11 de jul de 2013

12ª Capítulo: "Tudo por uma promessa"


POV NARRADOR
No dia seguinte, logo pela tarde, Lua e Arthur estavam no jardim da casa, ambos lendo revistas. Lua lia revistas porque ainda não conseguia olhar na cara do Arthur, enquanto esse lia revistas para passar o tempo.


Arthur: vamos sair?
Lua: vai voce
Arthur: então o que vamos fazer?
Lua: eu vou continuar aqui! – disse ela sem olhar para ele

Arthur nem tinha percebido aquele sentimento que Lua teve ontem. Porque seria? Será que ela não apresentou argumentos nenhuns? Será que ela disfarçou bem? Ou será que ele não entende nada?
Enfim, não sabemos.
O celular de Arthur tocou, ele tratou logo de atender e sorriu ao ver quem era.

LIGAÇAO ON

Arthur: oi Melzinha
Mel: oii Thur, e ai, topa sair?
Arthur: agora?
Mel: sim, estou no tédio aqui em casa
Arthur: somos dois – ambos riram – e onde voce quer ir?
Mel: sei lá… cinema talvez ou algo assim
Arthur: tá. Onde nos encontramos?
Mel: voce me pega? To sem carro
Arthur: tá. Dentro de 30 minutos, estou ai
Mel: tá. Fico esperando. Não demora
Arthur ri: ta bom

LIGAÇAO OFF

Arthur: Lua, vamos sair?
Lua: eu falei que não queria
Arthur: mas a Mel falou para sairmos
Lua: então vai voce
Arthur: Lua, vamos, por favor
Lua: eu não quero Arthur, vai lá com ela!
Arthur: voce não gostou dela?
Lua: não tenho que gostar!
Arthur: perai, isso são ciúmes?
Lua: ciúmes? Voce acha mesmo?
Arthur ri: Lua, jura?
Lua: eu não juro nada!
Arthur: Lua, assume que tá com ciúmes
Lua: não assumo nada! Vai logo embora com ela. Espero que se divirtam muito

Lua se levantou irritada, entrando em casa e subiu logo para o quarto. Logico que era ciúmes, mas ela não queria admitir.
Arthur não via razoes para Lua sentir ciúmes, mas também não queria ficar daquele jeito com ela. Subiu para o quarto também e não saiu de lá até que as coisas estivessem bem.

Arthur: tá, se não é ciúmes, é o que?
Lua: insegurança… - ela disse olhando para a janela aberto do quarto
Arthur: insegurança? Para que?
Lua: voce já olhou para ela? Já olhou para mim? Reparou na diferença?
Arthur: ela é morena e voce é loira?
Lua: e não so…
Arthur: não tem mais diferenças então
Lua: logico que tem! Ela tem mais corpo, é mais cheia de curvas e…
Arthur interrompe: Lua, se eu quisesse uma mulher com coxas e peito, eu namorava com um frango/galinha né?
Lua: mas Arthur…
Arthur interrompe: Lua – ele pegou as mãos dela – ela é so minha amiga, quase como uma irmã. Não tem razoes para voce ter ciúmes.
Lua: tá! – ela disse fazendo bico – desculpa
Arthur: não é preciso pedir desculpa. So que quando voce sentir isso, por favor, fala comigo. Não quero que voce fique com esses pensamentos errados, tá?
Lua: tá – ela sorriu
Arthur: vamos sair?
Lua: não, não quero mesmo
Arthur: não vai ficar com ciúmes?
Lua ri: não… agora eu já sei.
Arthur: tá bom. Qualquer coisa me liga
Lua: tá bom

Arthur foi se arrumar para sair e Lua ficou mais descansada apos falar com ele. Agora ela entendia que não valia a pena ficar com aqueles pensamentos só para ela e que devia sempre partilhar com ele, para assim ficar tudo bem entre eles.
Após Arthur se arrumar, veio até ao quarto se despedir da namorada com um selinho e de seguida foi buscar a Mel, para depois irem ao cinema.

E como o prometido, os advogados e seguranças dos Thiago (primo da Lua), iriam ficar de vigia no casal. Com uns aparelhos eletrónicos conseguem ouvir certas partes da conversa do casal e assim gravam tudo para depois mostrar ao chefe (Thiago).

Thiago: então ela estava com ciúmes…
Xx: exatamente! Ele falou com ela e de seguida saiu de casa, deixando ela lá sozinha e foi ter com uma garota
Thiago: quem é a garota?
Xx: é uma amiga, segundo o que ele disse
Thiago: e quanto aos beijos e isso
Xx: hoje deram apenas selinhos
Thiago: humm… eles não pensem que eu acredito nesse namoro fingido. Sei muito bem que ele não gosta dela, e que ela não vai querer ficar gravida de um homem que não sente nada por ela. Ela é uma garota sem graça, sem sal, nenhum homem olha para ela!

Depois do cinema, Arthur e Mel ficaram andando pelo shopping, conversando…

Arthur: e então, quanto aos namorados, como isso vai?
Mel: vai bem
Arthur: vai bem? Ta namorando é?
Mel ri: logico que não Arthur. to solteira né?!
Arthur: tá, mas… pensei que voce pudesse estar a namorar. Voce é linda
Mel: voce também – sorriram – a Lua deveria ter vindo
Arthur: bom, acho que ela não veio porque está naqueles dias
Mel: que dias? – Mel pensou e logo percebeu – ela é que te disse?
Arthur: não – ele riu – logico que não. mas eu entendi
Mel ri: mau humor né?
Arthur: super mau humor.
Mel: ahh, então voce tem de tratar ela como uma rainha
Arthur: voce acha?
Mel: claro que sim. Prepara algo bem bonitinho para ela, ela vai adorar
Arthur: boa ideia – eles sorriram

Mel ajudou Arthur a comprar as coisas necessárias para que o jovem casal tivesse um jantar diferente. Compraram alimentos diferentes, velas, flores e outras coisinhas para deixar a casa mais romântica.
Assim que Arthur entrou em casa, reparou que Lua ainda estava no quarto e foi para a cozinha deixar tudo arrumadinhos para o jantar. Arrumou a mesa com velas, flores e os pratos e deixou o jantar no forno, para que ficasse quente não hora de servir.
Assim que ele estava saindo da cozinha, reparou que Lua descia as escadas, então fechou a porta da cozinha…

Lua: porque ta fechando isso?
Arthur: nada ! – ele tentou disfarçar – vem, vem comigo – ele pegou a mao dela

Subiram de novo para o quarto.

Arthur: eu preparei algo para voce – ele sorriu
Lua: tipo o que?
Arthur: um jantar
Lua ri: serio?
Arthur: hum hum – ele segurou ela pela cintura – foi uma dica da Mel – ele sorriu – vamos nos arrumar e jantar?
Lua: hum hum – ela sorriu

Lua entrou no banheiro e depois aproximadamente 20 minutos a tomar o seu banho. Enquanto isso, Arthur se arrumou também. Lua saiu do banheiro, de toalha novamente e Arthur desta vez continuou no quarto. Lua nem se importou dele ficar ali, desde que não chegasse perto.
Lua vestiu um vestido curto, cor de salmão e colocou um salto alto, a combinar com o vestido. Ela ficou em outra pessoa quando colocou uma maquiagem leve e perfeita. Para finalizar, ainda fez uma trança no cabelo. Assim que Arthur a viu com olhos de ver…

Arthur: voce tá linda – disse completamente encantado
Lua ri: voce acha?
Arthur: logico! – ele confirmou, foi até ela e lhe deu um beijo
Lua: não acha que tá exagerado?
Arthur: não, muito pelo contrario – ele sorriu – eu gosto muito quando as mulheres se produzem desse jeito
Lua: quer dizer que tenho de andar sempre assim?
Arthur ri: quer dizer que voce tem de ser voce mesma!
Lua ri: tá bom

Desceram até à cozinha de mãos dadas. Arthur puxou a cadeira para ela sentar e colocou o jantar na mesa. Estava a cheirar super bem e o gosto soube ainda melhor. Logico que não foi Arthur que cozinhou, mas so o facto dele ter preparado uma coisa dessas, Lua amou!
Para finalizar o jantar, o casal dançou bem agarradinho na sala, ao som de uma musica suave, que Arthur tinha em mente…

3 comentários:

  1. Dançar agarradinho em casa é ótimo...kkk...mais????

    ResponderExcluir
  2. Aí q lindo eles em clima de romance... Queremos
    Mais mais mais

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo