5 de jul de 2013

4ª Capítulo: "Tudo por uma promessa"


POV NARRADOR
O sorriso do arthur, cada vez que ele recebia uma mensagem, era notável. Ele chegava até a dar gargalhadas sozinho na sala. Katia, estranhou a reaçao do filho e foi até à sala, ver o que se passava com ele.



Katia: ontem chegou sorrindo à casa feito tolinho, hoje esta trocando mensagens e sorrindo para o ecrã do celular… o que se passa? Namorada nova?
Arthur ri: não… ainda não
Katia: ainda não? como assim? Soube que ontem foi sair de novo com a filha da Claudia Blanco, é verdade?
Arthur: sim mãe, é…
Katia: é ela a razão do seu sorriso?
Arthur: sim, é…
Katia: é impressionante como voce esqueceu a… voce sabe, em tão pouco tempo
Arthur: eu ainda não esqueci ela – guardou o celular no bolso – mas quero seguir a minha vida.
Katia: com a Lua?
Arthur: é – sorriu – quem sabe.
Katia: mas ela é sincera?
Arthur: muito… ela gosta de mim
Katia: quem disse?
Arthur: ela própria… voce acha que é inesperado, eu sair de casa?
Katia: voce vai sair? Volta a que horas?
Arthur ri: não mãe… sair para ir morar para outra casa.
Katia: voce vai fazer o que?
Arthur: mudar de casa…
Katia: mas porque filho? Esta aqui esta tão boa para voce… o que tem de mal?
Arthur: não é isso mãe… é que ta na altura de eu ter as minhas coisas.
Katia: mas voce tem o seu carro, o seu quarto, a sua privacidade…
Arthur: mãe, um dia tinha de ser…
Katia: aii filho, não sei se estou preparada para voce ir embora dessa casa… mas por que é que voce teve essa reaçao agora?
Arthur: porque estive pensando na minha vida e é o melhor…

Isto tudo fazia parte do plano de arthur. ele estava preparando a mãe para um futuro muito próximo.
Se bem se lembram, Lua e Arthur não podem contar a mais ninguém que o casamento e o suposto amor é falso, se não, a herança vai toda para o Thiago.
Todos têm de acreditar que Lua e Arthur se amam e que o amor deles é bem verdadeiro.

Hoje, eles tinham combinado de se encontrarem novamente para falarem sobre eles e coisas que talvez possam ter em comum. Combinaram fazer isso na praia…
Arthur foi o primeiro a chegar e estava ansioso para que Lua chegasse para poderem falar.

Estava sentando na área, de óculos de sol e assim que ve uma loira ao longe, com o cabelo preso e igualmente de óculos de sol chegando so de biquíni se levanta logo para cumprimenta-la…

Arthur: que bom que voce chegou – disse ele sorrindo – voce esta linda
Lua: eu estou de biquíni, como posso estar linda? – disse ela se sentando
Arthur: esse biquíni te fica muito bem, por isso voce esta linda
Lua: so não baba ok?
Arthur ri: não prometo nada
Lua: é serio arthur!
Arthur: tudo bem… falei com a minha mãe sobre sair de casa
Lua: e ela?
Arthur: reagiu um pouco mal… tipo, ela é muito chegada a mim
Lua: e voce?
Arthur: o que tem eu?
Lua: quer mesmo sair?
Arthur: já disse a voce que quero mesmo mudar de ares e esquecer quem não me merece
Lua: eu sei, mas não é fácil fazer tudo isso
Arthur: eu sei… temos grandes momentos pela frente
Lua: eu to preocupada quanto a isso… to com medo
Arthur: medo de que?
Lua: Arthur, voce não gosta de mim da mesma forma de eu gosto de voce. Mas daqui a uma semana, agente vai ter de começar a morar juntos e…
Arthur interrompe: uma semana?
Lua: sim… o meu advogado disse que até uma semana era muito tempo. Temos de começar com o nosso plano o antes possível
Arthur: voce quer começar a ver casas ou apes?
Lua: voce quer morar num ape ou numa casa?
Arthur: por mim tao faz
Lua: então, quando sairmos daqui, podemos ver isso, o que voce acha?
Arthur: acho ótimo. Vem jantar à minha casa hoje?
Lua: porque?
Arthur: porque assim a minha mae já te conhece e assim acostuma a te ver mais vezes lá em casa
Lua: não sei, não queria deixar a minha mae sozinha hoje. Ela não se estava sentindo muito bem hoje
Arthur: mas ela ta mal de novo?
Lua: mais ou menos… acho que é por causa de ela tomar muitos remedios seguidos
Arthur: ta, então fica para outro dia. Vamos mergulhar?
Lua: vamos

Lua deixou a bolsa de lado e foi na frente de arthur até ao mar.
A cor do mar estava linda hoje, Lua adorava ver o sol bater no mar e formar aquele brilho especial.
Arthur, que ia atras de Lua, não parava de “babar” o corpo da loira. Ok, não era tao gostosa como as outras suas namoradas: peito e coxas grandes… mas a Lua tinha o brilho e o sorriso que nenhuma delas tem. É no olhar de Lua que Arthur muitas vezes se perde.

Mergulhavam juntos, riam juntos, apanhavam ondas juntos… aquele momentos era muito gostoso. Se fosse preciso, Arthur fazia aquilo para o resto da vida.

Lua: vamos?
Arthur: vamos

Sairam da agua e foram até às toalhas deles.
Lá, se secaram e foram andando até ao carro de Arthur.

Arthur: voce veio de carro?
Lua: sim, esta mais ali à frente – apontou
Arthur: ta, mas como vai ser agora?
Lua: fazemos assim, vamos para as nossas casas, tomamos um banho e daqui a uma hora, voce me pega em casa, pode ser?
Arthur: não… voce me pega, porque assim voce conhece a minha mae
Lua ri: ta bom… não demora
Arthur: ta bom namorada – ele sorriu
Lua ri: tolinho – disse passando a mao nos cabelos deles
Arthur: seria muito ruim eu te pedir um beijo?
Lua: sedo de mais

Lua apenas deu um abraço ao Arthur e depois foi para o carro.

(…)

Arthur estava pronto, so esperando a Lua chegar, mas nunca nada.

Katia: tem a certeza que ela vem?
Arthur: eu acho que sim… - disse meio desesperado, segurando o celular – será que aconteceu alguma coisa mae?
Katia: liga para ela…
Arthur: eu já liguei 3 vezes, ela não atende…
Katia: calma, ela deve estar chegando

Pela quinta vez, Arthur saiu e foi até à entrada da sua casa ver se a Lua vinha de carro, mas mais uma vez, nada da sua loira.
Voltou a ligar para o celular, mas so dava caixa postal… ate que finalmente o celular toca.

LIGAÇAO ON

Arthur: Lua, aconteceu alguma coisa? Por que voce ta demorando?
Lua: arthur… é a minha mae… ela esta no hospital – disse com a voz tremula
Arthur: o que? Mas o que aconteceu?
Lua: eu cheguei em casa e ela estava desmaiada no chao, entrei em pânico e chamem a ambulância. Agora estou aqui à espera de noticias… estou com muito medo arthur – disse quase chorando
Arthur: eu vou ter ai com voce

LIGAÇAO OFF

Arthur sentia uma vontade louca de estar perto da Lua. Pensava que se não o fizesse, não ficaria descançado em paz. Precisava de saber como ela estava, o que sentia e claro , queria muito lhe abraçar pois em momentos como esses, um abraço nunca é demais…


2 comentários:

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo