21 de mai de 2013

Meu vizinho Insuportável - 2ª Temp.


Capítulo 126.
Últimos capítulos


Lua= FE...Fernando eu...(ele sorriu logo pondo-se a rir divertido, Lua franziu o cenho confusa assim como Arthur)

Fernando= que isso Lua? Não seja bobinha, assim você me ofende (brincou) estou brincando como sempre e você sempre cai (negou com a cabeça) eu apenas vim com toda a sinceridade e cara de pau por vir de intruso já que não fui convidado a felicitar os noivos, de verdade fico feliz por vocês e desejo toda a felicidade do mundo baixinha e a você também Aguiar

Arthur= obrigado (incerto das atitudes do Fernando, não confiava nem um pouco nele, ainda mais depois do que fez)

Lua= mas... Mas você não estava er... (sem jeito)

Fernando= sim, é verdade, mas o que o verdadeiro amor não faz com agente? (sorriu e estendeu o braço pra uma mulher que se aproximou tímida) esta é minha namorada, a minha cura (sorriu dando um selinho na morena) ela era minha enfermeira mas conseguiu conquistar meu coração, agora sei o que é estar apaixonado e peço perdão a vocês por tudo, eu não ... não sabia o que estava fazendo (suspirou abraçado a namorada)

Arthur= isso é muito bom Fernando, se nota que realmente é um homem de caráter, uma boa pessoa, parabéns (sorriu sincero e com alívio)

Lua= não sabe como fico feliz em te ouvi falar assim meu amigo (sorriu emocionada e o abraçou, gostava muito do Fernando apesar do que ele havia feito, cumprimentou a namorada dele com dois beijinhos no rosto)

Fernando= obrigado Lua, eu tenho que te pedir perdão... eu sou um... ou melhor eu era um estúpido idiota que não aceitava que sua felicidade estava nos braços e no coração de outro, e não percebia que o nosso não era amor de homem e mulher e acabei confundindo nossa amizade com outros sentimentos, espero que um dia possa me perdoar de verdade, eu sinto muito, jamais colocaria as crianças e principalmente você em perigo, eu estava fora de mim e...

Lua= você já esta perdoado, na verdade não teve culpa de nada, isso acontece (sorriu) eu te amo muito meu amigo, e isso nunca vai mudar (Fernando não conteve uma lagrima de alívio e felicidade, logo depois de receber Fernando e a namorada na festa, Arthur e Lua conversaram com Carla que também havia chegado com marido e filhos, Danilo foi atrás do Guto e da aninha, Jonas logo perguntou por vivi e foi atrás da mesma que conversava com clara, ao avistar Jonas seus olhos brilharam ,estava com muita saudade dele, se atirou em um abraço de saudade, clara sorria feliz pela amiga, logo Jonas chamou vivi para dançar e ela aceitou de muita boa vontade)

Vivi= estava com tanta, mas tanta saudade de você (sorriu tímida e escorou a cabeça no ombro dele, espera ai, vivi tímida? Pois é aquilo era muito estranho pra ela e se arrependeu de ter dito a verdade ao perceber que ele sorria satisfeito) é que ... é que essas pessoas são muito chatas e você é legal só isso (nervosa)

Jonas= eu também senti saudades de você vivi, muita saudade (ela o encarou surpresa e feliz, ele lhe acariciou o rosto fazendo-a fechar os olhos e suspirar ao sentir ser beijada por ele, ela sentiu que sim gostava dele de verdade, não sabia o nome do sentimento mas sabia que se sentia muito bem com ele logo após o beijo sentiu algo deslizar em seu dedo e o encarou mais surpresa ainda)

Vivi= o que... o que é isso? (sorrindo feliz ao olhar o lindo anel em seu dedo, não podia acreditar, e aquele sentimento que estava no momento só confirmava uma coisa. Jonas era seu primeiro amor)

Jonas= quer ser minha namorada Vitoria Blanco Aguiar? (ela deixou seu maxilar cair levemente e seus olhos se arregalarem em surpresa, nunca tinha imaginado um garoto lhe pedindo tal coisa, seu pai piraria, mas ela queria e muito e o que vitoria Blanco Aguiar quer ela consegue, nem que passe por cima de todos ate o ciumento do seu pai)

Vivi= sim Jonas (ele sorriu) eu aceito ser sua namorada (ele a abraçou a girando no ar, vivi sorriu e olhou para clara que piscou para ela e quando olhou para o lado havia um garoto lindo, clara sorriu lançando um olhar cúmplice para vivi que a havia ensinado o manual de conquista, então se aproximou do garoto e começaram a conversar, vivi gargalhou e saiu caminhando com seu novo namorado, vivi tão nova e comprometida, quem diria, de longe Julia negou com a cabeça sorrindo e sentiu alguém tocar seu braço quando virou-se sorriu ao ver que era Nando)

Nando= Julia eu queria te dizer que...

Julia= cala a boca e me dar um beijo (ele arregalou os olhos e ela riu)

Nando= o que deu em você? (arqueou uma sobrancelha e ela continuou rindo)

Julia= nada, é que como ta todo mundo namorando eu não posso ficar sozinha não é?

Nando= quer ficar comigo apenas pra não ficar sozinha? (incrédulo)

Julia= mas é claro que não bobinho (passou os braços ao redor do pescoço dele) eu gosto muito de você e estou com saudades, sei que fui uma burra por ter terminado, eu gosto muito de você Nandinho, me perdoa? Ainda que namorar comigo?

Nando= claro que eu te perdoou e claro que quero, eu te adoro (sorriu e a beijou)

Um comentário:

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo