17 de jul de 2013

Minha irmã Adotiva.

Capítulo 269.
#Maratona



Lua: O que vc tá fazendo ai?(indagou, franzindo o cenho, enquanto subia as escadas e observava Arthur sentado no ultimo degrau)

Arthur: Então realmente vc ta disposta a ir embora?(indagou cabisbaixo ignorando por completo a indagação da “irmã”)

Lua: Talvez (Deu de ombros, se sentando ao lado de Arthur) Sabia que é feio ficar ouvindo as conversa dos outros?(concluiu divertida)

Arthur: Bom, não posso culpar meus tímpanos por serem tão aguçados.(retrucou,no mesmo tom da loira)

Lua: Então eu suponho que vc saiba o porque Vitor disse todas aquelas palavras.(molhou seus lábios com a língua)

Arthur: Que palavras?(arqueou uma das sobrancelhas)

Lua: Por que ele se referiu a Fernando com..(franziu o cenho) certa petulância.

Arthur: Tá vendo, não é só eu que detesto o “Velhote”, e olha, acredito muito que isso é de família.(a loira podia jurar ouvir uma típica ironia expelir pelo ambiente)

Lua: Mas como o senhor “retardado convencido” está em uma fase de “vou lhe contar sobre minha vida”, espero que vc me conte a verdade.(deu uma piscadela para o moreno)

Arthur: Vc realmente acredita que eu vou perder meu tempo conversando com vc sobre o Fernando? O cara que provavelmente me odeia pelo fato de eu ser seu irmão? !Não “adotada”.(negou com a cabeça)

Lua: Ele não te odeia(fez careta)Ele até se simpatiza com vc, se isso te importa.(deu de ombros)

Arthur: Óh sim! Imagino o quanto.Ele deve passar horas e horas falando de como eu sou um garoto obediente e educado com vc.(a ironia soou forte provocando uma gargalhada abafada de Lua)

Lua: Sabia que ele até me levou até a floricultura “Canto das Flores”?!

Óh sim! A loira pudera notar de forma estrondosa a boca do moreno secar, e sua pele se tornar terrivelmente pálida.

Arthur: O que vcs foram fazer lá?(indagou insatisfeito)

Lua: Fui lá descobrir o quão idiota fui ao duvidar de vc.(mordeu seus lábios inferiores) Ah! E também descobrir que vc era meu admirador secreto, e que é um completo louco por pagar quinze anos de serviços adiantados naquela floricultura.(pincelou o nariz do mesmo com dedo)

Arthur: Eu não era seu admirador secreto (arqueou uma das sobrancelhas, observando a surpresa no rosto da loira) Eu “sou” seu admirador secreto, e louco? Vc me faz louco. (coçou a nuca) E independente do destino nos reserve para o futuro, não quero ser apenas uma vaga lembrança em sua memória, quero que se lembre de mim como um homem que procurou não ser perfeito, mas se aperfeiçoar pra ta do lado de quem ele realmente gosta, mas que falhou, e que falhou feio diante da mulher que ele tanto amou.

Lua: Arthur (o repreendeu, se sentido sem graça) Vamos esquecer isso.

Arthur: Por mim eu esqueceria tudo, e recomeçaríamos do zero, mas quem não esquece é vc, não éh?! (seu olhar implorava sinceridade)

Lua: Nós já tentamos Thur, e infelizmente descobrimos o amor não rola entre a gente e q..(foi interrompida)

Arthur: Claro que rola(magnetizou seu olhar no dela)  O amor existe entre a gente e isso basta.

Lua: Não Arthur, vc sabe que não é apenas isso, (molhou seus lábios com a língua) Por mais que procuramos nos socializar sempre seremos “Os Irmãos Brigões”

Arthur: Não tem sermos irmãos...(negou com a cabeça) Irmãos não se sentem atraídos dessa forma um pelo outro, não sentem esse amor (cerrou os olhos) doloroso no peito.

Lua: Vc não me ama e sabe disso, o que aconteceu entre a gente foi apenas uma “atração física (sentiu um nó na garganta, mas era preciso forte naquele momento) E não vai passar disso.(negou com a cabeça)

Arthur: Vc não sabe o diz, vc não sabe sobre o que o sinto, vc não sabe o quanto mudei desde que te conheci, vc não sabe o quanto sofro por ter te feito derramar cada lágrima por mim, e sabe por que ?! Porque eu te amo como um idiota, com um louco alucinado... As vezes eu paro no meio dia e fico pensando se naquele exato momento vc também ta pensando em mim pra que? Pra vc vir aqui e afirmar que não sinto nada por vc..(negou com a cabeça)

Droga..Mil vezes droga... Arthur não podia simplesmente dizer aquelas palavras de peso imenso a loira e não ter nada como resposta, porque afinal, ele tinha toda a razão. Lya procurava se afastar dos olhares apaixonados e piedosos do moreno, procurava se conscientizar de que o mesmo continuava tendo a mesma vida de “farra” , mas era informada que se quer Arthur saia da faculdade à noite. E o pior de tudo, seu coração ainda acelerava quando se aproximava dele, mesmo que contra sua vontade...

Mas Arthur havia lhe traído, havia lhe feito sofrer...

Mas o moreno parecia estar buscando de uma forma tão cativante seu perdão, que talvez pudessem...Não! Não podia fazer aquilo, de forma alguma... Opa! Os lábios já se encontravam em um encaixe perfeito, quando a loira se deu conta estavam se deliciando, matando as saudades do gosto do outro, do beijo do outro, da falta de ar que lhes causavam..

A loira tinha de admitir que embora tivesse Fernando em s.. Opa! Fernando?! Não! Não! Não! Não podia ter feito isso com aquele que lhe provou ser o seu melhor.

Lua: Christopher não dá.(se afastou incrédulo)

Arthur: O que aconteceu?(franziu o cenho)

Lua: O Fernando (negou com a cabeça)

Arthur: Ah! Isso não é problema... Vc queria saber o que meu pai tem contra o Fernando não era?! (não esperou resposta alguma) Meu pai prefere ter a inteligência do másculo Fernando a seu favor, e teme que ele use essa “inteligência” contra ele.

Lua: Eu não entendi.(fez careta)

Arthur: Fernando é inteligente demais, e não pergunte o que , que eu não meu deve temer que Rodrigo ajude vc a descobrir.(concluiu acariciando as bochechas da ruiva)

Dul: Mas o que seria, hein?!(franziu o cenho)

Ucker: Não faço a mínima idéia (lhe deu um selinho) Lua, o que aconteceu entre a gente aqui agora quis dizer que vc me perdoou? (indagou esperançoso)


2 comentários:

  1. Que lindoooooo o Arthur se declarando pra ela ... By:BEATRIZ

    ResponderExcluir
  2. é verdade Beatriz,a declaração dele foi muito linda...:)

    ResponderExcluir

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo