4 de jul de 2013

Minha irmã Adotiva.


Capítulo 233.



Alexandra: Vcs não sabem o quanto estava com saudades de vcs dois.(apertou as bochechas de ambos se sentando sobre o sofá da casa Aguiar e o puxando entre seus braços) Aqui é muito sem graça sem vcs, meus filhos.(ligou a TV com o controle remoto)

Arthur: Suponho que a senhora tenha passado muito tempo aqui em casa pra ter certeza do que ta dizendo.(a alfinetou ironicamente, se desvinculando-se dos braços aconchegantes da mãe)

Alexandra: Não muito.(admitiu) Mas sei que esse final de semana juntos vai ser incrível.(concluiu com um sorriso cativante nos lábios)

Arthur: Perdão mamãe, mas eu vou pra um chalé com a Carla.(disse empossado de sarcasmo)

Alexandra: Oh! Que noticia ótima, vcs voltaram.(bateu uma palma discreta em comemoração) Fico muito feliz, meus filho.

Lua: Alexandra , e Vera, onde está?! Estou morrendo de saudades dela.(comentou procurando levar a história para outro caminho)

Victor: Vera foi a supermercado.(respondeu de imediata descendo as escadas , abotoando seu paletó)

Alexandra: Isso mesmo. Victor, temos algum compromisso hoje?(indagou observando o marido descer a escadaria)

Victor: Tenho que fazer algumas ressalvas com os acionistas , e depois temos um coquetel em comemoração pela parceira de alguns investidores italianos.( relembrou devidamente)

Alexandra: Ah sim. Mas podemos ir todos juntos, néh?!(sugeriu com os olhos inundados de esperança)

Arthur: Vo pro Chalé.(conclui fazendo pouco caso ao assunto)

Lua: Acho que não seria uma boa eu ir junto.(admitiu)

---: Com licença senhor Victor, mas receio que tenha que se esquecera de assinar essa clausula.(concluiu entrando na casa Aguiar)

Arthur: Cara, esse babaca trabalha pro papai até hoje?(revirou os olhos)

Victor: Sim, e a propósito Fernando é um ótimo funcionário.(o elogiou)

Fernando: E não faço escândalos públicos pelo simples fato de sua namorada não ser muito fiel.(comentou)

Arthur: Eu estava saindo com a Caroline.(argumentou)

Fernando: E eu com a Maisa.( revidou)

Arthur: Mas a Maisa deu em cima de mim.(persistiu)

Fernando: Arthur, meu caro, eu não vou discutir uma coisa de três anos atrás com vc, querido. Eu só vim trazer esse papel pra seu pai assinar e mais nada.

Sim! Aquela mini discussão apartavel magnetizava Lua, ao porte físico daquele moreno, alto e cabelos ondulados, olhos negros, músculos perfeitamente definidos que os deixavam em evidencia pelo fato de o mesmo estar por usar uma camiseta preta um tanto justo, mas nada vulgar, não aparentava ter mais que 28 anos. A voz dele soava como uma metralhadora acertando em cheio Arthur de forma irredutível e o deixando calado por alguns segundos. Fernando não tinha medo algum de afrontar Arthur, ao contrario de Pedro que se reprimia por algum fato até agora desconhecido.

Victor: Aqui está (lhe entregou) Cuide de fazer três cópias dessa clausula para nossa empresa, ok?!(ordenou gentilemnte)

Mel: Loirinha e Bundudo to entrando. Opa! Cheguei em uma boa hora.(observou Fernando) Qual é Lua arruma amigos novos e nem nos apresenta?(indagou divertida)

Fernando: Quem é Lua?(indagou , confuso)

Mel; Ah! É aquela loirinha ali, sabe?! Linda, néh?! Mas tire os olhos, ok?! Ela é complicada demais.(disse ligeiramente o suficinete para a única palavra que o mesmo fora capaz de compreender foi “loirinha” e “ok”)

Victor: Mas creio que Fernando não veio aqui pra isso, néh?! Vamos voltar ao trabalho então.(disse empurrando o moreno esbelto até a porta)

Mel: Então o nome do gato é Fernando...

Alexandra: (gargalhou alto) Melanie vc é uma graça.(comentou marchando provavelmente rumo a cozinha)

Mel: E então o que vamos fazer hoje galera?(indagou pulando sobre o sofá) O meu sábado ta livre..

Carla: Bebê , to entrando meu amor.(advertiu entrando na casa Aguiar)

Mel: IIIH! A “Lombriga” chegou(Revirou os olhos)

Arthur: Melanie quanto menos melhor, ok?(restringiu)

Mel: Isso quem decide sou eu.(se impôs brincando com uma das almofadas)

Carla: Acabei de ver seu pai saindo e pensei que talvez vc estivesse com ele e sai correndo atrás do meu sogrinho.(lhe deu um selinho)

Mel: Aii meu Deus, doe um celebro pra essa coisinha, porque isso é uma ofensa a raça humana.(A alfinetou)

Carla: A lindinha da Melanie ta ai.(se sentou no braço do sofá) Eu só queria te agradecer pelo o que vc fez comigo semana passado , táh?!

Mel: O que aconteceu semana passada?(indagou , franzindo o cenho)

Carla: A piscina se lembra?(a recordou)

Mel: Ah! Se quiser que eu te jogue de novo não precisa fazer rodeios não, eu te jogo com o maior prazer.

Arthur: Mel.(a fuzilou com os olhos)

Mel: O que eu fiz?(se vitimou)

Carla:  Agora se me derem licença eu e o meu bebê, vamos pra um chalé.(concluiu dando um selinho no mesmo e olhando direção onde Lua se encontrava e notando a ausência da mesma)

Provavelmente não teria agüentado ouvir Carla por muito tempo, ou talvez estivesse farta daquelas discussões entre “Carla” e “Melanie”.

Um comentário:

  1. humm...o fernando apareceu...o que será que vai acontecer?

    ResponderExcluir

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo