23 de mar de 2013

Pode ser Para... Sempre.


  

Capítulo 03.


- A gente não devia ter feito isso – disse Lua se sentindo culpada

- Porque? foi ruim? – perguntou Arthur triste

- Você sabe que não. Mas... – começou Lua

- Não? – disse Arthur com um sorriso se formando no rosto

...

- Não, Arthur. Mas você não reparou que faltou alguma coisa ? – disse Lua

- Reparei – disse Arthur 

- Ah,  Aleluia! O que foi? – perguntou Lua

- Faltou a gente fazer outra vez – disse ele beijando Lua 

- Não, Arthur. Para to falando sério – disse Lua empurrando ele irritada

- O que foi então? – perguntou Arthur bufando

- A camisinha, né! E se eu ficar grávida idiota? – perguntou Lua irritada.

- Se ficar grávida, melhor. Agora que a gente voltou um filho seria... – começou Arthur mas Lua o cortou

- Voltar? Nós não voltamos Arthur – disse Lua decidida

- Como? – perguntou Arthur não entendendo

- Não voltamos – repetiu Lua.

- E o que aconteceu aqui foi o que? – perguntou Arthur espantado

- Um deslize de percurso – disse Lua fria

- Deslize de percurso? É isso que você acha que foi o que a gente acabou de fazer? – perguntou Arthur incrédulo

- Acho, o que a gente fez foi apenas sexo. – disse Lua olhando pra ele fria, aquelas palavras doíam em Arthur

- Eu discordo totalmente – disse Arthur triste

- E o que você acha? – perguntou Lua

- Acho que o que a gente faz nunca é apenas sexo, é muito mais amor. – disse Arthur olhando no fundo dos olhos dela

- Será? – foi apenas o que Lua disse

- Mas como não dá pra mudar sua opinião, prefiro me retirar – disse Arthur se levantando catando suas roupas e saindo

- Eu nunca vou achar isso, mas no momento era o que você precisava ouvir – disse Lua pegando suas roupas e vestindo e saindo pra ver o jantar..

A noite foi tensa, Arthur e Lua mal dirigiam a palavra um ao outro, no jantar só se ouvia o barulho dos talheres no prato. Foi quando Rafael dormiu de novo que Lua resolveu quebrar o clima.

- Arthur, precisamos conversar – disse Lua.


- Acho que já conversamos o suficiente – ele estava frio e distante

- Arthur, eu sei que nós não estamos nos entendendo mas... – começou Lua tentando de alguma maneira quebrar o gelo entre eles

- É melhor a gente não começar a falar nada. Eu já estou muito machucado, se você ainda tem alguma consideração por mim não fale mais nada – disse Arthur e a mágoa em sua voz era evidente

- Arthur nós dois estamos aqui nesta casa, não podemos continuar morando aqui desse jeito – disse Lua 

- E o que você sugere? – perguntou Arthur

- Que você volte pra casa da sua mãe – disse Lua

- Porque eu tenho que voltar? Essa casa também é minha! Compre você uma casa, não te dou a pensão dos nossos filhos?

- Ah, então agora é assim?  Você me dá pensão porque é direito meu e eu também tenho direitos sobre essa casa é da MINHA família – disse Lua irritada

- Família que eu já pertenci, é a família dos meus filhos . – disse Arthur ficando vermelho de raiva

- Pertenceu e não pertence mais – Lua estava com muita raiva

- Mesmo assim eu tenho tantos direitos quanto você – disse Arthur 

- Tá, Arthur. Tudo bem, eu não saio e você não sai. Até eu poder comprar uma casa pra mim e os meus filhos, nós dividimos esta civilizadamente. 

- Nossos filhos, Lua. Nossos. E você acha que vai dar certo nós morarmos juntos na mesma casa? – perguntou Arthur não conseguindo conter pensamentos impróprios

- Acho, se você não me atacar vai dar tudo certo. – disse Lua decidida

- Como eu já te disse a uns anos atrás, eu não sou um maníaco sexual e não vou fazer nada com você, a não ser que você queira – disse Arthur piscando

- Então está tudo certo – disse Lua decidida

- Como assim certo? – perguntou Arthur

- Não vou querer nada com você nunca mais – disse Lua tentando parecer decidida

- Não foi o que você disse horas atrás – disse Arthur ficando chateado

- Precisa ficar falando isso toda hora? 

- Precisa afirmar que me odeia a cada minuto? – Arthur respondeu com outra pergunta

- Vamos parar por aqui? Temos que conviver civilizadamente por causa das crianças – disse Lua 

- Pela primeira vez eu concordo com você em alguma coisa – Arthur disse e saiu deixando uma Lua pensativa para trás.

4 comentários:

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo