22 de abr de 2013

Meu vizinho Insuportável - 2ª Temp.



Capítulo 79.



Carla= minha... minha filha? (levantou-se emocionada e olhou Arthur que assentiu sorrindo)

Arthur= esta é sua mãe, dany

Ela continuou calada e com lagrimas a ponto de cair, kayke a abraçou de lado para que a mesma não caísse pois suas pernas tremiam ao ver Carla se aproximar, aquilo tudo era muito estranho para ela, sua mãe aquela que quando sentia medo, segurava uma foto e pedia proteção, aquela que todos diziam estar morta bem ali na sua frente.

Carla= posso... posso te abraçar? (dany soluça já soltando as lagrimas e assente em seguida abraçando sua mãe com força, sim ela não sabia que ver ela ali em sua frente sentiria aquela sensação estranha, aquela emoção, para ela Carla só existia nas fotos, e agora estava ali a abraçando, Carla se afastou e acariciou o rosto da filha) é tão linda... tão perfeita

Dany= obrigada... (não sabia como chamar Carla, não conseguia chamá-la de mãe, sua cabeça estava girando, falar era uma coisa ver a mãe cara a cara era outra, sentiu um leve tontura e novamente kayke a segurou)

Kayke= cuidado gatinha (sorriu)

Carla= que belo rapaz! Deve ser seu namorado (dany engoliu a seco e kayke apenas prendeu o riso, que mulher esperta pensou ele, já Lua arregalou os olhos) se vê que se gostam muito, por mim já esta aprovado o namoro (brincou divertida)

Kayke= valeu dona... (apertou a mão dela e deu um delicado beijo)

Arthur= não Cah, eles não são namorados, são irmãos (sorriu torto) bom, irmãos de sangue não, ele é filho apenas da Lua, mas é como se fosse meu tambem

Carla= então não são irmãos, podem sim namorar e ficariam muito lindos juntos (kayke lançou um olhar sarcástico para Lua que negou com a cabeça)

Dany= não.. nós.. er... nos consideramos irmãos sabe... (sorriu olhando kayke)

Carla= que pena, gostei de você rapaz

Kayke= também gostei muito de você (abraçou Belinda encarando a mãe)

Conversaram mais um pouco, e logo marta os chamou, e continuavam a conversar na mesa, bom, não todos, pois Claudio conversava com kayke, assunto: futebol, dany conversava com vivi e Jonas, e Arthur... bom esse estava em altos papos com Carla, parecia que só existia os dois, Lua esta se sentindo incomodada ali, não tava agüentando continuar naquela mesa, levantou-se e caminhou até o jardim, sorriu para Guto que acabara de fazer um gol em Danilo, e sorriu novamente ao ver Nando e Julia em pleno romance em baixo de uma arvore, ela sentiu seus olhos lacrimejarem lembrando de seus momentos assim com Arthur, para ele apenas existia ela, assim como estava tratando Carla agora, ela soluçou e entrou em casa correndo até seu quarto, bateu a porta,se jogando na cama, logo alguém entra preocupado.

Fernando= Lua? O que aconteceu?

Ela o olha com os olhos repletos por lagrimas, estava se sentindo excluída, como nunca havia se sentido antes, sentindo como se ninguém gostasse dela, estava carente, precisava de carinho, então se levantou, e  abraçou Fernando, um abraço forte, ele acariciou o rosto dela, vendo que a mesma estava frágil, precisava de carinho, acariciou suas bochechas que estava molhada por lagrimas, olhou pro lado e viu Arthur na janela do quarto, sorriu, era um momento perfeito,colou seus lábios aos de Lua que naquele momento nem entendia o que estava acontecendo apenas deixou-se levar, por carência talvez, na outra casa Arthur bateu a janela com força e se escorou na parede sentindo seus olhos lacrimejarem, ele havia ido ao quarto procurar por Lua, mas ao olhar para a janela a encontrou da pior maneira, seria um castigo pelo que fez com Alice? Nem queria saber, apenas se sentia machucado,  aquilo foi uma grande pancada em seu peito, suspirou e sentou-se na cama para tentar se acalmar, mas quando fechava os olhos aquela cena voltava, sentiu lagrimas descer e respirou fundo, e ficou ali refletindo.

Lua= Não Fernando (o empurrou) por que fez isso? (chorando mais e colocou as mãos no rosto, agora se sentindo culpada)

Fernando= me perdoe, foi... foi sem querer, é que te vi tão frágil e...

Lua= ok, não precisa explicar (enxugando as lagrimas que insistiam em cair)

Fernando= me conta o que você tem Luh... é por causa da ex mulher dele não é? A tal da Carla que você me contou? (ela assente e suspira, precisava desabafar ainda que fosse com Fernando)

Lua= é que perto dela eu me sinto a segunda sabe? Ele a amou primeiro que a mim, talvez ainda a ame, ela é tão meiga, tão delicada, a dany logo se apegou a ela (abaixou a cabeça)

Fernando= ta assim pela dany ou pelo tanajura? (Lua riu entre lagrimas) pelo menos você sorriu (ela acariciou o rosto dele que fechou os olhos ao sentir o toque)

Lua= queria tanto amar você, seria tão mais fácil, mas infelizmente não sou eu que escolho (morde os lábios e sorrir triste) fiz errado ter fugido, o que vão pensa? Mas não posso voltar, não consigo.

Fernando=  claro que pode e você consegue sim (ela o encarou) você é a super Lua Maria, não há ninguém como você, vá e encare seus problemas de frente, mostre que é forte e que nada te abala, tudo nessa vida passa Lua... esse momento ruim logo logo passa, é apenas uma fase e você não pode parar na primeira queda, tem que continuar, seguir em frente, agora volta pra lá antes que eu te leve arrastada (ela sorrir)

Lua= obrigada Feh, você é tudo pra mim, te amo... meu amigo (o abraçou, ele suspirou, queria muito que ela o amasse de outra forma, sentiu vontade de parar seus planos por ali, mas a queria com ele e iria ate o fim pra que isso acontecesse)

Lua deu um beijo na bochecha dele e voltou para a casa,só havia Cláudio, vivi, Jonas, e kayke na sala.

Dul= onde... onde estão todos? (preocupada com a ausência de Carla e Arthur)

Vivi= papai esta trancado no quarto faz um tempo, bati na porta mas ele não respondeu e a dany foi mostrar a casa pra mãe dela (olhou bem pra Lua) mamãe você esta bem?

Lua= sim meu amor, eu vou ver ao ver seu pai (subiu as escadas, escutou vozes no quarto de dany e não resistiu em dar uma espiadela vendo a porta entre aberta)

Dany= então você vai voltar para new york? (segurando as mãos da mãe)

Carla= infelizmente sim minha linda (dany abaixa a cabeça e Carla a levanta com um dedo) não fique assim, você pode ir comigo, sim você pode, e seria até melhor para seu estudo, se tornaria uma grande psicóloga, e teria a mãe que nunca pode ter (dany morde os lábios a encarando) então, você vai comigo? 

13 comentários:

  1. Putzz..... Pq essas coisas sempre acontecem? :(

    ResponderExcluir
  2. ñ deixa ela ir

    ResponderExcluir
  3. Livia Ellen22/04/2013 18:39

    Posta Mais Por Favor Não Deixa Agente Na Curiosidade!

    ResponderExcluir
  4. Poxaaa ): para nossa esta doendo em mim, por favor posta mais

    ResponderExcluir
  5. Laíres Suede22/04/2013 18:53

    Ahhh não, a Dany não pode deixar a Lua não poxa, e o Arthur éum idiota por que ele mereceu ter visto a cena do Fernando beijando a Lua, como é que ele deixa a Lua de lado como se não existisse? Posta só mais um hoje? +++++++

    ResponderExcluir
  6. Poooooostaaaaaaaaaaaaa maaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiisssssssssssssssssssssssssssssss

    ResponderExcluir
  7. A Dany podia falar que não, que ela tinha Lua como mão que sempre tratou dela e as duas fazerem as pazes!

    ResponderExcluir
  8. Ai que raiva dessa Carla/Irene SLÁ oque !! Por culpa dela,ta TUDO bagunçado !! Awwin :@ LuAr não pode se separar,a Dany não pode ir com a "mãe" dela,ela tem que ficar com a Lua, o Fernando tem que parar com isso já,ele tem que deixar a Lua ser feliz com o Thur, e o Thur tem que parar de deixar a Lua de lado por causa dessa mulher que apareceu agora e já que sentar na janela ;@ Posta maaaais ... to curiosa !

    ResponderExcluir
  9. +++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++

    ResponderExcluir
  10. posta outro por favor.....amo muito tudo isso!

    ResponderExcluir

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo