7 de jun de 2013

Minha irmã Adotiva.


Capítulo 189.



Arthur: Como foi a conversa com o seu “amiguinho”? (indagou o moreno que saia do quarto que continha a plaquinha “Não entre”.

Lua: Muito boa se é o que te importa.(concluiu ríspida, marchando rumo ao seu quarto)

Arthur: Qual é Dulce, o que aconteceu?(indagou preocupado a seguindo até seu quarto) O que aquele cara fez com vc?(persistiu)

Lua: Arthur cadê seus pais?(indagou notando a ausência do casal deste que chegou em casa, ignorando por completo a pergunta do “irmão”)

Arthur: Deve est(foi interrompido)

Alexandra: Vcs ainda não estão prontos?(levou a mão a cabeça observando os mesmos) Onde estevem que demoraram tanto?(indagou preocupada adentrando o quarto da loira)

Arthur: Mãe, por favor, néh?!(a fuzilou com os olhos)

Alxandra: Meus queridos, vcs tem meia horas para estarem lá em baixo, táh?!(os advertiu) Quase todos os convidados já estão presentes...

Lua: Eu não vou descer(decretou)

Alexandra: Lua, nós já conversamos(negou com a cabeça decepcionada)

Lua: Será que vcs poderiam respeitar esse meu momento?(indagou se auto apontando)

Alexandra: Querida, mas tende entend..(foi interrompida)

Arthur: Mãe ,acho que o senhor Getulio está lhe chamando..(se pronunciou certeiramente)

Alexandra: Está bem(concluiu a mesma, uma vez que soubera que o que Arthur acabara de dizer fora a mais pura mentira) Meia hora, ok?!(Se retirou do quarto)

Lua: Arthur, se me der licença eu preciso tomar banho (jogou sua franja para a lateral de seu rosto)

Arthur: Eu vo ficar aqui(Se sentou sobre a cama da loira) Vou escolher sua roupa.

Lua: Vc ta brincando, néh?!(revirou os olhos)

Arthur: Nem um pouco, (se levantou marchando até o closet da mesma) Vejamos o que tem aqui..(levou a mão nos cabides e mais cabides de roupas de Lua)

Lua: Arthur eu já disse que não vou descer pra essa comemoração estúpida de Natal.(bufou)

Arthur: “Pequena” pelo menos cinco minutinhos, por favor(a abraçou por trás)

Lua: Eu não to bem pra isso.(inspirou e expirou ligeiramente)

Arthur: Tá sim, vc é forte(acariciou o rosto da mesma) Não quero passar o Natal com inúmeras pessoas estranhas a me cercar..

Lua: Não Thur..Eu vou tomar banho e dormir..(concluiu satisfeita entrando no banheiro) Quando sair fecha a porta bebê.

Não mais que treze minutos fora o necessário para a loira se banhar deliciosamente, voltara do banheiro um tanto revigorada, usando um roupão e uma toalha em suas madeixas. Por fim descansaria daquele enorme dia, por fim, por fim estava a salvo em seu quarto,estava certa que a qualquer momento poderia acordar daquele pesadelo.

Lua: O que vc ainda ta fazendo aqui?(indagou surpresa)

Arthur: Sua roupa , já está sobre a cama, “querida”(apontou um vestido)

Bom, apontou um vestido nude ,longo ,com detalhes em pedras cuidadosamente bordadas sobre o fina e delicado pano. Digamos que não seria ao certo a escolha que a loira faria, mas considerando que o vestido era estritamente fechado, entendera o porque da escolha do “irmão”. Ao lado do vestido continha uma gargantilha trabalhda em pedras menores, os sapatos se compunham de um escarpan nude, pouco se importava aquele acessório, já que o vestido era longo o suficiente para que não deixasse se quer as mostras dos pés da mesma.

Lua: Thur, eu já disse que não quero ir..(persistiu)

Arthur: O que aquele cara te fez, hein?!(bufou negando com a cabeça) Vc não estava assim antes de vê-lo. O que ele te fez?(indagou )

Lua: Se esse “cara” que vc ta se referindo é o Pedro, ele não me fez nada(se limitou a dizer)

Arthur: Luh,(molhou seus lábios com a língua) Seje flexível por favor.(implorou com os olhos)

Lua: Amanhã nós conversamos bebê (Se aproximou do mesmo) Amanhã maninho (abriu a porta do quarto) Agora inventa qualquer coisa pra seus pais e digam a eles que não posso descer.

Victor: Não pode?Por que? (indagou repreensivo enquanto detinha em seus braços um buque de rosas perfeitamente vermelhas)

Lua: Porque..Porque..O que é isso?(indagou apontando para as flores)

Victor: Um buque de rosas, oras(revirou os olhos adentrando o quarto da loira) Um entregador pediu para que lhe entregasse.(destinou o buque aos braços de Lua)

Lua: Óh, não precisava se incomodar..

Victor: Mas não fui eu..(alegou incoerente)

Flores...Aquelas mesmas flores que recebera meses atrás. Sim..poderia notar que fora da mesma pessoas, pelo cheiro das rosas, pela posição do cartão, pelo..Cartão?! Ops! Talvez fora Pedro, com alguma noticia boa, néh?!

"As vezes parecemos tão longe e tão perto ao mesmo tempo
Nunca se esqueça de mim

Feliz Natal meu anjo

PS: Seu amor"

Lua: O Pedro é uma graça(fechou os olhos admirando o cheiro que as flores oportunizavam a suas narinas)

Arthur: IIIH (revirou os olhos) Lua na boa, se arruma pra descermos..(persistiu)

Victor: O Arthur esta certo, estamos nos aproximando da meia noite e espero encontrar todos vocês reunidos sobre a mesma neste exata momento, certo?(se retirou imediatamente do quarto)

Arthur: Lua, eu vou apenas me trocar e já volto pra irmos juntos, ok?!(se precaviu)

Lua: Eu já disse que não vou Arthur (persistiu a loira em um tom totalmente impaciente)

Arthur: Vai ficar fazendo o que, hein?! Namorando essas rosas que ganhara de não sei quem? (revirou os olhos) Pô Lua, passei com vc por uma barra e vc nem pode me retribuir?! Será que é difícil vc ficar pelo menos cinco minutos lá embaixo para que pelo menos eu possa te entregar seu presente? Será que é difícil vc perceber que embora vc esteje sentindo a perca de alguém, vc ta fazendo falta?! (levou as duas mãos ao rosto) Será que é difícil compreender isso? (bufou)

Lua: (mordeu seus lábios inferiores) Arthur eu não quero passar uma noite distribuindo sorrisos falsos por ai.(alegou, ainda detendo em seus braços o buque de rosas vermelho sangue)

Arthur: Tudo bem(mirou o chão) vc quem sabe(deu de ombros)

Lua: Bem disse o Pedro(legou com a cabeça)

Arthur: Lua, ou vc realmente se cala de uma vez ou conta o que ta acontecendo com esse cara.(explodiu irritado)

Lua: O Pedro vai embora. Satisfeito?! (cruzou os braços) Vai embora pra outro país, bem longe de mim..bem longe de vc, ficou feliz agora?(arqueou uma das sobrancelhas)

Arthur: Vc ta se iludindo por alguém sem futuro algum..(negou com a cabeça decepcionado se retirando do quarto e fechando em apenas um empurrão a porta)

Obrigada meninas, vocês não tem ideia de quanto isso é irritante =/

3 comentários:

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo