2 de jul de 2013

Minha irmã Adotiva.

 

Capítulo 227.

Lua: Fique à vontade(Deu de ombros arrancando olhares surpresos das amigas) Afinal vc dorme aqui, néh?!(jogou sua bolsa sobre sua cama)

Carla: Bom, Lua eu queria conversar com vc, sabe néh?!(Deu uma piscadela para a loira)

Lua: Não, não sei.(afrontou de frente a loira)

Carla: Ér..ér.. Queria conselhos seus.(um sorriso envergonhado aflorou nos lábios da mesma)

Lua: E eu tenho cara de cartomante?(indagou debochante retirando a sapatilha florida que estava por usar e pisar no chão deliciosamente gelado)

Carla: Tudo bem!(engoliu a seco) Suponho que seu dia não deve ter sido muito agradável talvez fosse melhor que deixássemos nossa conversa pra amanhã.(sugeriu)

Mel: Ou pra “nunca” quem sabe.(deu de ombros)

Carla: Qual a de vcs?! Ficam de TPM juntas, éh?!(revirou os olhos)

Sophia: Que isso queridinha!(usufruiu da ironia) A gente só é realista mesmo.(Deu de ombros)

Carla: Descu..(foi interrompida)

Lua: (fechou os olhos procurando se controlar) Já chega.(disse por fim)

Carla: Que foi?! Quer desabafar comigo, amiga?!(indagou prestativa)

Lua: Eu quero que vc seje sincera,ok?!(a mirou irreverente) Chega disso tudo.(bufou) Eu não quero mais vc perto de mim, eu não quero que vc converse comigo, eu não quero te ver, eu não quero vc.(concluiu afirmando com a cabeça em cada questão dita)

Carla: Não estou te entendo , amiga. Eu sou sincera com vc, e tenho maior estima por tudo o que é capaz de me dizer, por tufo o que deseja a mim, e não consigo de forma alguma compreender o porque disso.(gargalhou alto e intenso) Ai..ai...ai.. Lua vc ainda me mata de rir qualquer dia desses.(negou com a cabeça se sentando sobre a cama da Lua e retirando seus sapatos)

Lua: Rir?(indagou , arqueando uma das sobrancelhas)

Carla: Suas brincadeiras são as melhores. Quase cai nessa, sua espertinha(pincelou o nariz de Lua)

 Oh céus! A única e exclusiva vez da qual Lua fora sincera por completo com Carla, Carla foi sonsa o suficiente para dispersar a verdade de sua volta. Mas daquela vez seria diferente , a loira estava disposta a abrir o jogo com aquele ser “irracional” .

Lua: Eu não tava brincando.(se manteve em uma seriedade que se quer deixava qualquer dúvida)

Carla: Aiin Dulce, (bocejou) Vc é sensacional, mas que tal se deixarmos esse seu lado brincalhão pra outro dia e tratarmos de assuntos mais importantes?!(sugeriu)

Rayana: Tipo, a personalidade idiota de Arthur Aguiar?(indagou debochante)

Carla: Desculpa queridinha, mas eu não gosto que se direcione ao MEU namorado dessa forma, ok?!(concluiu repugnante)

Mel: Na boa Dulce, eu não vou passar uma madrugada com essa “barra de saco de café” do meu lado.(se impôs) Meu estomago a enoja, sabe?!

Carla: Seu humor negro me encanta Mel.( a morena podia jurar sentir uma pitada de ironia no comentário de Carla) Então Lua o que me conta?

Lua: Quer mesmo saber?(indagou, arqueando uma das sobrancelhas)

Carla: Claro.(um sorriso cativante aflorou nos lábios da loira)

Lua: Bom, fui traída, fui humilhada, fui passada pra trás, pensei estar vivendo o meu melhor e me deparei com o pior.(concluiu incoerente)

Carla: Perdão, mas ainda não entendi.(franziu o cenho)

Lua: O Arthur me traiu com vc.( se limitou a dizer)

Se Carla estava disposta a lhe servir de amiga, que fosse capaz de suportar toda e qualquer conseqüência dessa “amizade”, sendo que Lua não estava disposta a proteger sentimento algum da loira.

Querem mais? *--*

5 comentários:

  1. OMG preciso de mais...tô muito curiosa!!!

    ResponderExcluir
  2. Quer ver que ela vai achar que a Lua ta com ciúmes de irmão e quer que o Arthur fique mais tempo com ela (do jeito que a Carla é retardada)

    ResponderExcluir

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo