12 de jul de 2013

Minha irmã Adotiva.


Capítulo 253.



Lua: Mas ainda temos mais uma semana de férias(resmungou, jogando um biquíni dentro de sua mala)

Mel: Lua, nós já sabemos disso e eu também queria ficar mais, mas é que...(mordeu seus lábios inferiores)é melhor irmos , e  aproveitarmos o restante da nossas férias  por lá mesmo.

Lua: Melanie, será que da pra me explicar o que ta acontecendo?(indagou, torcendo o nariz)

Mel: O que ta acontecendo?(franziu o cenho)

Lua: Vc ta estranha.(fez careta)

Mel: Ah!(se sentou sobre a cama da loira) Tive uma briga boba com o Chay.(admitiu)

Lua: Tudo bem, ma...(parou de falar ao notar a maçaneta da porta se movimentar)

Chay: Meninas saímos em vinte minutos, ok?!( as restringiu)

Lua: O senhor poderia me explicar essa nossa volta repentina?(indagou, arqueando uma das sobrancelhas)

Chay: Loira, já deu tempo o suficiente pra vc discutir com o Arthur e dá uns “pega” no Fernando então arruma as suas coisas ai e vamos..(deu de ombros) Morena, vc sabe onde ta minha cueca preta e vermelha que vc gosta?(indagou normalmente)

Mel: Ta dentro da minha mala verde, no bolso esquerdo.(deu de ombros)

Lua: Vcs não estavam brigados?(franziu o cenho)

Mel: É(se limitou a dizer)

Chay: Estávamos?(indagou )

Mel: Mas já fizemos as pazes.(o mirou com firmeza)

Chay: É.(se limitou a dizer , saindo do quarto procurado processar aquelas informações incoerentes)Cara, cuidado que elas estão delirando, viu?!(advertiu Fernando que marchava rumo ao quarto da loira, tendo em suas mãos uma bandeja de café da manhã)

Fernando: Luh.(empurrou a porta com pé) Incomodo?(indagou, mirando Melanie)

Lua: De forma alguma(um sorriso cativante brotou nos lábios da mesma)

Fernando: Vim cuidar da alimentação dessa menininha.(deu uma piscadela para a loira)Agora, venha comer.

Lua: Óh! Eu agradeço , mas to sem fome alguma(negou com a cabeça)

Mel: O Lua.(deu um leve tapa no ombro da mesma) Ele não perguntou se vc ta com fome, ele simplesmente disse que vc VAI comer, ok?!(advertiu)

Lua: Eu to bem.(os assegurou)

Fernando: Mesmo assim, come pelo menos uma fatia de pão integral.(implorou com os olhos) Um copo de leite e uma torrada.(cruzou os braços)

Lua: Vcs dois querem me ver uma bola de gorda, néh?!(revirou os olhos, levando a boca um gole de seu leite)

Arthur:”Adotada”, onde estão suas malas?(indagou, entrando ao pulo dentro do quarto)

Lua: Pra que vc quer minha malas?(franziu o cenho com repugnância)

Arthur: Vou colocá-las no carro.(concluiu lentamente)

Nenhuma alfinetada a não ser a verídica “Adotada”?! Muito suspeito, não?!

Fernando: Não se preocupe que eu mesmo me encarrego disso.(deu de ombros)

Arthur: Tudo bem, então.(molhou os lábios com a língua) Mel, minha mãe pediu pra que ligasse pra ela, táh?!(se retirou do quarto)

Pera ai. Arthur concordando com o Fernando?! O mínimo que Lua esperava era que uma enorme discussão sobre “Quem vai levar as malas da loira pro carro” se iniciasse, mas não, Arthur não insistiu, ele se quer se importou...

Lua: O que ele tem?(indagou, procurando ofuscar sua preocupação)

Mel: Sei lá, deve ter notado que vc ta bem com o Fernando.(Deu de ombros)

Bem, passar as próximas quatro horas em um carro com Arthur parecia uma péssima idéia, desde que Fernando pedira a mesma que viajasse com seu “irmão”, e para mais uma total surpresa da loira, Arthur se quer a dirigiu a palavra, nenhuma implicância, nenhuma discução, tudo estava confuso demais pra Lua. Cadê aquele “retardado convencido” que a odiava?

O silencio se pairou e a desconfiança da loirinha também.

Lua: O que vc tem?(indagou sem mira-lo)

Arthur: Nada.(se limitou a dizer, sem se quer olhá-la também)

Lua: Ta se sentindo bem?(persistiu)

Arthur: To.(se limitou a dizer)

Lua: Tem certeza?(arqueou uma das sobrancelhas)

Arthur: Tenho.(expirou todo o ar que pode o deliberando gradualmente, estacionando seu carro em frente a casa Aguiar)

O quarteirão inteiro estava tomado por carros de todos os estilos, de todos os gostos , de todo o mundo, Lua olhou de imediato para o loiro procurando respostas óbvias .

Lua: Sua mãe ta organizando alguma festa?(indagou, curiosa)

Arthur: Não(olhou em sua volta) Definitivamente não.(desceu do carro)

---: Arthur, meu querido.(um homem de terno viera no encontro dos mesmo, com cabelos grisalhos jogados propositalmente pra trás) Como está?

Arthur: Bem.(o cumprimentou, acanhado)

---: Vc deve ser, Lua, certo?!(Desconfiou)

Lua: Isso.(forçou um sorriso)

---: Meus sentimentos a vcs dois.(estendeu a mão a Arthur e logo em seguida a Lua)

“Meus sentimentos”? Opa! Aquela frase era dita apenas quando... Não!Quem poderia ter morrido?!

Lua: Arthur o que aquele cara quis dizer com isso?(indagou em um sussurro enquanto seguia Arthur pelo jardim da casa)

#Suspense u.ú 

Até daqui a pouco gurias

7 comentários:

  1. ++++++++++++++++ pf mais fanny nao faz isso comigo eu vou ficar lucyyyy

    ResponderExcluir
  2. ahhh vc vai parar nessa pRte morrendo de coriosidade posta maissss

    ResponderExcluir
  3. To quase morrendo de curiosidade posta mais plis

    ResponderExcluir
  4. Mais tó mega curiosaaaaaa
    By:BIA

    ResponderExcluir
  5. O_o Quem morreu???? By: Paloma

    ResponderExcluir
  6. ah meu Deus quem morreu???#CuriosaPraSaber...posta mais...

    ResponderExcluir
  7. Menina eu vou te matar, como vc para nessa parte??? (em um dos capitulos -mais ou menos no 100- comentaram o que a Lua tem muahaha eu sei 2bjs)

    ResponderExcluir

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo