6 de mai de 2013

Minha irmã Adotiva.



Capítulo 158.



Sophia: Vc vai sim. (persistiu enquanto se assentava sobre o pufe que se localizava na lateral do quarto de Arthur)

Arthur: Sophia, se vc quer tanto a presença dela, vá vc mesmo chama-la.(deu de ombros , indo de encontro a uma cômoda e abrindo a quarta gaveta, retirando de lá uma camiseta listrada na horizontal de branco e azul e a vestindo)

Sophia: Ah! E vc não quer que ela vai?(arqueou uma das sobrancelhas, enquanto observava a maçaneta da porta do banheiro do mesmo, sendo misteriosamente girada) O que vc tá fazendo aqui? (Se levantou em pulo levando as duas mãos a cintura com um semblante um tanto especulador)

Carla se encontrava em uma situação deplorável. Com uma toalha envolvendo seu cabelo, e um roupão a tapar seu corpo, Sophia facilmente concluiu que aquele “ser” havia acabado de se banhar. Desviou seu olhar para o relógio digital sobre a escrivaninha e concluiu que marcava exatamente 10 horas e 52 minutos. Bom, Carla não ia sair de sua casa pra  simplesmente tomar banho no banheiro de Arthur, néh?!

Carla: Oi pra vc também, Barbie. (um sorriso feliz brotou nos lábios da loira)

Sophia: Sophia (a corrigiu levando sua mão a suas madeixas loiras a jogando em uma cresceste cascata sobre suas costas) Gosto que me de Sophia (molhou seu lábios com a língua)Vc ..vc passou a noite aqui? (indagou com a voz sufocada pelo receio)

Carla: Bom (mirou Arthur por alguns ágeis segundos , demonstrando que se encontrava um tanto sem graça) O Thur me convidou pra viajar com vcs , e como já suspeitava que sairiam logo de manhã, resolvi dormir aqui.(concluiu satisfeita)

Sophia: Dormir aqui? (apontou para o carpete do quarto) Viajar conosco? (indagou completamente em choque)

Carla: Claro que se não houver problema (levantou as mãos em forma de rendimento)

Sophia: Na verdade (levantou seu dedo indicado para se opor) N..(foi interrompida)

Arthur: Na verdade ela realmente estava pensando em convida-la.(se aproximou da mesma, entrelaçando seu braço em volta do pescoço de Sophia) Não é mesmo ?(deu uma piscadela para a mesma)

Sophia: Pera ai (fechou os olhos inspirando todo o ar que fora capaz e o deliberando gradualmente) Vc quer que a Carla vá? (apontou para a mesma pronunciando cada palavra lentamente, e o viu assentir com a cabeça) A Lua não vai gostar nada disso.(negou com a cabeça inconformada)

Carla: A Lua! (retirou seu roupão pegando a primeira camisa branca de Arthur que achara “jogada” sobre o carpete do quarto) Ela não estava passando muito bem ontem à noite, e acabou recusando a minha companhia para que eu dormisse no quarto dela.(a voz da mesma exalava estonteante preocupação)

Mel: Eu pensei que a gente iria viajar antes que o dia acabasse.(um forte ironia soava pelos tímpanos de Arthur, Sophia e Carla que se atencionava a retirar a toalha que envolvia seu cabelo) Carla? (franziu o cenho completamente surpresa pelo o que seus olhos lhe oportunavam a contemplar)

Carla: Oi querida.(se curvou fazendo uma sequencia de vai e vem com seu cabelo, para que retirasse o excesso de água)

Mel: Arthur. Óh céus! O que vc fez com a Lua? (levou a mão ao rumo do coração)

Arthur apenas negou com a cabeça, praguejando mentalmente a presença de Sophia e Melanie em seu quarto.

Carla: Ele não fez nada(o defendeu inocentemente)

Mel: E vc, hein?! O que pensa que ta fazendo aqui?(aumentou gradualmente seu tom de voz)

Carla: Perdão Melanie, mas não posso conversar com vc neste estado.(negou com a cabeça ,levando ao seu cabelo uma escova para que desembaraçasse-o)Está totalmente desiquilibrada.

Mel: Vc vai ver o que é desiquilibrada.(deu dois passos fortemente adiante procurando uma grande aproximação da mesma)

Lua: O que tá acontecendo aqui? (a voz da mesma soou falha da porta do quarto de seu “irmão”)

A loira usava uma camisola que deixava evidente suas curvas perfeitas, suas madeixas loiras completamente desalinhadas compunha o ar natural/sexy que Arthur tanto admirava.

Mel: Como o que tá acontecendo?(cerrou seus punhos completamente inconformada)

Sophia: Lua, acho que talvez vc tenha de tomar alguma atitude e..(foi interrompida)

Lua: Meninas por favor,(levou as mãos aos cabelos, diminuindo consideravelmente o números de fios rebeldes que se mantinham em pé) Venham comigo.

Mel: Lua vc precisa ensinar algumas coisas pra essa vadia.(apontou para Carla)

Carla: Vadia? (arregalou os olhos completamente surpresa pelo adjetivo recebido)

Lua: Mel vem comigo, amiga.(foi ao encontro da mesma, estilhando pé sobre pé no carpete)

Mel: Essa não é a Lua que eu conheço (levou as duas mãos a cintura idgnada)

Arthur: Desculpa, mas ninguém conhece a verdadeira “adotada”.(deu de ombros não perdendo a brecha para um “básico” deboche)

Sophia: Mel, a Lua tem razão.(Assentiu com a cabeça, com uma devida dificuldade em administrar tantas informações completamente vagas em sua mente)

Mel: Lua o Arthur te traiu com a Carla e vc vai deixar isso imune? (indagou impiedosamente)

Carla: Trair? O Arthur traiu a Lua? (indagou com cenho franzido completamente submersa a confusão)

Alexandra: O que tá acontecendo aqui? (a voz soava rígida aos tímpanos de Melanie, Sophia, Carla, Arthur e Lua e simplesmente deixou que sua respiração falhasse, devido o fato do qual estava sendo exposta)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo