30 de jun de 2013

Mini Web SoMic - Sou louco por você!

Capítulo 1

Título: Sou louco por você
Classificação: Romance
Autora: Deborah Ferreira (Eu)


Micael Pov.
Micael saiu da casa dos pais de Sophia totalmente abalado. Como eles poderiam pensar que ele estava com Sophia só por dinheiro? Por ele ser do Vidigal não significava que era interesseiro. Estava com muita raiva, em partes raiva dela que não lhe defendeu dos seus pais. Ele também não poderia coloca-la contra seus pais. Micael decidiu ir a pé, precisava pensar em tudo que havia acontecido.

Sophia Pov.
Esses eram meus pais de verdade? Preconceituosos com ele? Nunca pensei que fosse passar por isso e fazer Micael passar junto comigo. Estava decepcionada com meus pais e comigo mesma por não defender ele. Micael é honesto nunca iria namorar comigo só por dinheiro. Não ele não seria capaz disso, eu conheço o meu Micael.

Sophia: Vocês não poderiam ter feito isso! Não mesmo – Falou para os seus pais balançando a cabeça em sinal negativo. – Ele me ama e eu o amo, Vocês tem que aceitar isso! – E foi para a porta da sua casa pronta para ir atrás dele.
Sarah (Mãe de Sophia): Não se atreva mocinha, se você sair por essa porta atrás daquele marginal... – Foi interrompida por Sophia.
Sophia: Não preciso nem pensar duas vezes. – Não deu a mínima ao que sua mãe disse e fechou a porta da casa com toda a força.
Agora onde teria ido Micael? Sua moto, por sinal ainda estava estacionada na porta da casa de Sophia.
Sophia saiu na rua para procura-lo. E o viu, já muito longe.
Sophia: Micael – Gritava enquanto corria.
Micael virou em sua direção e viu Sophia correndo sem equilíbrio pelo salto que usava, ate que ela os largou na rua e continuou correndo ao seu encontro.
Micael a esperava no meio da rua, a rua estava deserta, já passava das 23h00, encarando Sophia que corria em sua direção com lágrimas nos olhos. Assim que o alcançou pulou em seus braços e passou suas pernas pela cintura de Mica e lhe abraçou com toda força, demostrando tudo que sentia naquele abraço que logo foi correspondido por ele.
Sophia: Eu Te Amo Tanto! – Sussurrou no ouvido de Micael, depois de algum tempo abraçados. – Eles não sabem o que falam Amor. – Micael à colocou no chão, e à fitou com seus olhos negros.
Micael: Eu não sou o cara ideal... – Foi interrompido por Sophia que pousou os dedos em seus lábios.
Sophia: Não fala isso! – As lágrimas já embaçavam sua visão. – Você é tudo que eu preciso, você é perfeito para mim. – Acariciou o rosto de Micael que balançava a cabeça em sinal negativo.
Micael: Não sou! Você merece um cara que possa te dar tudo o que você precisa. –A mágoa em sua voz era notável.
Sophia: Você é tudo que eu preciso e não tem outro cara que possa me dar isso Amor! Eu te quero do meu ado pra sempre. E de você que eu preciso.
Micael: Mas eles são seus pais e sabem o que é melhor pra você.
Sophia: Eles sabem o que é melhor pra eles e não pra mim. – Colou suas testas e começou a fazer carinho no rosto de Micael. – Deixa disso, eu só preciso de você perto de mim pra sempre. – Micael à abraçou pela cintura e lhe beijou apaixonadamente.
Xxx: Que casal apaixonado! Pode ir passando tudo playboy. – Sim, era um assalto e não podia ficar melhor (Ironicamente), ele apontava a arma na direção de Micael que estava a frente de Sophia lhe protegendo.
Micael: Calma aí cara... – Foi interrompido pelo assaltante.
Xxx: Nada de calma não, Bora passa o relógio, o cordão tudo aí e você princesa pode vir comigo que eu vou te mostrar o que é homem de verdade. – Falou com um sorriso malicioso nos lábios, enquanto se aproximava deles.
Micael: Deixa ela em paz cara, tá aí. – Falou se desfazendo do cordão, relógio e da pulseira de ouro que usava, os dando ao assaltante, que colocou tudo no bolso.
Xxx: Ainda quero ela, bora vem pra cá Princesa. – Ao ouvir isso Micael fechou os punhos pela raiva que lhe consumia e Sophia se apertou mais em Micael. Em um gesto rápido o assaltante empurrou Micael e tentou puxar Sophia na sua direção, mas Micael se sustentou ao empurrão e deu um murro na cara do meliante. O assaltante caiu no chão e ao mesmo instante disparou na perna de Micael que caiu no chão instantaneamente. O assaltante se levantou e saiu correndo, Sophia em desespero se ajoelha ao lado de seu amado.
Sophia: Amor! – Falou já chorando e desesperada ao vê-lo com o tiro na perna esquerda.
Micael: Calma Amor, tá tudo bem, estou bem! – Falou tentando acalma-la .
Sophia: Não tá tudo bem, você tem que ir ao hospital. Vou ligar pra ambulância. – Segurando a mão de Micael e acariciando seus cabelos. Sophia tremia, ligou pra ambulância e informou o que aconteceu. Em instantes a ambulância chegou e os levou para o hospital já que Sophia insistiu em estar ao lado de Micael. Em pouco tempo ele já estava melhor, a bala já havia sido retirada e Micael medicado.

Enquanto esperava Sophia ligou para Beth (Mãe de Micael) que mesmo viajando quis ir para o hospital, mas Sophia disse que não era nada sério, e os médicos já o haviam examinado. Beth era muito nervosa e Sophia não a queria surtando no hospital.

Também ligou para seus amigos, ela precisava do apoio deles naquele momento.  Se viu obrigada, a avisar aos seus pais do que havia acontecido, eles tentaram usar o assalto como motivo contra Micael, mas Sophia usando todo o seu desespero virou o “jogo” e os fez sentir-se culpados, afinal, eles só precisaram sair pela briga no meio do jantar. Ela também insistiu que seus pais não fossem ao hospital.

Continua...


Um comentário:

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo