17 de jun de 2013

Minha irmã Adotiva.



Capítulo 201.


Arthur: Carla?(franziu o cenho para melhor visualização)

Carla: Por que o espanto, meu amor.(um sorriso solidário brotou nos lábios da mesma)

Lua: Vc não estava viajando?(retrucou indiferente)

Carla: Pois éh..(fitou o braço de Arthur que envolvia a cintura da loira, fazendo com que a mesma desse um pulo ao lado)Eu voltei ontem a noite.

Mel: E o que vc veio fazer aqui?(arqueou uma das sobrancelhas asquerosa)

Carla: Matar as saudades do meu namorado(pulou literalmente no pescoço de Arthur, que simplesmente ficou estático)

Sophia: Lua, vamos logo pro quartos,vem(a puxou pela, notando que faiscava ciúmes nos olhos da loira)

Arthur: Então, (se afastou dois passo de Carla, simplesmente em vão, já que mesma retrocedera os mesmos dois passos) Carla eu preciso conversar com a lua.(alegou)

Carla: Tenho certeza que ela não se importara se eu tiver presente, néh minha cunhadinha preferida(foi ao encontro de Lua e lhe apertou suas duas bochechas)

Lua: Eu não tenho nada pra conversar com ela(fuzilou o moreno com os olhos)

Chay: Como pode caber tanta burrice no pedaço de mal caminho igual a esse?(negou com a cabeça , apontando para Carla)

Lua: Na verdade eu acho que o “retardado convencido” tem algumas coisinhas pra falar com vc.(arqueou uma das sobrancelhas)

Carla: O que aconteceu, meu amor?(indagou acariciando a face do mesmo)

Lua cerrou os punhos, estava preste a dar umas boas bofetadas naquele “ser” que se entregava de bandeja a Arthur, que uma vez soubera que o moreno não resistiria.

Arthur: Vem comigo Belinda, vamos conversar(a puxou pela a mão, a conduzindo pelos enormes corredores da faculdade)

 --

Sophia/Mel/Lua: 458 (se pronunciaram em uníssono mirando o papel que detinham em sua mãe)

Sophia: É aqui gente(apontou o quarto a sua frente) A decoração desses corredores ta meio chinfrim, néh?! (fez careta)

Mel: Chinfrim é que ficar aqui morrendo de fome e vc falando de decoração de corredor(Revirou os olhos abrindo de supetão a porta do quarto)

Era um quarto amplo, com duas paredes rosa claro e duas brancas, uma outra porta na lateral,que provavelmente levaria ao banheiro, três guarda-roupas arejados e embutidos , cinco camas confortáveis e grandes..Opa! Cinco camas? Pera ai, uma morena de olhos castanhos , estaturas não muito elevada com os olhos arregalados chamaram a atenção do trio.

Sophia: Querida, errou de quarto(advertiu a loira, arrastando uma de suas malas para o interior do quarto) Até que não é tão ruim(observando minusciosamente cada detalhe do quarto)

Mel: Será que aqui tem comida?(indagou jogando sua mala sobre uma das camas)

Lua: Nossa(se pronunciou espantada) É muito grande esse quarto pra nós três.O “Pessoa que eu não sei o nome” será que tem como vc sair do nosso quarto?(fuzilou a menina que se mantinha olhando envergonhada para o trio com os olhos)

---: Rayana..Meu nome é Rayana, táh?!(se impôs) E na minha matricula tá bem claro que o numero do meu quarto é 458, “Senhora Ignorância”.(a alfinetou)

Mel: Ei quem vc ta pensando qu..(foi interrompida)

Lua: Isso quer dizer que tem mais uma cama vaga(apontou para uma cama que se concentrava na lateral do quarto)

Carla:Bom, a menina já teve aqui , jogou as coisas ai por cima da cama, e disse que tinha coisas mais importantes pra fazer do que ficar enfurnada dentro de um quarto(Deu de ombros se levantando)

Lua: Melhor esperarmos pra ver quem é a peça(inspirou todo o ar que pode o deliberando gradualmente)Prazer, eu sou Lua, ela é a Sophia(apontou para a loira) E aquela é a Melanie (apontou a morena)

Rayana: Prazer em conhecê-las. Ah e Melanie, a educação mandou lembranças.(usufruiu da ironia)

Mel: Menina, hj eu to ocupada de mais com a minha fome pra te dar atenção.(revirou os olhos , se sentando sobre a cama escolhida e cruzando as pernas)

Rayana: Eu tenho bolacha, um pote de sorvete e alguns doces ali, mas já que não pode me dar a atenção não posso fazer nada, néh?!(deu de ombros)

Mel: Pensando bem (fingiu analisar toda a situação) Acho que gostei de vc(se levantou e se sentou na beirada da cama de Rayana)

Parecia que o impossível fora contestado ali, Melanie achara absurdamente uma pessoa com uma personalidade idêntica a sua, afinal Rayana usufruía da “boa” chantagem, almejava atenção, e o principal, carregava um pote de sorvete dentro de uma bolsa.

Rayana: Só achei sorvete de morango(advertiu)

Mel: É o meu preferido(bateu duas palmas, a espera do pote de sorvete oferecido pela mesma)

Sophia: Meu Deus, uma Melanie já era o suficiente(Revirou os olhos, escutando o barulho da fechadura roçar)

Carla: Eu sei Papy, mas sei também que o senhor pode me conseguir isso.(adentrou o quarto com o seu aparelho celular suspenso em sua orelha,olhando fixamente para o chão e fechando a porta em suas costas)

Lua: Não..Não..não..não..(bateu o pé sobre o chão descontroladamente) Isso é uma alucinação, só pode(cerrou os olhos)

Carla: Ta ok(revirou os olhos) Beijo ,tchau(Desligou o celular) Lua?(surpresa)

Mel: O “Loira Magrela” o lugar dos lixos não é aqui não, querida(comentou divertido)

Carla: Olha a..(foi interrompida)

Lua: Vc é nossa colega de quarto?(disse por fim)

Sophia: Desconfiei deste o principio, pela cor da bolsa neon com verde limão(negou com a cabeça) Isso é um desrespeito ao mundo da moda.

Carla: É o que tudo indica “cunhadinha”(um sorriso solidário brotou nos lábios da loira que ignorou por completo o comentário dispensável de Sophia)

“Cunhadinha”, aquela palavra nunca doera tanto a ser escutada como naquele momento, Arthur de fato não tinha rompido seu namoro com Carla e Lua buscava explicações cabíveis para aquela ação, tais explicações que se quer existiam, afinal dizia estar perdidamente apaixonado pela loira, mas não se desvinculava de Carla?! E por mais que odiara a “Loira Magrela”, não seria justo com a mesma.

Lua: Acho que preciso respirar o pouco(mordeu seus lábios inferiores) Daqui a pouco eu volto.(se retirou do quarto)

O “lance” de Lua e Arthur para um completo quebra-cabeça interminável, quando por fim pensavam que estariam em perfeita harmonia, algo ou aluem, no caso, mesmo que sem intenção estragava todo o “castelo de areia” do romance deles. Isso! O amor dos dois se baseava nada a mais e nada a menos em um “Castelo de Areia” que ao simples banhar das ondas se desmanchava, e mesmo que acre..

Lua: Eii(resmungou , posteriormente a esbarrar em alguém)

---: Perdão, é que eu estava meio distraído(se agachou para que pudesse capturar alguns objetos que fora arremessados ao chão)

Lua: Vc aqui?(indagou surpresa, com a imagem que tivera em sua frente)

8 comentários:

  1. Maissss!!!!! ta cada dia mais perfeitaaa!!!!!!

    ResponderExcluir
  2. Quem será? tantantantaam~ momento de tenção~ posta maais!

    ResponderExcluir
  3. +++++++++++++++++++++++++++++++++ *------------*

    ResponderExcluir
  4. ahh!!quem sera??-muito anciosa-

    ResponderExcluir
  5. Maiiiis fany , eu tenho "ataque de ansiedade" não me deixe muito ansiosa pfv'

    ResponderExcluir

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo