21 de jul de 2013

30ª Capítulo: "Tudo por uma promessa"

POV NARRADOR
No dia seguinte, o casal acordou nas calmas, deitamos naquela cama super confortável e bem grande, mas apesar dela ser grande, eles dormiram bem juntinhos como sempre.
Ontem o jantar foi feito no quarto, pois eles estavam “ocupados” de mais para ir até ao salão do hotel jantar. Esta lua-de-mel esta sendo vivida e aproveitada a cada segundo.

Hoje o casalinho recém-casado acordou com o aquele brilhante sol, passando pelas cortinhas claras do quarto. Hoje estava um dia perfeito para mergulhar, mas isso já depende da vontade deles.
Ao invés de terem uma manha calma, Lua acordou meia agitada, acordando também Arthur.

Arthur: porque voce me obrigou a levantar tao cedo?
Lua: porque eu estou com fome, precisamos de ir tomar o café da manha
Arthur: mas agente pedia para eles trazerem no quarto, como ontem
Lua: não Arthur, eu quero sair – bateu o pé
Arthur: tá… entao antes vamos tomar um banho – disse safado, beijando o pescoço da moça
Lua: nem pensar! – empurrou ele – tomamos banho ontem
Arthur: voce também comeu ontem, mas dai também já quer comer hoje
Lua ri: voce sabe o que eu quis dizer… e eu também sei perfeitamente que voce não quer só banho
Arthur ri: nossa, como a minha mulher é inteligente – disse pegando na mao dela – que roupa eu levo hoje?
Lua: quer amiga? – apontando para a sua blusa de dormir
Arthur ri: quero, me dá – puxou a camisa de dormir da moça
Lua: deixa de ser tolo – deu um tapa devagar na mao dele – eu quero comer! – cruzou os braços
Arthur: aii meu deus, é melhor eu me despachar antes que voce morra de fome ai

Então eles se arrumaram bem rápido, vestindo roupa normal de verão e saíram do quarto, descendo de elevador até ao salão do hotel. Lá, pediram o café da manha e sentaram numa mesa no jardim, com vista agradável para o mar.

Arthur: hoje vamos fazer mergulho
Lua: bebé, eu tenho medo
Arthur: mas eu te protejo de tudo amor – disse beijando ela, e pondo a mão na sua cintura
Lua: mas mesmo assim – disse ficando com o rosto dela perto do dele
Arthur: e amanha o que vamos fazer?
Lua ri: voce eu não sei, mas eu quero comer!

Dito isso, o empregado de lá chegou com as bandejas do café da manha e serviu o café para eles. Depois, foi embora, desejando antes “bom apetite” e “com licença”.
Lua devorava o croissant com fiambre, como nunca. De seguida, bebeu o suco sempre seguido e ainda teve espaço para a salada de fruta.

Arthur: mas voce estava com fome mesmo né? – disse terminando o seu café
Lua: hum hum – concordou – vamos?
Arthur: calma, nem terminei
Lua: ahh, mas eu quero aproveitar o dia bebé – cruzou os braços, fazendo bico
Arthur ri: sabia que voce fica fofa assim?
Lua: assim como? – sorriu de lado
Arthur: me chamando de bebe, cruzando os braços e fazer esse bico lindo – deu um selinho nela – mas prontos, voce me convenceu, vamos logo embora

Arthur e Lua saíram do hotel, mas antes passaram pelo balcão do hotel, pedindo informação sobre as atividades de mergulho, e pediram também um táxi para ir até lá.
Pelo caminho, tiveram de voltar atras para ao menos pegarem os biquínis e mais alguns utensílios para fazerem praia depois.
Chegando lá…

Arthur: Good day, we are the couple who booked (Bom dia, nos somos o casal que reservou…) – disse ao balcao
Xx : yes, we know (Nós sabemos) – disse interrompendo

O homem levou eles até à espécie de loja onde ele deu para eles os fatos de mergulho, e os outros acessórios. Depois foram para o cais, onde tinha barcos com homens especialistas que lhes ensinaram algumas regras importantes sobre o mergulho.
Entraram nos barcos e foram para uma parte do mar onde normalmente é feita a atividade do mergulho.

Xx: ready? (prontos?) – disse se pondo na beira do barco – Come on! (vamos!) – pulou na agua
Arthur: vem amor – pegou a mao dela
Lua: aii, to com medo – disse fazendo bico
Arthur: vem, confia em mim, vai ser legal
Lua: tá , vamos – pegou a mao dele

De mãos dadas, os dois pularam para a agua e seguiu o instrutor que pediu que eles mergulhassem. Com a agua das garrafas com oxigénio, os três desceram até quase ao fundo do mar, pois por questões de segurança não mergulharam muito fundo. Mas de lá, já conseguiam perfeitamente ver os corais de varias cores, os peixes pequenos passando em filas atras dos pais e aquelas conchas preciosas encalhadas em rochas do fundo do mar.

Arthur e Lua falavam-se por sinas. Ele perguntava a ela se estava se sentindo bem e ela respondia sempre que sim. Via-se pelos olhos dela que estava a gostar da experiencia, assim como o Arthur que sempre sonhou fazer isso.

Nadaram mais um pouco e com uma maquina à prova de agua, tiraram fotos para recordar esse grande momento. Fotos aos beijos, fotos segurando uma estrela do mar que o instrutor encontrou ou então simples fotos de coisas características do fundo do mar. foi sem duvida uma experiencia única.

Após voltarem para o cimo da agua…

Lua: AHHH, MELHOR EXPERIENCIA DA MINHA VIDA – disse tirando o acessório da boca, ao qual dava passagem do ar das botijas
Arthur ri: eu disse que voce ia gostar – se beijaram
Lua ri: sua boca tem gosto de sal
Arthur ri: porquê né Lua? O mar é composto por quê?
Lua: sal, peixes, nós e agua (DiRo, sim ou claro?) – disse, beijando o garoto
Arthur ri: a minha boca tem gosto a sal, mas voce gosta
Lua ri: amo – deu outro selinho nele

À pedido do instrutor, eles subiram para o barco e foram de novo até à margem da costa.

(…)

Após uma tarde de aventuras, era hora de regressar o quarto, e mais uma vez desfrutar de uma maravilhoso banho de sais, mas dessa fez sem safadezas. Alias, os dois ate decidiram tomar banho separados, pois Lua não estava para brincadeiras, nesse momento.

Lua: aii, aquele bolo devia estar estragado – disse fazendo careta, sentando na cama
Arthur: porque? – disse ele secando o seu cabelo, saindo do banheiro só de toalha
Lua: não estou passando bem – pos a mao na barriga
Arthur: Lua, voce lembra daquela conversa que agente teve antes de vir para cá?
Lua: que conversa?
Arthur: da gravidez…
Lua: de novo isso? eu não estou gravida arthur! – disse irritadinha
Arthur: como não Lua? Voce já viu os sintomas?
Lua: que sintomas? Não tem sintomas nenhuns!
Arthur: então eu vou fazer uma lista para voce… enjoos, vontade de comer, mudanças de humor repentinamente…
Lua interrompe: tá, tá, tá… - falou, olhando para o lado e respirando fundo
Arthur: eu aconselho voce a fazer o teste
Lua: mas agora?
Arthur: agora não né? Tá de noite e…
Lua interrompe: mas eu quero agora! – insistiu
Arthur: o que? – disse sem perceber ela
Lua: é… eu quero agora! Quero fazer o teste agora
Arthur: ainda agora voce disse que não estava grav…
Lua interrompe: Arthur, vai logo! – disse irritada – Aii meu deus…
Arthur: o que foi dessa vez?

Lua não respondeu, apenas levantou da cama, pondo a mao na boca, empurrou Arthur e se fechou no banheiro. Ele logo percebeu do que se tratava…

Arthur: aiii meu deus, eu não vou aguentar isso – falou sozinho e passou a mao pela cabeça – Amor, voce está bem? – disse batendo à porta – Lua, me responde amor, voce está bem?

Pouco depois, ouviu a descarga da agua e sentiu a torneira do banheiro se abrir. Logo depois, Lua saiu de lá, com o rosto estranho e muito pálido…

Arthur: como voce tá? – tentou segurar ela pela cintura
Lua: cade o teste?
Arthur: eu não fui…
Lua interrompe: vai logo Arthur! – pediu, irritada


3 comentários:

  1. Posta mais amore tá lindaaa
    By:BEATRIZ

    ResponderExcluir
  2. Frase DiRo,#Amo!!!A Lu é bem mandona...kkk

    ResponderExcluir

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo