17 de jul de 2013

Minha irmã Adotiva.


Capítulo 273.
#Maratona


Mel: E por isso resolveu esconder isso de todos nós? (indagou , enquanto alisava as madeixas loiira de Lua, que se encontrava sentada em seu colo)

Flash Back

Arthur: Vc pretendia o que com isso? (puxou a mesma pelo braço)
Lua: Te livrar de uma responsabilidade enorme.(concluiu com a voz trêmula)

Não podia deixar de estar assustada devido alteração em Arthur.

Arthur: Vc podia ter matado nosso filho sabia?
Lua: Eu só não sabia como contar.(negou com a cabeça)
Arthur: E ia esconder isso de mim até quando? (apertou o braço da loira) Até quando hein?(cuspiu aquelas palavras em Lua) Iria fazer o mesmo que sua mãe fez com vc, éh?!
Lua: Thur vc ta me machucando,(tentou se soltar entre os soluços)
Arthur: Sai daqui (a soltou e abriu a porta de seu quarto)
Lua: A gente precisa conversar Arthur.(Argumentou)
Arthur: Sai daqui agora.(ordenou)

Fim De Flash Back

Lua: Eu não resolvi esconder, eu resolvi ... resolvi resolver(deu de ombros)

Mel: Ocultando essa informação do maior afetado? (arqueou uma das sobrancelhas)

Lua: Eu não sei se o Arthur ta preparado pra uma responsabilidade desse tamanho nesse momento.(admitiu)

Mel: Estando preparado ou não, é direito dele saber.(molhou os lábios com a língua) Vcs recém haviam voltados e brigam por algo que vc talvez pudesse ter evitado, contando pra ele com antecedência.

Lua: Grande novidade eu com o Arthur discutirmos, néh?!(revirou os olhos)

Mel: Agora se ele acha que brigando com vc ele não vai assumir esse meu “afilhadinho” ele ta muito enganado.(concluiu dissimulada)

Lua: Não é questão de assumir, Melanie.(Se levantou para que pudesse mira-la) Eu fiz uma coisa que talvez fosse melhor que não tivesse feito.(mordeu seus lábios inferiores, procurando ganhar tempo)

Mel: O que vc fez , loira?(arqueou uma das sobrancelhas)

Lua: Eu...(coçou a garganta) Eu to grávida de quatro meses, néh?! (inspirou e expirou lentamente)

Mel: Isso quem tem que responder é vc.(argumentou)

Lua: Então..(mordeu seus lábios inferiores) A gravidez transforma o corpo da gente e..e...(colocou uma mecha loira de seu cabelo atrás da orelha) E eu procurei amenizar essas transformações usando um cinta pra impedir que minha barriga se desenvolvesse.(concluiu cabisbaixo)

Mel: AAAH! Claro(revirou os olhos) Por isso vc usava aquela porcaria de cinta..Pra não mostrar a saliência na sua barriga. Lua vc simplesmente enlouqueceu, foi?!(arregalou os olhos, interligando as informações) Vc podia ter matado seu filho.(levou as duas mãos a cabeça)

Lua: Eu sei, Mel, mas...mas era a única saída.(negou com a cabeça desorientada)

Mel: Não (negou com a cabeça) Não era a única saída e vc sabe disso, e foi muito egoísmo da sua parte prolongar ainda mais a ausência dessa informação.(concluiu seriamente)

Lua: Eu sei.(sentiu seus olhos arderem)

Mel: Já foi ao médico ver como ta o bebê?(arqueou uma das sobrancelhas)

Lua: Três semanas atrás eu contei pro Fernando.(mordeu seus lábios inferiores) E ele me levou ao médico,mas..mas.. não to seguindo a risca as recomendações da doutora.(Admitiu)

Mel: Roubaram o celebro da minha amiga (decretou usufruindo demasiadamente da ironia) Não ta se alimentando direito, escondeu a gravidez usando uma cinta que pode afetar a saúde do seu bebê, e ainda quer apoio?! (revirou os olhos)

Lua: Melanie..

May: Fale.(expirou pesado)

Lua: Tem mais uma coisa.(concluiu com a voz tremula, sentindo as primeiras lágrimas riscarem seu rosto)

Mel: O que vc fez dessa vez?(franziu o cenho)

Lua: Eu e o Arthur não podemos (molhou os lábios com a língua) Não podemos ter nenhum relacionamentos, e..e muito menos um filho juntos.

Mel: Já começou a oscilação de temperamento das grávidas.(revirou os olhos)

Lua: Nós somos irmãos.(concluiu por fim)

Mel: É, eu todo mundo sabe disso.(deu de ombros)

Lua: Somos irmãos biológicos...Irmãos de sangue..(Admitiu em meio aos soluços)

Mel: O que?(arregalou os olhos)

Nesse instante a maçaneta girou e os olhos assustados de ambos se voltaram para a porta.

Arthur: Lua, podemos conversar?(indagou, colocando apenas a cabeça pra dentro do quarto)

A loira apenas afirmou com a cabeça, secando as lágrimas com a antemão.

May: Ér..ér..Depois eu quero saber dessa história , viu Lua?! O Chay me ligou , precisando falar comigo, depois a gente se fala.(saiu aos pulos do quarto pelos corredores da faculdade)

Arthur: Como vc ta, hein?!(indagou, se sentando ao lado da loira)

Lua: Podia ta melhor, néh?!(concluiu acariciando seu ventre) Eu sou uma idiota.(bufou cabisbaixo)

Arthur: Ei.(levantou o rosto da mesma com o dedo indicador) Vc não é idiota (negou com a cabeça) Apenas tenta suportar todos os problemas do mundo. (deu de ombros, abrindo um largo sorriso)

Lua: Não ta chateado comigo?(indagou, fazendo bico)

Arthur: Impossível ficar chateado com a mulher que ta gerando um filho meu.(lhe deu um selinho) Desculpa por ontem, viu?! Eu não queria dizer aquilo.(confessou, lhe dando outro selinho)

Lua: Vc tinha razão.(molhou os lábios com a língua) Eu sou igual a minha mãe, e ai acabar fazendo o mesmo com o nosso filho o que ela fez comigo.

Arthur: Vc não ia fazer.(concluiu decidido, lhe beijado ternamente)

Lua: Eu não sei.(admitiu, negando com a cabeça, e lhe abraçando fortemente)

Arthur: “Pequena” (a mirou nos olhos) Nós vamos ao médico, ver como ta o nosso ou a nossa campeã ai.. e depois  (mordeu seus lábios inferiores) Vamos fazer um exame de DNA entre vc e meu pai, ok?!


Comentem..

2 comentários:

  1. ah, que fofo ele não ter ficado com raiva!!!

    ResponderExcluir
  2. Aí. meu Deus q web perfeita essa Fanny...by:BEATRIZ

    ResponderExcluir

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo