20 de jun de 2013

Minha irmã Adotiva.

  


Capítulo 206.


Sophia: Eu sei, que o Carlos e aquele projeto de “Angelina Jollie” devem estar felizes com aquele..aquele...(cerrou os punhos)

Micael: Aquele bebê lindo, néh?!(arqueou uma das sobrancelhas)

Lua: Também acredito muito na possibilidade do MARCOS estar feliz.(se pronunciou abocanhando uma maça, e se juntando ao grupo de amigos)

Sophia: Nossa, como isso me incentivou. Valeu!(concluiu irônica)

Mel: Sophia, menos drama, faz favor(Revirou os olhos se apoiando nos ombros de Rayana)

Sophia: Drama?!(arregalou os olhos demonstrando grande incomodação)

Rayana: O papo ta muito legal, mas eu to afim de fazer uma coisa mais interessante pessoal(decretou expirando lentamente)

Mel: Já chegou querendo mandar?! É isso mesmo “menina da lata de leite condensado”?!(um sorriso sarcástico pairou nos lábios da morena)

Arthur: Oi pessoal(os cumprimentou enquanto adentrava a biblioteca da faculdade)

Lua: Resolveu?(indagou automaticamente)

Arthur: Acho que sim(maneou com a cabeça)

Mel: Isso quer dizer que vc mandou a “loira magrela” pro espaço?(indagou arqueando uma das sobrancelhas)

Arthur: O que tudo indica sim (agarrou Lua por trás) Tudo por culpa dessa baixinha aqui (apontou a mesma lhe dando um beijo estalado na bochecha)

Lua: E eu posso saber cadê a dita cuja?( indagou desconfiada)

Arthur: Não sei (molhou os lábios com a língua) Eu tava pensando de no final de semana a gente pode ir pra minha casa pra tipo, comemorarmos o inicio das aulas, néh?!(sugeriu divertido) Meus pais me ligaram dizendo que terão de viajar urgentemente para a Turquia pra fechar alguns negócios.

Mel: Vai ter comida?(indagou interessada)

Rayana: Vc mora na Terra?(indagou divertido)

Arthur: O “gracinha” que eu não sei o nome, eu moro sob o mesmo teto que a sua lindinha colega de quarto, ok?! (arqueou uma das sobrancelhas) E espero que não esteje criticando a Lua, táh?!

Celular vibrando no bolso. A principio um pensamento que fora direcionado ao nome Pedro, concluiu Lua capturando seu celular em suas mãos,mas fora pior, fora alguém que precisava dela daquela momento, alguém que a procurava para saciar a dor que a própria provocara.


"Lua, minha amiga, to mal L Preciso muito conversar com vc, quando puder venha no nossos aposentos.

Beijos .Carla"

Lua: Acho que vo ter de procurar a Carla, pra..pra..Não sei(levou sua mãos a sua franja a jogando para a lateral de seu rosto)

Arthur: Que foi meu amor?(indagou afagando as bochechas da mesma)

Lua: Ela ta precisando de mim.(mordeu seus lábios inferiores) Ela ta sofrendo Thur.(choramingou)

Sophia: Luh, alguém teria de sair mal.(a consolou sem sucesso algum)

Lua: Eu vou p..(foi interrompida)

---: Lua Maria?(indagou um homem de no máximo quarenta e dois anos, tendo em seus braços um buque de rosas vermelhas)

Lua: Eu mesma.(afirmou com a cabeça)

---: Aqui está(lhe estendeu o buquê)

Lua: Óh! Muito obrigada.(sorriu agradecida, observando o homem se retirar) Preciso pedir para que o Pedro pare de me mandar flores.(negou com a cabeça) Mel as coloque eu um vaso pra mim(lhe estendeu as flores) Preciso ir atrás da Carla.(inspirou e expirando lentamente)

Arthur: Vc sabe que não precisa, néh?!

Lua: Mas eu quero(se justificou saindo da biblioteca)

Seria bem mais difícil dizer a verdade a pobre Carla, e destruir qualquer possibilidade de ser feliz com Arthur, ou então poderia continuar alimentando uma mentira sem qualquer fundamento, buscando a auto realização de uma pessoa “qualquer”.

Lua: Carla?!(indagou após bater consecutivamente três vezes sobre a porta do quarto e entrou logo em seguida)

Carla: Lua..Lua..(correu para os braços da amiga a abraçando fortemente e soltando um forte gemido de dor)

Dor? Sim, uma dor interna, que vnha do coração e doía..e como doía , parecia que uma cratera se abrira no coração de Carla apagando qualquer recente sonho que tivera ao lado de Arthur.

Lua: Ei calma.(afagou as mechas loira de Carla) Vai passar.

Carla: Lua, porque vc fez isso comigo?(continuou a chorar descontentamente)

Pera ai, Arthur havia contado sobre “eles “ para Carla?! Não seria possível que o moreno seria tolo o suficiente ara revelar isso a aquele “ser”, e mais, porque Carla não estava a apedrejando?! Afinal Lua“roubou” Arthur dela?Tudo estava confuso demais ao celebro da loira.

Um comentário:

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo