12 de abr de 2013

Noa caminhos do amor

                                                  Nos caminhos do amor
                                         6º capítulo




Barbara: BELINHA, BELINHA (Isabella virou-se assustada pelos gritos assim como Aninha) você não sabe o que descobri (ofegante, pois estava correndo, e observou que a menina estava prestes a sair) onde você vai?

Belinha: não importa (abraçou sua caixinha, e Barbara deu de ombros) o que você quer?

Barbara: você nem sabe o que eu descobri, (arregalou os olhos) mas já que me tratou assim não vou te contar nada  (cruzou os braços)

Ana: ninguém quer saber das suas fofocas (revirou os olhinhos)

Barbara: é uma pena, pois era sobre a Belinha (fez um bico irônica e se virou para sair) eu descobri quem é a mãe da Belinha, mas já que ninguém quer saber (saiu caminhando e sorrindo, as duas se entreolham boquiabertas, e Belinha entregou a caixinha a aninha e correu ate Barbara)

Belinha: me conta por favor Barbara (implorou com seu coraçãozinho esperançoso acelerado, seria um sonho encontrar sua mãe e Barbara apenas ria)

Barbara: acho que você não vai querer saber quem é...

Belinha: claro que vou, me conta e eu faço o que você quiser (Barbara sorriu e assentiu) vai me contar?

Barbara: sim, mas vai ser o que eu quiser ok? (belinha assentiu) é uma pena mas sua mamãe , é a Pérola (Belinha quase desmaiou ao ouvir e aninha deixou a caixinha cair no chão assustada mas depois pegou e foi ate Barbara)

Ana: não tem vergonha de mentir não sua bruxa? Não acredita nela Belinha

Barbara: não estou mentindo, se não quiser acreditar não acredite (riu) mas é a verdade, eu escutei ela falando com a Graça, e ainda esta falando se quiser ainda da tempo de você escutar, coitadinha de você, tenho peninha (Belinha que estava paralisada, saiu correndo ate a sala da diretora, precisava saber se era verdade)



(...)



Lua entrou na pequena e desarrumada casa do Arthur, olhando pra todos os lados assustada com tanta bagunça, como uma pessoa podia morar em um lugar daquele e viver naquelas condições? Arthur precisava de uma mulher para organizar a vida dele, pensou rindo em pensamento, que homem bagunceiro



Lua: mora aqui a muito tempo? (olhando ao redor)

Arthur: sim, faz um bom tempo, e desculpe te trazer aqui nesse chiqueiro, uma pessoa granfina como você não está acostumada

Lua:não fale assim, não é tão ruim (tentando convencer a si mesma) você trabalha o dia inteiro naquela lanchonete não é? (ele assentiu) por isso não tem tempo, trabalha com isso por gostar?

Arthur: na verdade é por que acho mais fácil, eu tenho alguns cursos, daria pra arrumar um emprego mais digno, se é que me entende, mas prefiro assim, gosto da minha vidinha bagunçada (Lua sorrir) olha eu sei que gostou da minha casa, mas é melhor irmos andando (Lua assente sorrindo, era difícil ela sorrir, mas perto de Arthur, era inevitável  os dois saíram aos olhares dos fofoqueiros daquele bairro, Lua o abraçou novamente na moto, e fechou os olhos sentindo o cheiro dele, Arthur sorriu com os olhinhos brilhando e assim seguiram rumo ao orfanato)



(..)



Belinha chegou na sala da diretora e encontrou a porta entreaberta , ficou observando Pérola que estava conversando com graça



Pérola: sim é verdade, a minha linda filha é aquela pirralha insuportável que está aqui no orfanato, e nem sabe que sou a mãe dela, nunca gostei de crianças (Belinha engoliu a seco, então era verdade)

Graça: quem é o pai?

Pérola: um homem que eu adorava, muito gostoso, se chama Arthur Aguiar (Arthur Aguiar... belinha gravou esse nome como o mais importante de sua vida, e saiu dali chorando, encontrou Ana e a abraçou, as duas saíram caminhando juntas para o jardim, enquanto, Pérola e Graça continuaram conversando)

Graça: coitada da Barbara, ela não merece ter uma mãe como você (Pérola negou com a cabeça, aquela mulher era mesmo insuportável)

Pérola: não precisa ter pena dela, a Barbara nunca saberá que é minha filha

Belinha contou tudo a aninha que ficou pasma, com a noticia



Ana: então era verdade? (Belinha assentiu ainda chorando) o nome do seu pai é muito bonito , mas o que você vai fazer agora?

Belinha: vou fugir daqui (soluçou) eu não quero ficar aqui, eu não aguento, eu vou encontrar a Lua Maria e pedir o autografo dela (enxugou as lagrimas) não quero saber se a bruxa é minha mãe, ela nunca será minha mãe, é melhor ficar sozinha pra sempre

Ana: você não pode contar a ninguém que sabe da verdade Belinha, se a bruxa souber ela te mata

Belinha: eu sei, ninguém nunca vai saber, a Graça também é falsa , ela não me contou (chorou mais um pouquinho no colo da amiguinha) agora eu vou antes que ela me veja (aninha assentiu e assim belinha saiu)



Belinha estava caminhando pela rua a um tempo, já estava cansada, então se sentou na beira da estrada pra descansar, ate que quando olhou pro outro lado viu um caminhão de verduras parado do outro lado, ele deveria estar indo pra cidade, pensou ela, correu e sem que ninguém visse subiu na parte de trás, abraçou sua caixa com força, ela tinha que encontrar a Lua Maria, era o que mais queria, e não ia se importar de saber quem era sua mãe por mais que doesse seu coraçãozinho, não queria ficar triste por isso, o caminhão começa a se locomover, e belinha sorri animada, será que ela encontraria com a Lua Maria em pessoa?



(...)



Lali: a mamãe você sabe que eu não gosto de te acompanhar no seu trabalho (emburrada enquanto comia um x-salada na lanchonete “ArthurDelicia” )

Mel: filha, é necessário, por favor não complique ok? (Chay olhava abobado para a morena que acabara de atender, sempre a observava, e seu sonho era pegar a morena, mas ficou incrédulo ao descobrir que ela tinha uma filha e daquela idade, então sorriu ao pensar que ela deveria ter uma experiência e tanto na cama, sorriu malicioso, e logo fechou o sorriso ao ver que as duas já estavam indo embora, Carla se aproximou dele sorrindo)
Carla: perdeu bobão (entrou na cozinha rindo)

4 comentários:

  1. ameii posta mais eu nao entendo uma coisa nessa web uma hora vc chama a lua de dulce maria e fala que ela e ruiva eu nao intendo me explica pf

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É por que essa web é vondy então eu adaptei para luar aí as vezes eu deixo algumas palavras em vondy

      Excluir
  2. Ameii mais essa web parece com a novela "Gotinha de Amor"

    ResponderExcluir
  3. ameiiiiiiiiiiiiiii posta mais!!!

    ResponderExcluir

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo