6 de jul de 2013

7° Cap. "A garota da porta vermelha"

  
"Vinganças"



No dia seguinte, Lua acordou sozinha no quarto. A garota se arrumou e desceu para tomar café. Quando chegou no restaurante do hotel, encontrou somente as garotas, deve-se ressaltar que todas estavam com enormes sorrisos, e uma falava mais alto que a outra.
- Bom dia flor do dia! – Mel disse ao ver Lua.
- Bom dia linda, bom dia pra todas – ela respondeu com um sorriso, e ouviu um coro de ‘bom dia Lu’.
- Alguma de vocês sabem onde foram parar os homens desse hotel? – Sophia perguntou às amigas.
- Não faço a mínima! – Julia disse dando de ombros.
- Ah o Chay disse algo sobre treinamento de futebol, ou algo assim, eu não lembro tava com muito sono – disse Mel.
- Cansadinha, Senhora? – Maira disse maliciosamente.
- Aprontou muito? – Lua entrou na brincadeira, fazendo Mel ruborizar. – Mas realmente, eu lembrei que os garotos foram ver o treino do Arsenal.
- Olha só? Como você sabe e nós não? –Sophia perguntou com cara de indignada.
- A Mel também sabia, ué? – Lua fez cara de inocente.
- Mas ela disse que ‘achava’ que eles foram ver o treino e você tem certeza! – Julia adorou ver a cara de sem graça da amiga.
- Pelo jeito alguém tá se dando bem com o Aguiar né? – Maira também resolveu deixar Lua tímida.
- Não é questão de estar me dando bem com ele ou não – Lua tentava achar uma desculpa. – É só que ele tava saindo e me pediu pra avisar vocês, só isso!
- Aham sei... – Julia zoava a amiga.
- Ah gente pára! –Sophia defendeu. – Tadinha, ela tá ficando até vermelha!
- Ok. Vamos mudar de assunto. Alguma sugestão? – Mel disse.
- Quê? – Maira disse com cara de quem saiu de um ‘mini-transe’.
- Nossa! Tava longe, hein amiga? Tava pensando no quê? – Lua disse rindo.
- Você ainda pergunta, Lu? – Julia fez uma cara de sapeca.
- Maker! – todas disseram em coro, fazendo Maira ruborizar.
- Sem graças! – ela disse e mostrou a língua para as outras garotas.
- Mas agora falando sério: eles vão demorar pra voltar? –Sophia perguntou. – Hein Lu?
- Por que ‘hein Lu’? – Lua fez cara de desinteressada. – Os namorados são seus e eu que tenho que saber quando eles voltam? Eu já fiz muito comunicando aonde eles foram.
- Eita estresse! – Mel falou. – Como você mesma diz: estresse envelhece!
- Ah desculpa! Não é estresse... É sono – Lu tentou se desculpar.
- Hum, sono. Noite agitada? –Sophia perguntou com cara maliciosa.
- É mesmo Lu! Sobre o resto de nós tá bem claro que a noite foi realmente agitada, mas não sabemos da sua. E aí foi boa? – Mel entrou no jogo ‘provocar Lua’ mais uma vez.
- Co... Como assim agitada? Eu dormi ué!
- Então por que tá com sono?
- Porque... Porque eu estranhei a cama.
- Ou estranhou ter que DIVIDIR a cama?
- Do que você tá falando? Eu não dividi cama com ninguém.
- Mas então por que estranhou? Os colchões desse hotel são tão bons.
- Eu estranhei porque... Porque não é o MEU colchão!
- Nossa, que notícia triste – Julia interrompeu o ‘diálogo’ entre Lu e Mel.
- O que é triste? Saber que não é o meu colchão?
- Não. Saber que meu irmão não é um bom colchão – ela disse todas gargalharam. – Mas ele serve como travesseiro?
- Aguiar! – Lua se irritou – Poxa! Que saco!
- Nossa! Ela tá tão a fim do Arthur que não pára de falar ‘Aguiar’ – Maira também resolveu brincar com a cara de Lua.
- Eu tô indo pro meu quarto – Lu falou nervosamente e foi em direção aos elevadores.
- Ih ela ficou com raiva mesmo –Sophia disse preocupada.
- É né? Mas se ela ficou com tanta raiva assim é porque tá realmente rolando alguma coisa entre eles dois – disse Mel.
- Se tá eu não sei, mas se tiver mesmo, por que ela não contou pra gente? – Maira falou.
- Isso eu não posso responder, mas uma coisa eu digo: o que diz respeito a Lua Blanco e Arthur Aguiar é tudo muito confuso! – Mel falou enquanto elas iam em direção ao jardim do hotel.

- Oi meu amor – Chay disse, deu um selinho em Mel e sentou ao seu lado em um banco do jardim.
- Oi lindo, tudo bem? Já tava com saudade – ela fez bico.
- Ah eu também senti – o garoto abraçou a namorada –, mas o treino do Arsenal foi muito bom.
- Que bom que vocês se divertiram.
- É... Mas cadê o resto das garotas?
- Como não é todo dia que faz calor nessa cidade maluca, elas resolveram ir pra piscina.
- Mas não tá tão calor a ponto de ir pra piscina.
- Piscina aquecida, lindo.
- Ah sim. E por que você não foi?
- Porque eu fui falar com a Lu, mas ela ainda tá chateada.
- Chateada com o quê?
- É que a gente ficou tirando uma com a cara dela por causa do Arthur, daí ela ficou nervosa.
- O Arthur também deu chilique hoje, porque ficamos falando que ele tá apaixonado pela ‘pirralha’.
- Vocês também acham que tá rolando alguma coisa?
- Tá na cara! Ele sempre disse que não iria se prender a ninguém, que amor é jogada de marketing, mas parece que a brasileirinha tá conquistando o Aguiar aos poucos através das brigas.
- É... E cadê os garotos?
- Foram trocar de roupa e procurar as namoradas.
- Ah então eles já devem estar na piscina.
- Provavelmente. Vamos pra lá? - Sim, mas tenho que pegar meu biquíni primeiro.
- Ok.


Enquanto isso...

- Hey – Arthur disse entrando no quarto e se deparando com uma Lua emburrada assistindo Dawson’s Creek.
- Oi.
- O que foi?
- Nada.
- Lua! – Arthur disse sério enquanto se aproximava da cama da garota. – Qual o motivo desse bico?
- Eu já disse que não é nada. Ou melhor, eu tô brava porque esse seriado não deveria se chamar Dawson’s Creek e sim Pacey’s Creek, o Pacey é perfeito, ele deveria ser o principal, o Joshua Jackson é mil vezes mais fofo do que esse James Van alguma coisa aí – ela falava sem parar com cara de chateada.
- Você realmente não sabe mentir.
- Eu não tô mentindo! É verdade!
- Pode até ser verdade, mas você não tá com essa cara por causa de um seriado – ele disse e sentou ao lado de Lua, ele olhava pra ela, que por sua vez olhava pra tv.
- Nada de interessante ou importante.
- Ok, se você não quer falar – ele fez menção de sair da cama.
- Arthur? – ela disse timidamente e fez com que ele sentasse novamente.
- Oi?
- As garotas me zoaram por sua causa – Lua disse fazendo biquinho.
- Ô meu Deus, tadinha de você – ele brincou e a abraçou –, eu vou brigar com elas, tá bem?
- Isso! Me zoa também – ela disse fingindo raiva.
- Ih nervosinha! Não precisa me matar com esse olhar ‘maligno’.
- Você merece!
- O que mais eu mereço? – Arthur fez cara de safado.
- Idiota! – a garota o empurrou, saiu da cama e desligou a tv.
- Não vai ficar com raiva de verdade né? – ele perguntou e deitou na cama se espreguiçando, e com isso fazendo sua camiseta levantar, e Lua olhando disfarçadamente o abdômen do ex-ídolo.
- Já tô! Parece que todo mundo tirou o dia pra me provocar! – a garota disse de costas para Arthur, ela estava apoiada no parapeito da janela.
- Pirralhinha estressada – o garoto sussurrou no ouvido de Lua, fazendo a garota se assustar, ele a abraçou por trás e pode senti-la arrepiar com o toque.
- Ah Aguiar! Virou mania me assustar né? Que saco – ela disse brava, mas não fez esforço algum pra sair de perto de Arthur.
- Você fala demais – ele ainda sussurrava.
- Cala a boca e sai de perto de mim.
- Tenta sair, se conseguir eu te dou um prêmio.
- E que prêmio seria?
- Um beijo.
- Puts! Como eu tenho azar: se me soltar eu tenho que te beijar, se não me soltar eu tenho que ficar abraçada com você. Ninguém merece.
- Sabia que você não parece nem um pouco com a Lua de ontem? Toda sorridente, carinhosa e que concordou em ‘ficar’ comigo...
- Talvez seja porque todo mundo sacou que estamos diferentes e estejam me zoando.
- Me zoaram também, mas eu não entendo porque ninguém pode saber que estamos ficando...
- Nós NÃO estamos ficando... E não é pra contar porque depois que voltarmos a sanidade mental regulada nós vamos nos arrepender pela burrada que fizemos.
- O que custa ser menos rabugenta, hein garota do Brasil? – ele perguntou de um jeito fofo com o queixo apoiado no ombro de Lua.
- Nossa! Você me fez lembrar da Cath! Que saudade dela...
- Ah ninguém merece, Lua! – Arthur disse irritado e se afastou de Lua. – Eu tô aqui aturando a sua falta de educação, tentando ser legal, sendo que você nem merece e você vem e fala que eu te faço lembrar a Catherine? Isso é ridículo!
- Depois sou eu que me estresso por qualquer coisa...
- Eu tô indo pra piscina!
- E...?
- Ah Blanco, vê se me erra!
- Some daqui, Aguiar!


Na piscina...

- E aí Arthur! –Sophia grita toda animada de dentro da piscina aquecida. – Não vai entrar?
- Não! – ele responde seco.
- Que foi? – Chay pergunta para o amigo. – Aproveita que só tem a gente na piscina. O hotel tá totalmente vazio!
- Não quero.
- Ah! Arthur, cadê a Lua? – Maira perguntou sentada na beira da piscina.
- No meu bolso ela não tá!
- Precisa ser estúpido com a minha namorada? – Maker disse calmamente.
- Foi mal Maker. Desculpa Maira.
- Brigou com ela, né? – Micael perguntou.
- Briguei com quem? Tá doido, Micael?
- Ah Arthur! Pára com isso! – Mel entrou na conversa – Tá escrito na sua testa ‘briguei com a Lua pela milionésima vez’, não adianta se fazer de bobo.
- Ah aquela garota tem problemas! Ela é louca!
- Não vou dizer nada – Mel disse sorrindo.
- Nem eu – Chay concordou com a namorada e a puxou de volta pra piscina.
- Que tal colocar música nesse lugar? – Micael disse animado, mudando de assunto.
- Vamos lá na cabine de som amor? –Sophia sugeriu.
- Vem! – e os dois foram correndo.
- Daqui a 2 horas ele voltam – Chay disse e os outros (inclusive Arthur) riram.

- Ah eles não voltaram, mas pelo menos colocaram a música – Maira disse ao ouvir o início de ‘The Places You Have Come To Fear The Most’ do Dashboard Confessinal.
- A Lu tinha que estar aqui – Mel disse. – Ela ama essa...
- Música! – a própria Lua terminou a frase. – É, eu realmente amo.
- Nossa! Que susto! – Mel disse sorrindo ao ver a amiga entrar no salão em que a piscina ficava e vê-la sentando em uma cadeira (bem longe de Arthur, por sinal).
- Ah! Tava falando mal de mim né? – Lua disse com um sorriso, que Arthur reparou que não era seu sorriso normal, era triste.
- Imagina Lu! – Chay disse brincando.
- Ah sei... – ela respondeu e então colocou os fones de seu iPod no ouvido, deitou na cadeira e fechou os olhos.
- Ela é doida? Diz que ama a música e coloca os fones? – Maker disse divertido.
- Agora que você reparou? – Maira disse antes de beijar o namorado.

- Aguiar? Aguiar? Aguiar!
- Não grita, Blanco. Eu já te ouvi.
- Você tava dormindo e me ouvindo? Essa é nova!
- Ah não me enche! Pra quê me acordou?
- Primeiro: só tem a gente aqui. Segundo: a Julia ligou e disse que o Billy passou mal, por isso eles voltaram pra casa antes da gente. E terceiro: como eu sou muito boazinha, eu te acordei porque você tava todo torto na cadeira, e ficaria com uma puta dor nas costas amanhã. Por isso eu te acordei!
- Ah claro! Como sempre você é a santinha! Mas mesmo assim: obrigada pelos avisos, quando eu precisar de uma secretária eu te aviso.
- RETARDADO! – ela gritou na cara dele e se levantou da cadeira, que até então estava sentada ao lado de Arthur.
- AI! – os dois falaram justos, motivo: a pulseira de Lua ficou presa na camiseta de Arthur.
- Você é maluca? Você quase me cortou com esse treco assassino que você tem no braço!
- Ah, como é exagerado! Parece uma moça! Agora me ajuda a tirar minha pulseira daí!
- Ô esperta! Fica mais fácil se eu tirar a camiseta, não acha?
- Então tira logo sua anta!
- Fica quieta garota! Eu sei que você tá louca pra me ver sem roupa, mas olha como fala comigo!
- Cala a boca e me dá essa camiseta logo!
- Makera!
- Obrigada palhaço! – Lua pegou a camiseta e começou a desprender sua pulseira, quando conseguiu, foi até a beira da piscina e jogou a peça de roupa de Arthur lá dentro.
- Blanco! Tá maluca? Tem cloro aí! Já era a minha camiseta!
- Compra outra, ué?!
- Ah é assim? – Arthur disse com um olhar vingativo, andou até Lua puxou a pulseira da mão dela e jogou-a dentro da piscina.
- AGUIAR, SEU IDIOTA! MINHA PULSEIRAAAAAA!
- Direitos iguais, nanica!
- Vai pegar agora!
- Sonha!
- Aguiar, por favor! Ela é muito importante pra mim – ela disse com cara de profunda tristeza.
- Ah não vai dizer que ganhou de um namoradinho?
- Não seu panaca! Foi da minha melhor amiga! Tem um significado que vai além do seu cérebro de ervilha!
- Só porque você fica me xingando eu não vou pegar nada!
- Dane-se! Eu não preciso de você – dizendo isso, a garota tirou a blusinha, o short e mergulhou na piscina DROGA! Eu não to achando! – ela disse minutos depois, e Arthur pôde ver que os olhos dela estavam vermelhos: resultado da água + o desespero.
- Blanco? Hey olha pra mim! – ele disse agachado bem perto da beirada da piscina.
- O que foi hein? – ela disse impaciente.
- É isso o que você tá procurando? – ele levantou a mão e mostrou a pulseira.
- Me diz que você não fez isso! – ela disse com os olhos fechados enquanto se apoiava na borda de piscina.
- Tava brincando.
- Que brincadeira sem graça Aguiar – ela permanecia de olhos fechados.
- Eu precisava me vingar pela camiseta.
- Você não sabe a dor que você me fez sentir.
- Ah foi mal, é que... – ele não conseguiu terminar a frase: Lua o puxou pra piscina. - Ah você é muito engraçada né? – ele disse depois de voltar à superfície.
- ‘Eu precisava me vingar pela pulseira’ – ela disse imitando a voz dele.
- Nossa! Pra quem tava sofrendo você se recupera bem rápido né?
- É né? Eu sou assim! – Lua disse sorrindo.
- Ah você vai ver – ele a pegou no colo e mergulhou. Em baixo d’água eles riam feito duas crianças, até que Arthur se aproximou e deu um selinho em Lua, que voltou a superfície rapidamente.
- Tá maluco? Quer me matar engasgada?
- Seria uma possibilidade.
- Sua mula e... – e mais uma vez Arthur a surpreende com um selinho.
- Cala a boca por um segundo? – ele disse com a testa encostada na dela.
- Não – ela disse de olhos fechados ao sentir-se sendo envolvida pelos braços dele.
- Ah vai calar sim, quer ver como?
- Não!
- Mas eu mostro mesmo assim! – e beijou-a, e nesse momento os dois sentiram estranhas borboletas no estômago.

Continua...

8 comentários:

  1. é perfeita d++!!!posta mais um por favor...

    ResponderExcluir
  2. mais............plis!!!

    ResponderExcluir
  3. mais um por favor!!!!

    ResponderExcluir
  4. <3....MAIISSSSSSSSSSSSSSSS+++++++++++++++++++

    ResponderExcluir
  5. Ahhhhhhhhhhhhhhhhhh , Que perfeito mais que perfeito , eles são muito lindos juntos , nunca me canso de ver essa Web , Ahhhhhhhhhhhhhh , A lUa é Muito mais Muito Marrenta , Por isso que eu Amoooooooooo Ela . LuAr é muito muito muito VIDAAAAAAAAAAAAAAA !!!

    ResponderExcluir

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo