17 de jul de 2013

24ª Capítulo: "Tudo por uma promessa"

POV NARRADOR
E após uma noite “animada” de balada, Lua e Arthur chegaram à casa, perto das 4horas da manha, também “animados” e quem sabe um pouco loucos. Mal entraram em casa, Arthur agarrou Lua pela cintura, puxando ela para perto de si e assim beijando o pescoço da moça. Lua tirou os sapatos, jugou longe e entrelaçou as suas pernas, na cintura de Arthur.



Lua: voce é louco – disse rindo
Arthur ri: so se for por voce

Eles subiram para o quarto, se beijando como se não houvesse amanha, e conforme iam subindo, Lua já arrencava a blusa rosa de Arthur.
Mas após entrarem no quarto, pararam de se beijar daquele jeito, olharam um para o outro, sorrindo, fizeram uns carinhos nos rostos de casa um

Arthur: voce é linda – disse sorrindo, e fazendo ela sorrir também

Encostaram os rostos e se beijaram calmamente.
Arthur tirou a blusa de Lua, jogando longe também e se deitaram na cama, ficando Arthur por cima da Lua.
Ele desceu a mão pela barriga, e Lua foi se controlando para não agarra-lo de vez, a sensação era muito boa, ele ia até o cós do seu short e voltava. Ela descia as mãos pelas costas dele arranhando de leve com as suas unhas que o fez suspirar. Lua foi até a calça dele, colocando as mãos nos bolsos de trás, apertando o seu bumbum preferido, e ele sorriu.
Era notória a excitação dele, mas Lua ainda tinha receio em aproximar daquela área, tinha vergonha ainda, apesar de não ser a primeira vez que eles faziam isso.
Ele prensava seu corpo no de Lua, fazendo ela perceber como ele estava. Arthur desceu sua mão desabotoando o short dela e assim continuaram…

No dia seguinte, passa da 1hora da tarde, quando acordaram.
As cobertas estavam todas no chao, as roupas espalhadas por lá e eles os dois apenas cobertos com um lençol.
Dormiam até Lua acordar, com o sol que se fazia sentir. Ela olhou para o relógio e nem consigo acreditar nas horas que via. Mas depois, olhou para o lado, viu o anjo que dormia, descansado e meio que sorrindo, e sorriu também, se lembrando de uma das melhores noites da sua vida.

Apos ela se levantar, tomar o seu banho e tratar do café da manha, viu que tinha uma mensagem. Era da Sophia, perguntando se podiam ir ao cinema hoje e quem sabe fazer apenas uma saída de meninas. Ela concordou logo, mandando um sms com a resposta.
Enquanto mexia no celular, sentiu umas mãos de volta da sua cintura e alguém pondo o rosto no seu ombro

Arthur: vai onde sem mim? – disse ele fazendo bico
Lua: vou sair com as meninas – disse virando e dando um beijo nele
Arthur: e eu não posso ir?
Lua: não bebé, é uma saída de meninas
Arthur ri: bebé?
Lua ri: não pode?
Arthur ri: deve – beijou ela de novo – olha, essa foi uma das melhores noites da minha vida sabia?
Lua: sei agora – ela sorriu – também adorei – fez um carinho no rosto dele – mas agora tenho de ir embora – disse pegando as chaves que estava em cima da mesa da sala
Arthur: voce vai demorar muito?
Lua: talvez a tarde inteira
Arthur: ahh, não – pediu ele – tenta vir mais cedo
Lua: aproveita e vai sair um pouco
Arthur: tem certeza? Voce não vai ficar com ciúmes?
Lua: depende do que voce fizer – disse dando outro beijo nele juízo, fui

Lua saiu de casa, no carro dela, e foi ter com as meninas ao shopping. Enquanto isso, arthur combinou com Guga uma partida de futebol, num campo perto de casa.

(…)

E bom, faltava pouco mais de uma semana para o casamento e esses dias passaram voando. Para a felicidade de todos, o Thiago e a Matilde não fizeram para até o dia de hoje para impedir o casamento e esperemos que continue assim.
Matilde estava morando na casa do Thiago, mas ninguém sabia disso, a não ser eles dois logico. Lua e Arthur não desconfiavam de nada.
Pelo contrario, eles dois têm vivido o maior LOVE nesses dias que não ligam mais para o mundo à volta deles. Houve até um dia desses em que Arthur falou pela 2ªvez “Amo voce” para a Lua, que deixou a menina nas nuvens e desde esse dia, não se largaram mais.
Para onde um vai, o outro vai atras.
Lua não pensava mais naqueles azares que a vida lhe trouxe, pelo contrario, so pensa na sorte que tem agora.

Enquanto jovem, menina de 17/18 anos, sempre apaixonada pelo Arthur desde as festas com os avós, sempre sonhou um dia andar pelas ruas de mãos dadas com Arthur e finalmente esse dia chegou. Alem de poder andar de mãos dadas com ele pela rua, pode também abraçar, beijar, falar coisas lindas para ele e ser retribuída do mesmo beijo…

~24 horas antes do casamento~

Arthur: promete que vai com isso em frente, e que não vai desistir de nada? – disse pegando a mao dela
Lua: prometo – disse olhando nos olhos dele – e voce, promete ficar comigo até ao fim?
Arthur: claro que sim – deu um beijo na testa dela
Lua: está perto do fim, essa promessa
Arthur: do fim? – Arthur riu – Lua, isto só esta começando… falta o nosso bebé – pos a mao na barriga dela
Lua: não sei se tenho coragem de fazer isso acontecer
Arthur ri: já trabalhamos para isso
Lua ri: idiota – bateu nele – mas agente se cuidou e não fez de propósito
Arthur: tá com fome? – disse ele fugindo do que Lua disse
Lua: não… acho que aqui não passa nada – disse pondo a mao no pescoço
Arthur ri: tolinha, isso é apenas nervosismo. Mas não adianta voce ficar assim, tudo vai dar certo.
Lua: espero que sim… queria tanto que a minha mae estivesse aqui para ver esse momento. Ela queria muito me ver ao altar, com o cara que eu amo
Arthur: e eu sou o cara que voce ama? – disse ele sorrindo de lado
Lua: só é – disse ela sorrindo e dando um selinho nele
Arthur: assim eu não aguento – ele deixou ela
Lua: mas tem de aguentar – disse empurrando ele – daqui a pouco eu vou com as meninas, e voce vai com os seus amigos.
Arthur: é… para a despedida de solteiro
Lua: juízo hein?
Arthur: eu sei – sorriu – nunca imaginei que esse dia ia chegar tao cedo. Sou tao novo para casar
Lua: está casando por que quer
Arthur: eu sei – pegou as mãos dela – com certeza vai ser a coisa mais acertada que eu vou fazer na minha vida
Lua: a sua vida era assim tao diferente antes de voce me conhecer?
Arthur: voce sabe que sim… se bem que no ultimo ano eu melhorei muito. Porque comecei a namorar de verdade, com a minha ex-namorada e dai eu acreditei no amor. Antes eu ficava com varias ao mesmo tempo, mentia para todas e era um perfeito canalha… agora não, eu mudei!
Lua: ainda bem, porque se voce continuasse na pessoa que era antes, que não fazia nada do que a minha avó pediu
Arthur: tenho de agradecer à sua avó… é graças a ela que estamos juntos – sorriu
Lua: e vai dar certo?
Arthur: voce quer que dê?
Lua: quero – ela sorriu
Arthur: então vai dar – se abraçaram

2 comentários:

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo