12 de jul de 2013

Minha irmã Adotiva.

Capítulo 252. 



Arthur: Vc sabe que a culpa é toda sua, néh?!(cuspiu aquelas palavras enquanto engatava o carro entre as longas ruas da cidade)

Fernando: Sabia.(deu de ombros)

Arthur: E que se acontecer qualquer coisa com ela a culpa é sua..(prosseguiu)

Fernando: Sei.(se limitou a dizer olhando pela janela do carro)

Arthur: E que se ela morrer a c..(foi interrompido)

Fernando: O “Filhinho do papai” se toca, a Lua não vai morrer.(levou suas mãos ao rosto) E na boa, dirige e fica quieto.(revirou os olhos)

Arthur: Eu só não te jogo pra fora desse carro em respeito as meninas.(se referiu a Sophia e Melanie que apenas assistiam aquele “boba” discussão)

Fernando: Quanta infantilidade pra uma pessoa só.(revirou os olhos)

Mel: Será que é pedir muito pra vcs dois ficarem quietos .(molhou os lábios com a língua) Perdão Feh, embora vc seja um lindo , meus tímpanos precisam de silencio

Arthur: Mas s...(foi interrompido)

Mel: Arthur isso vale pra vc também.(o advertiu)

E nos próximos quatorze segundos que se sucederam , Mel sempre intervinha nas implicâncias que Arthur procurava em atingir “Fernandão Gostosão”.

Arthur: Como ela ta?(indagou, em meio ao desespero enquanto se dirigia a recepção)

---: O nome da paciente por gentileza?(concluiu lentamente uma morena baixinha)

Lua: Não vai ser preciso.(revirou os olhos, saindo de uma enorme porta branca que dava acesso as salas de atendimento do hospital)Eu to bem.

Sophia: Como assim ta bem?(arregalou os olhos) Vc desmaiou amiga.(marchou rumo a ruiva)

Micael: O médico disse que ela “ficara” bem, néh loirinha?!(arqueou uma das sobrancelhas enquanto fechara a porta em suas costas)

Fernando: Como assim ficara bem?(molhou os lábios com a língua) Alguém pode me explicar o que ta acontecendo aqui?(indagou fitando todos ali presente)

Lua: Minha pressão deve ter caído.(Deu de ombros) Ai o médico só me receitou um remedinho e pronto. Vamos embora, então?!(um sorriso cativante brotou nos lábios da mesma)

Chay: Na verdade o médico acabou de me informar que esse seu “desmaio” foi pela escassa ingestão, ou seja, vc ta comendo pouco, e ele te receitou uma vitamina, ok?!(declarou o mesmo, enquanto se aproximava dos amigos)

Lua: Chay.(o fuzilou com os olhos)

Chay: Que foi?(arqueou uma das sobrancelhas) Não to afim de parar no hospital mais uma vez, a custa de uma “menininha” que resolveu não comer, néh?!(abraçou Mel por trás)

Lua: Luh, mas ..(franziu o cenho, procurando alguma lógica)

Lua: Eu só acho que to meia gordinha, mais nada.(levantou as mãos em forma de rendimento)

Fernando: Vc ta no peso certo pra ganhar meu coração.(deu uma piscadela para a mesma)

Arthur: “Vc ta no peso certo pra ganhar meu coração”(o imitou distorcido) Não vai me dizer que vcs estão se “pegando” de verdade?(revirou os olhos cruzando os braços)

Micael: Isso não é assunto pra ser debatido aqui, Arthur.(o advertiu se retirando do hospital, acompanhado por Sophia)

Lua: E mesmo que tivéssemos , isso não é da sua conta, queridinho.(permitiu que Fernando segurasse sua mão esquerda e marcharam rumo ao lado exterior do hospital)

Não..Não e não . Lua não estava saindo com o “Velhote” , não, de forma alguma, não estavam de mãos dadas, aquilo era apenas uma ilusão de sua visão, ou talvez estivesse dormindo, néh?! O moreno se beliscou uma, duas, três , quatro vezes, e a única reação que teve a esses segundos foi observar o “novo” casal se distanciar. Lua era sua e de mais ninguém, não iria permitir que simplesmente o “Velhote” chegasse do nada e a levasse pra longe de si, não suportava a idéia de vê-la beijando outro, de vê-la tocando outro... Não... Tudo o que fizera até agora era apenas pra implicar a loira e não pra distanciá-la de si... Não iria perde-la , ainda mas para o Fernando.

Chay: O cara, eu to falando com vc.(lhe deu um tapa de leve nos ombros)

Arthur: Comigo?(franziu o cenho) Que foi?

Chay: Eu to com medo.(Admitiu)

Arthur: Medo do que?(indagou, confuso)

Chay: Da Lua.(prosseguiu)

Arthur: Medo da “Adotada”?(persistiu com seu interrogatório)

Chay: Cara, os sintomas que a Luh ta tendo é bem suspeito não éh?(arqueou uma das sobrancelhas)

Arthur: Tem como vc ser mais claro?(indagou,curioso)

Mel: Chay, eu acho que vc ta delirando, meu amor.(negou com a cabeça)

Chay: Dores fortes de cabeça,  vômitos e desmaios, desculpa mas foi isso que levou minha vó materna pra longe de mim.

Arthur: Pera ai..(coçou a cabeça) Isso quer dizer que?

Chay: Bom, se o médico disse que não é nada grave tudo bem, mas (molhou os lábios com a língua) câncer cerebral possui os mesmo sintomas.

Arthur: Não.(forçou um sorriso sarcástico) A “Adotada” com câncer?! Nunca, e outra , se fosse verdade, o médico tinha de falar isso a nós, néh?!(afirmou com a cabeça)


Vocês acham que está grávida é? 

Eu sei o que ela tem, mas não conto u.ú #MorramDeCuriosidade #NãoMeMatem

5 comentários:

  1. :'( qnd a gente vai saber ?

    ResponderExcluir
  2. =( vou morrer de curiosidade mesmo...

    ResponderExcluir
  3. Po eu acho achava nem sei

    ResponderExcluir
  4. ela ta gravida gente

    ResponderExcluir
  5. hallayna martins13/07/2013 20:54

    é eu também acho que ela ta gravida.mais se o chay perguntou para o medico o que ela tinha provavelmente ele falou que ela estava gravida.e porque que o chay falou que era câncer cerebral ??????????

    ResponderExcluir

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo