18 de ago de 2013

"De Repente é Amor"


7º capítulo - Chegada de Arthur



Pov's Lua.
O show estava muito lindo, Bernardo estava super empolgado, Mel acabou se rendendo e curtiu o show a 'beça'.. Enfim, tudo estava saindo perfeitamente bem.. claro, tudo até minha mãe ligar!

- Alo?
- Onde a senhorita está? - dona Claudia disse, parecia um pouco.. irritada
- Eu tô em um show e antes que você me diga absurdos, a Melanie está comigo - disse por fim e desliguei o celular. Voltei para onde a Mel e o Bê estava.
- Quem era? - Mel perguntou assim que me viu.
- Dona Claudia. 
- O que ela queria? - Bernardo perguntou.
- Esqueci de perguntar - Mel negou com a cabeça e Lua gargalhou – Nem me olha assim, eu quero curtir o show, to precisando disso.
- Ok! Hoje passa, senhorita – ela riu.

[...]

Acordei com uma sensação estranha. Uma sensação de que algo de bom vai acontecer.. Mas é claro! É hoje que o Arthur vem pro Rio. Um sorriso instantaneamente brotou em meus lábios e um friozinho na barriga tomou conta de mim, seria muito bom poder vê-lo novamente.. Levantei apressada e fui para o banheiro, fiz minhas necessidades e joguei água no rosto. Look

- É hoje! – falei comigo mesma e sorri, me troquei e desci para o café da manhã mas encontrei apenas Melanie – Cadê a Sr. Blanco? – ri do meu comentário.
- Saiu apressada, parece que tinha emergência no hospital – fez careta.
- Vish.. Eu to indo na tia Kátia, qualquer coisa to no celular – pisquei, peguei uma maça e saí. Não demorou e já estava tocando a campainha, logo Kátia atendeu – Bom dia!
- Bom dia meu amor eu... – logo interrompi.
- Eu sei – sorri – Eu.. eu posso esperar vocês aqui? – perguntou receosa.
- Pode, claro! Eu vou indo que já estou atrasada – sorriu e saiu porta afora.

Lua entrou e percebeu a mesa farta, colocou a mão sobre a barriga – Sai apressada e nem tomei café – Falou consigo mesma e foi até a mesa, tomou um belo copo de yorgut, comeu algumas torradas com nutella e se jogou farta no sofá.

[...]

Kátia demorava e Lua andava de um lado para o outro parecendo uma barata tonta, mas fazer o que, estava nervosa, ansiosa, receosa.. e morrendo de medo! Sim, estava com medo, medo de Arthur não a reconhecer, medo da rejeição, medo de sua reação.. MEDO, MEDO, MEDO! Foi interrompida de seus pensamentos por a porta que abrirá e nela se passar três pessoa.. “esperai, três?” Era isso que Lua pensava.

Kátia adentrou e olhou para os dois rapazes que seguravam carregavam algumas malas, Lua fitava o mais baixinho, “Continua o mesmo” a mesma pensou e riu baixinho. O olhar de Arthur se encontrou com o da loira e ela instantaneamente sorriu. Queria abraça-lo e dizer o quanto sentiu saudades...

O Arthur chegou e agr? 

3 comentários:

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo