2 de jul de 2013

Uma lição de Amor - Capítulo 23.


"Fear of dying"


Andei de um lado pro outro no corredor da faculdade que agora estava completamente hiper vazio. Eu não estava preparada pra isso, não estava.

 

- Hey, por que tá’ andando de um lado pro outro aqui sozinha? - Nick perguntou rindo e eu sorri envergonhada. - Preocupada com a prova?

- Muito.

- Mas você não estudou?

- Estudei. Mas, sei lá, sempre bate aquela insegurança. – Dei de ombros.

- Vem Lu, vamos lá! - Nick riu me dando um beijo na testa e me puxando pra para o segundo andar pra onde aconteceriam os exames das provas de estilistas. Andamos até lá juntos e logo quando entrei na sala me deparei com Sophia na quinta cadeira, fui até a fileira que ela estava e sentei ao seu lado ainda tremendo. – E aí, estudou? - Ela sussurrou virando para me olhar.

- Estudei... Mas, sei lá, ninguém sabe o que pode acontecer nessa prova. - Sussurrei de volta.

- Onde você tava? Procurei-te na hightshool toda - Ela arqueou uma sobrancelha e eu fiz careta.

- Tava no terceiro andar.

- Fazendo...?

- Pensando... Meu armário fica lá, se lembra?

- E onde você encontrou com o Nick?

- Nós nos encontramos lá, e depois ele me puxou pra cá. Acho que se não fosse por ele eu nem estaria aqui agora.

- Sua doida você não iria vir pra prova?

- Eu tô com medo droga.

- Vai da tudo certo Lu, você é uma ótima aluna. - Sophia segurou na minha mão e eu sorri.

- Vai saber o que pode acontecer com o meu cérebro daqui a alguns minutos quando a senhora Pertesson entrar por aquela porta e mandar todos nós guardamos os livros. - Murmurei.

- Bom dia classe, por favor, guardem todos os livros e podem passar as provas pra trás. E lembrem-se: Estou de olho em vocês. - Sra. Pertesson ajeitou o óculos e eu senti meu sangue congelar.

 

[...]

 

 

- Tá, não foi tão ruim assim. - Sophia sorriu em quanto andávamos pelo corredor da escola e eu fiz careta.

- Talvez. - Dei de ombros. Sentamos-nos em uma das mesas do refeitório e começamos a conversar sobre a prova. Logo depois Nick chegou e perguntou se podia sentar na mesma mesa que nós e eu assenti balançando a cabeça.

- E aí meninas, como foram na prova? - Perguntou maroto e Sophia sorriu.

- Ainda não sei... Acho que deu pra tirar uma nota boa. - Sophia deu de ombros.

- E você Lu?

- Garantimos que... Eu não prefira comentar. Ás vezes dá azar – Ri pelo nariz e ele deu uma gargalhada gostosa. Senti meu celular vibrar e percebi que era alguma ligação atendi sem mesmo ver o nome no visor.

- Alô?

- Lua! Que saudade.

- Julia! Há quanto tempo

- Pois é. E aí, como vai ai na Itália? - Perguntou animada.

- Vai bem. Acabei de sair de uma prova da faculdade

- Você foi bem?

- Não sei... - Mordi o lábio inferior. – Mas, e aí, como tá indo ai em Los Angeles?

- Vai tudo ÓTIMO! Conheci um garoto lindo aqui... É do tipo Taylor Lautner sabe?

- Sei... - Dei uma gargalhada.

- A Babi veio comigo... Ela também encontrou um gatinho por aqui

- Nossa vocês duas não perdem tempo hein?!

- Ah qual é Lu, vai falar que você e o meu irmão não tão aprontando por ai?

- Cala boca!

- Não, não calo!... Puts vou ter que calar mesmo. A vaca da professora chegou, beijos.
- Ok – eu gargalhei – Beijos.

 

Sophia me olhou suspeita e eu levantei uma sobrancelha – Era a Julia não era? - Perguntou como quem não queria nada.

- Era sim. Ela disse que depois te liga, a aula dela acabou de começar - Dei de ombros e ela excitou falar alguma coisa, mas eu fiquei quieta.

 

Chegamos à mansão e encontramos com Mel e Ane conversando no jardim. Aproximei-me das duas sentando ao lado delas que sorriram – E aí, como tá? - Perguntei por entre dentes e ela deu de ombros – Sei lá.

- Não esquenta com isso não, você o Will tem muito ainda pra viver.

- Seja lá o que eu tenha que viver não quero viver ao lado dele. Sabe Lu, tudo bem ele é seu irmão mais eu não combino muito com um par de chifres entende? Eu amei muito ele, mas agora já deu.

- Nem me meto – Dei de ombros e Mel encostou a cabeça ao meu lado bufando.

 

Flash back on. Dois anos atrás.

 
- É hoje que o Will chega não é? - Sophia perguntou enquanto ela e Lua arrumavam as coisas dentro do apartamento que acabaram de se mudar.

- Aham. Ele disse que chegava hoje, vamos nos encontrar no colégio – Deu ombros. - Depois que os pais de Lua e Will morreram assassinados e ela vinha dividindo o um novo apartamento com Sophia. Will fez questão de se mudar pra Londres, ele dissera que não gostava que a irmã ficasse sozinha em Londres, o que fez ela rir. Ela só tinha 17 anos, mas era completamente emancipada.

- GAROTA DO BRASIL! Que saudade! - Will rodopiou a garota na quadra da HightSchool fazendo a garota sorrir.

- Que saudade, molengo! - Bagunçou os cabelos do irmão o fazendo rir.

- Will, esses são Chay, Sophia e Ane! - Sorri apresentando meus amigos e eles cumprimentaram. Will deu um belo aperto de mão em Chay e logo depois veio falar com Sophia. Mas, com a Ane foi completamente diferente.

 

- Prazer Sra. Stweart! - Ele disse galanteador, dando um beijo na mão da menina que começou a dar pulinhos por dentro. Ele era realmente um gato. Ficaram trocando olhares por um bom tempo. Depois do fim do jogo da decisão da HightSchool onde Will ficou amigo de Arthur e Micael. A louca da Ane saiu do meio da arquibancada lascando um beijo no garoto que sorriu abobalhado. Já tinha se passado um mês que conhecerá Ane e já estava completamente apaixonado por ela.

 

Flash back OF.

 

- Hey! - Vimos Arthur e Will se aproximarem da piscina apenas de regata e short jeans. Ri abobalhada e Arthur me deu um selinho demorado, sentando-se junto comigo na cadeira de piscina. - Bora cair? - Perguntou olhando pra mim e eu neguei sapeca com a cabeça.

- Vai Lu, por favor! - Ele fez bico e eu não resisti.
- Não to afim de nadar hoje... - Dei de ombros
- Por que? 
- Por que tá frio horas.
- Lua tá sol. - Ele riu
- Mais a água ta fria - Fiz bico e ele soltou uma gargalhada
- Se você não for agora se trocar eu te jogo na piscina com roupa e tudo 
- NÃÃÃO. POR FAVOR. - Ok, vou me trocar! - Falei derrotada dando um beijo nele e indo em direção a mansão. Era quatro e quinze da tarde e o sol estava irradiante, me troquei rápido colocando um biquíni e sai pela casa em direção à piscina. Sophia e Micael já estavam se beijando na beira e Ane e Will não se paravam de se olhar com ódio. Mel e Chay também não estavam juntos o que me fez surpreender. Eles tinham chegado só fazia um dia e desde então nem se falavam direito, mas, eu nem resolvi me meter.

- Hey Mel, o que aconteceu? Você e o Chay...? - Perguntei sentando ao seu lado olhando em direção a piscina onde Arthur, Micael e Sophia jogavam bola.

- Brigas e brigas. Cara, a viagem foi perfeita sabe? Mas depois que as fãs descobriram o lugar que a gente tava foi um inferno. Ele nem ligou mais pra mim, só ficava dando atenção pra elas, me deixou de lado umas cinqüenta vezes em só dois dias. No último dia ele me deixou sozinha no aeroporto Lu. Foi horrível, eu não sábia andar por lá e eu também não sou muito boa em Italiano. Eu tive sorte que as meninas da agência sabiam falar em inglês. Enfim, nós nos encontramos na área da pista do avião e ele veio segurando meu braço perguntando por que eu não esperei por ele, e a gente acabou brigando e...

- Chay é um mala! - Falei sem humor e ela deu um sorrisinho triste.

- Mas tudo bem... Sãos as fãs deles não são? Não posso obrigar ele a não falar com elas, por que também a banda só está onde está por causa delas, não é mesmo?

- É... - Dei de ombros.

- E o Japão? Ainda tá grilada com o Arthur por causa disso?

- Nem... - Dei de ombros. - Você vai?

- Acho que sim... Não tenho nada de bom pra fazer durante esse tempo todo sem ele.

- Então vocês não terminaram?

- Não... Só estamos meio distantes, mas nós já conversamos e... Eu só pedi um tempinho pra poder raciocinar direito. - Boa... - Falei mordendo o lábio inferior.

- Vem, vamos pra piscina – Falei a puxando e logo a joguei na água junto comigo.

 

*************

 

- Vem Lu, vamos! - Arthur apareceu na escada junto com Will, Ane, Sophia, Micael, Chay e Mel que estavam prontos pra ir à praia. Continuei mexendo no notebook.

- Não dá pra ir agora, tô terminando de digitar o trabalho... Podem ir vocês, eu já tô indo.

- Não vou te deixar sozinha, eu fico com você... - Arthur falou calmo e eu neguei com a cabeça.

- Não precisa amor, já tô acabando. Pode ir lá aproveitar a sua praia. O Micael, o Chay e o Will vão ficar bolados se você não for. Vocês não iam surfar hoje? - Perguntei calma e ele mordeu o lábio inferior me dando um beijo no rosto.

- Ok, mais não demora ok? - Ele perguntou já na porta e eu assenti com a cabeça.

- Ok!

 

Olhei pro relógio do computador onde marcavam cinco e meia. Uma hora de atraso, o Arthur ia me matar. Eu tinha falado que só mais alguns minutinhos e já haviam passado de uma hora e meia. Fechei a tela do computador e suspirei cansada. Fui até o meu quarto e pus um macacão de pano leve branco e um biquíni por trás. Desci as escadas mexendo no I Phone e fui em direção à porta. Coloquei a mão na fechadura para abrir,  quando senti um vento frio sobre a minha pele e uma coisa gelada na minha nuca.

 - Ora, ora Lua Blanco! - Aquela voz que eu conhecia gargalhou e eu senti meu corpo se eletrocutar. Virei-me de leve para ver quem era e me deparei com Adam Scott na minha frente apontando uma arma pro meu pescoço.

- O que você quer? - Sussurrei entre dentes sentindo meu corpo todo congelar. 


Continua... 


3 comentários:

  1. posta ++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++

    ResponderExcluir
  2. ah meu deus....por favor posta mais!!!

    ResponderExcluir
  3. OMG posta mais, oq será q vai acontecer com Lua? o_O by: Paloma Passos

    ResponderExcluir

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo