo quarto do copacabana palace pela terceira vez, e Lua continuava imóvel em sua cama. A porta do seu quarto se abriu, mas a loira não acordou nem mesmo com esse barulho. Micael, - Seu melhor amigo desde a infancia, e motivo pelo qual veio para o rio - entrava, com um saco cheio de pães de queijo. Em segundos, o cheiro já estava em todo o quarto, e foi isso que fez nossa loira despertar, afinal, Lua era fanática por pão de queijo.
- EU QUERO! - Ela se prostrou de pé, e pegou o saco de pães de queijo para si.
- Bom dia pra você tambem, miojinho! - Eles riram um para o outro. Só Micael conseguia curar o mal humor matinal da selvagem. Aliás, só ele podia dar-lhe apelidos, ela não admitia, mas gostava deles.
- Nossa, senti falta de pão de queijo! Puta merda… Isso é muito bom! - Ela andava pelo quarto, arrumando seu material pra faculdade e falava com sua boca cheia de pães de queijo. - Vou me trocar no banheiro, não vou demorar! NEM COMEÇA A RECLAMAR!
- Eu não disse nada, nervosinha! - Micael ria baixo, e gritava para que Lua o ouvisse de dentro do banheiro - TU CONTINUA COM ESSA BOCA SUJA, NÉ… AH, CARA… VEM CÁ, TU NÃO ACHA QUE TÁ NA HORA DE COMPRAR UM APÊ, NÃO?? UM MÊS MORANDO NUM HOTEL!!
- Que que tem o hotel? - Lua abriu a porta do banheiro, e os dois sairam em diração ao elevador, pois já estavam atrasados, deixaram o assunto para depois.
Narrado por Micael:
- Ei, vamos na sua moto! Você tambem tá em artes cênicas, né? - Lua me perguntou, com um sorriso doce no rosto. Ela já sabia minha resposta, nós tinhamos o mesmo sonho, então respondia-a apenas com um sorriso de lado.
- Sobe aí, gatinha! - Pisquei para ela, e bati de leve na moto, já em cima dela. Lua montou atrás de mim, e riu como uma criança. - Será que vão ter meninas interessantes lá?
Lua gargalhou, mas não me deixou sem resposta, o que, acredite, é um avanço muito grande. - Interessantes? Duvido muito, mas que te interesse? Com certeza! Tem loira metida a barbie em todos os lugares! - Ela continuava rindo, fiquei quieto, e parei a moto, já estávamos na faculdade.
   Arthur já estava no campus quando Lua e Micael chegaram. Ao contrário dos dois, Arthur era muito pontual, e já procurava se informar sobre o curso que faria. Observou um tumulto de longe, e acabou esbarrando em Sophia, por conhecidencia, namorada de seu melhor amigo.
- Ai! Não olha por onde anda, não?? Me amarrotou! - Ela gritou, se virando para olhar quem havia feito o estrago. Arthur logo reconheceu a voz, e surpreso, falou.
- Sophia! Quanto tempo…. é… Desculpa o esbarrão, me distrai. Cadê o Chay? - Arthur não podia deixar de perguntar sobre seu amigo, afinal, ia ser legal ter algum conhecido nesse novo ambiente diário. Sophia continuava estática, e isso assustou Arthur.
-Ahn… tudo bem! OLHA O CHAY ALI! - Sophia correu para beija-lo, e deixou o mauricinho sozinho novamente. Arthur foi entrando na sala, achou melhor do que ficar de vela. Chay e Sophia foram logo depois, e em poucos minutos, todos estavam na sala… Todos menos dois, Lua e Micael. Velhos hábitos nunca mudam, não é mesmo? Sempre nossos garotos problema!
    A sala estava em silêncio, quando um barulho na porta, e algumas risadas do lado de fora, tiraram a concentração da chamada. Micael não era muito delicado, e mais parecia arrombar a porta. Ele entrou na frente e segurou a porta para Lua.
- Pode entrar, minha selvagem, a turma toda te espera! - Ele fez uma reverencia a ela, e os dois riram alto, enquanto o professor os olhava de canto, repreendendo-os.
- Dormi demais, quem nunca fez isso? - A loira soltou, olhando pro professor, e dando de ombros, enquanto andava em direção ao fundo da sala.
Boa noite :) E aí? Gostaram? Comenteeeeeeeem muito :)

3 comentários:

  1. ++++++++++++++++++++++++++++++++++++ ♡♥♡♥

    ResponderExcluir
  2. Sim gostei, vai postar mais hoje?

    ResponderExcluir
  3. Adorei posta mais by:BEATRIZ

    ResponderExcluir

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo