3 de ago de 2013

"De Repente é Amor"


2º Capítulo - Bernardo



Pov's Lua
Acabei adormecendo no sofá mesmo, olhei a hora e ainda eram 18h com certeza não iria dormir cedo hoje, rs. Levantei e fui no banheiro escovar meus dentes quando meu celular começou a tocar, olhei o identificador de chamadas "Bê :3".

-Ligação ON-

Oi meu amor! - sorri.
Até que enfim né baixinha? Te liguei milhões de vezes, onde você tava?
Dormindo - pude ouvir ele rir.
Preguiçosa - ri junto com ele - Tá afim de tomar um sorvete?
Agora?
Daqui meia a hora, pode ser?
Ok. Não passa em casa, eu tô aqui na Kátia.
Blz, beijos.

-Ligação OFF-

Desliguei o telefone e caminhei pela casa, estava tudo quieto, aparentemente não tinha ninguém em casa. Voltei para a sala e tinha um recado na mesinha de centro.

"Luinha, saí para trabalhar! 
Tem comida na geladeira e não sei que horas volto, não me espere para a janta. Tudo bem?
Beijos. Te amo"

O que eu odeio na tia Kátia é o trabalho dela, sempre que venho pra cá é muito raro ela tá em casa. Fui até a cozinha e bebi um suco de uva, voltei para a sala e fiquei esperando o Bernardo. Pensei em ligar em casa para avisar que iri dormir fora, mas desisti.. quem iria sentir minha falta mesmo? 
Pude ouvir a campainha tocar e corri para atender, sim era ele. O cumprimentei e fomos até uma sorveteria ali perto, sentamos na em uma mesa e fizemos os pedidos.

- Sua mãe não implicou de você ter ido na festa? - Bernardo quebrou o silêncio.
- Até parece que não conhece a dona Claudia - ri de leve.
- Não queria que ela brigasse com você por minha causa.
- Tá tudo bem - sorri - já to acostumada, mas e você? Feliz?
- Por ser maior de idade? - fingiu pensar - É.. acho que não - gargalhei e Bernardo sorriu.
- Gostou do presente? - dei um par de ingressos para o show de um cantor que ele gosta muito, tinha uma semana que ele me falava desse show então nada mais justo dele ir, né? 
- Adorei Lu, você vai comigo né?
- Demoro! 

Continuamos a conversar até os pedidos chegarem. A gente tomou sorvete sobe as brincadeiras de Bernardo, ele é assim, sempre quando brigo com minha mãe ele sempre tá lá pra me acolher. Claro que minha irmã também me da uma força e tanto, mas sei lá, o Bê é especial!
A gente deu uma volta no calçadão da praia e voltamos para casa, ele me deixo na porta e eu entrei já que tinha a chave. Encontrei com Kátia e a cumprimentei subindo direto para o meu quarto, é, eu tenho um quarto na casa dela. Era o quarto de hospedes, mas a única amiga que a Kátia tinha era minha mãe, mas depois delas terem uma briga feia se "separaram" e Kátia não recebia nenhuma visita além de mim e da Mel, então o quarto ficou pra mim. Já tinha tomado banho, então a única coisa que eu fiz foi me jogar na cama, se tem uma coisa que eu amo mais que chocolate é DORMIR! Hahah..

No dia seguinte...
Quero comentários u.ú

6 comentários:

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo