17 de jul de 2013

Minha irmã Adotiva.

 
Capítulo 268.
#Maratona



Alexandra: Como assim?(arregalou os olhos)

Lua: Fernando ,(mordeu seus lábios inferiores) Foi até o orfanato e conseguiu minha real certidão de nascimento.

Alexandra: Certidão de nascimento?(Se sentou sobre o sofá ao lado da loira, massageando suas têmporas)

Vitor: Fernando? Quem é esse intrometido?(indagou com desdém)

Lua: Meu namorado.(concluiu cabisbaixo)

Vitor: Lua, minha querida.(se sentou ao lado da mesma) Que idéia é essa de namorar?

Lua: Então(coçou a garganta) A gente se conheceu e aconteceu(deu de ombros)

Vitor: Aconteceu?(arregalou os olhos ,impaciente) Aconteceu o que?

Lua: Começamos a namorar.(argumentou)

Vitor: Quero conhecê-lo imediatamente.(decretou)

Alexandra: Vitor(o repreendeu) Calma, meu amor.(concluiu entre os dentes)

Lua: Vcs já o conhecem(fez careta) E pensei que já sabiam do nosso relacionamento(franziu o cenho)

Vitor: Conhecemos?(indagou, curioso)

Lua: É o Fernando que trabalha com o senhor... O que trabalha com a parte financeira da empresa.(deu de ombros)

Vitor: Óh céus!(coçou a nuca se levantando) Ela está se aproveitando de vc, Lua?!(arqueou uma das sobrancelhas)

Lua: Não (um sorriso sem graça brotou nos lábios do mesmo) Longe disso Vitor. Ele é um verdadeiro cavalheiro.

Vitor: Ele tem idade pra ser seu pai.(alegou)

Lua: Pai de onze anos de idade?(indagou quase em automático)

Bom! A loira sentiu suas bochechas arderem, mas as palavras saíram antes que pudesse controlá-la.

Vitor: Isso é pedofilia.(advertiu)

Lua: Como eu estava dizendo, Fernando foi até o orfanato em busca de alguma pista sobre o paradeiro de meu pai biológico e ele acabou achando minha certidão de nascimento.(deu de ombros, esticando a Vitor o documento)

Vitor: (verificando as informações) Bom,aqui diz que vc ..(cerrou os olhos) Vc já tem dezoito anos.(coçou a nuca)

Alexandra: Isso não quer dizer nada , néh Lua!? (sentiu seu coração palpitar com angustia)

Lua: Depende de como se vê a situação, do lado que eu buscava meu pai, realmente esse documento não diz nada, já que não foi registrado nenhum nome no espaço paterno, já em relação a data de nascimento, talvez eu acho que chegou a hora (molhou seus lábios com a língua) De eu procurar consolidar minha vida.

Vitor: Isso quer dizer que?(arqueou uma das sobrancelhas)

Lua: Que talvez eu me mude.(Se limitou a dizer)

Alexandra: Luh minha filha, por favor, isso não.(implorou com os olhos)

Vitor: Mudar pra onde? Não me venha com a história que vai se casar com o Fernando, néh?!(bufou)

Lua: Pois é Vitor, não sei se um dia chegarei a me casar com ele, estamos dando um passo de cada vez.(Argumentou) Mas acho que meu tempo aqui nessa casa já deu, e eu serei eternamente grata a tudo o que vcs fizeram por mim.(agradeceu, enquanto estralava os dedos)

Alexandra: E a faculdade? E a sua vida, minha querida?(indagou inconformada)

Lua: Ainda terei de pensar nessas pendências.(mordeu seus lábios inferiores)

Vitor: Lua (a mirou) Se vc tem um pouquinho de respeito que seja por mim e pela Alexandra, um pouquinho de amor na gente rompa isso que vc chama de namoro com o Fernando, não quero vê-lo mais perto de vc.(decretou)

Como assim? Vitor e Fernando pareciam talvez até amigos juntos. Era surpresa para a loirinha notar que Vitor não aceitara bem algo tão normal, se bem que no olhar de seu “pai” um medo obscuro fluía, talvez Fernando soubesse demais... Talvez estivesse escondendo algo... ou talvez estivesse cm medo de perder sua “filha novamente.”


2 comentários:

  1. Eita q o Vitor não aceito o namoro dela com o Fernando quem vai gostar disso é o Arthur
    by:BEATRIZ

    ResponderExcluir
  2. será que o Fernando já aprontou alguma com o vitor???

    ResponderExcluir

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo