21 de mar de 2013

Meu vizinho Insuportável - 2ª Temp.


Capítulo 17.



Lua= da pra mudar essa cara? (observando o homem serio a sua frente, deitado na cama)

Fernando= eu não tenho outra (sem olhá-la)

Lua= para de brincadeira Fernando é serio

Fernando= e eu estou com cara de quem esta brincando? (a encara, Lua suspirou)

Lua= me fala então por que esta assim? Nos nunca brigamos, não quero ficar assim com você, por favor, conversa comigo (levantou seu rosto)

Fernando= tudo bem, eu não gostei nada, do almoço de hoje, pensa que não percebi as troca de olhares? não só eu como todos perceberam que vocês sabem conversar ate pelo olhar, nem precisão de palavras (ela mordeu o lábio olhando pra baixo, realmente era verdade, ela e Arthur tinham esse habito, se conheciam muito bem) pedem perdão pelo olhar, diz se aprova ou na o alguma atitude apenas pelo olhar, e tem mais, é como se pedissem consentimento pra fazer algo, eu não sou burro Lua, e também percebi que estava morrendo de ciúmes dele (ela escutava tudo incrédula, e o pior é que ele tinha razão, nunca tinha visto Fernando daquele jeito, acabou sorrindo percebendo que era a primeira vez que o via com ciúmes) posso saber por que esta rindo?

Lua= do seu ciúme (riu) é muito engraçado ver você com ciúme, nunca te vi assim

Fernando= por que não tinha motivos, e agora o perigo mora do lado (maneou a cabeça pro lado onde Arthur morava)

Lua= Feh... você sabe que eu não te enganaria, eu te adoro meu amor

Fernando= mas é só a ele que você ama (ela abaixou a cabeça e ele levantou com o dedo) e eu queria muito que me amasse pelo menos um pouquinho

Lua= eu nunca escondi isso de você ( sentiu seus olhos lacrimejarem) você me aceitou sabendo Fernando e eu...

Fernando= não fique assim, ai meu deus me arrependi de ter te convencido a vir, não quero te perder, tenho medo disso, e sei que vai acontecer

Lua= isso não vai acontecer, você não vai me perder, o Arthur não passa de...um.. er... um vizinho insuportável pra mim (sorriu lembrando da época que não suportava ele e suas grosserias)

Fernando= promete que se você for perdoar ele, e se cansar de mim vai me dizer antes?

Lua= prometo, mas mesmo que eu  o perdoe não vou voltar com ele, seria o mesmo que trocar o certo pelo duvidoso, me perdoa por hoje? (ele apenas a beija com carinho, porem Lua já não conseguia mais se entregar aos beijos dele, seu pensamento estava em Arthur e na vontade de beijá-lo, serrou os punhos discretamente ao lembrar de Alice beijando ele, agora apenas ela podia recerber as caricias dele, os sussurros, tudo, ela estava ficado louca, então passou por sua cabeça a idéia, de que se beijasse ele, talvez essa agonia e anciã pelo beijo dele passasse, mas também podia piorar, tentou afastar as idéias do pensamento, Fernando tentou aprofundar mais o beijo mas Lua parou)

Fernando= o que houve? Já não me quer mais? (Lua engoliu a seco)

Lua= não é isso, é que estou cansada e... (estava nervosa, não queria estar com Fernando pensando em Arthur e isso era traição) é melhor eu tomar um banho (se levantou da cama as pressas e entrou no banheiro, fechou a porta do mesmo e se escorou na porta com os olhos fechados, o que estava acontecendo com ela?, Fernando não merecia isso, ele frustrado decidiu dormir)

Na casa ao lado

Arthur= prontinho meu amor, as crianças já estão dormindo ( se sentou ao lado de Alice, que assistia qualquer coisa na TV) esta brava comigo?

Alice= claro que não Arthur.. só estava pensando... você errou com sua filha, ela precisa de limites, não pode deixar ela fazer o que quer, na verdade eu acho que ela precisa de um piscicologo, , é o melhor a fazer, e não pense que estou a chamando de louca, sei que não devo me meter, eu acho apenas que ela esta com problemas, não sei... acho que seria bom (o único problema  é eu não esta com a mãe dela, pensou ele)

Arthur= claro que não Alice, ela é uma menina normal, a vivi tem personalidade, gosto que ela seja assim, é muito esperta, assim nenhum marmanjo se mete a besta com ela (Alice deu de ombros)  pensei que fosse brigar comigo, na verdade eu queria conversar uma coisa seria com você

Alice= e por que brigaria?  (interrompeu ja temendo o que ele diria) Você foi maravilhoso comigo,por isso que eu te amo, e confio em você, eu sei que nunca me machucaria e me abandonaria como a Lua fez com você (Arthur engole a seco, estava se preparando para terminar com ela e cada palavra dela é como se levasse um soco) ai Thur eu morreria se fizesse isso, você é a única coisa que me faz viver, você não sabe a desgraça que esta na minha vida, minha mãe descobriu um câncer, minha mãe pode morrer amor (ele a abraçou, ela chorava fingida) e meu pai desconta os problemas na bebida, não sei o que fazer, a única coisa que me faz bem é que tenho você nos momentos mais difíceis eu te amo (ele engole a seco, que droga, agora era incapaz de terminar com Alice, não seria tão crápula a ponto de largá-la no momento mais difícil, pois ela o ajudou nos piores momentos) me deu trabalho te conquistar sabia? (Arthur engoliu a seco, não teria coragem de terminar com Alice, ela não merecia isso, e cada palavra dela o matava por dentro, maldita hora que foi escutar os conselhos de Chay e pedir Alice em namoro, agora a situação estava ainda mais complicada) Arthur estou falando com você

Arthur= ah, diga, é que eu estava pensando na empresa, tem muitos problemas pra resolver amanha é segunda, vou ter que acorda cedo então é melhor eu te levar pra casa

Alice= esta me expulsando , Thur? (se fazendo de ofendida)

Arthur=claro que não Alice, apenas estou cansado, vou ter um longo dia amanha, aturando o Roncato

Alice= tem certeza que não quer que eu fique? (acariciou o peitoral dele, sabia que estava sendo rejeitada e sabia o porquê, estava com muito medo de perder Arthur estava completamente apaixonada por ele e faria tudo pra continuar a seu lado ate mentir como estava fazendo, isso não lhe agradava mas era preciso) e que te faça uma massagem, você esta tenso amor...

Arthur= não Alice, hoje não (tirando a Mao dela) você foi maravilhosa hoje e te agradeço mas estou mesmo cansado e agradeceria se compreendesse

Alice= esta bem, mas me promete que amanha eu posso dormir com você? (Arthur não tinha certeza se seria boa idéia) promete?

Arthur= esta bem, eu prometo, mas agora vamos sim? (ela sorrir satisfeita e Arthur a leva pra casa, e volta, porem não conseguia dormir, Lua invadia sua cabeça, lembrou-se das tentativas de beijá-la, e se arrepiou só de lembrar, mal sabia ele que na casa ao lado Lua não estava diferente, ela demorou a sair do banheiro, se deitou ao lado de Fernando mas não pregava os olhos, se fechasse a imagem de Arthur aparecia, e deixasse aberto, a voz dele tomava conta de sua cabeça, depois de muito esforço viajaram no mundo dos sonhos e nesta noite sonharam um com o outro)

Um comentário:

  1. ja estava com saudades amooooooooooooooo esta web..

    ResponderExcluir

Não vai sair sem comentar, né?! xD

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo